23 Maio 2020      09:45

Está aqui

Franceses investem 300 milhões de euros na energia solar alentejana

A empresa francesa Akuo, pretende iniciar, em 2021, a construção de três centrais solares no Alentejo.

O projeto prevê que, passado um ano, possa iniciar a produção solar.

Este projeto surge após a empresa – com presença em 15 países - ter vencido três lotes no primeiro leilão de energia solar em Portugal em 2019, sendo mesmo a empresa que assegurou a construção de mais potência.

As centrais solares a serem criadas no Alentejo terão 450 megawatts de potência e a empresa olha para Portugal com muita atenção pois, de acordo com diretor-geral da Akuo Portugal, João Macedo, em entrevista ao Jornal Económico, Portugal, e no caso o Alentejo, “tem das melhores irradiações solares da Europa, e tem muito pouco solar instalado em grande escala.”.

Em data a definir ainda – devido ao adiamento provocado pela pandemia - o Governo dará início à segunda ronda dos leilões solares e que disponível uma capacidade de 700 MW, concentrada nas regiões do Alentejo e do Algarve.

 

Imagem de technavio.com

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.