Está aqui

Cinema

Évora vai ter “voz que não tem hoje” no contexto nacional e europeu

A equipa que está a trabalhar na candidatura de Évora a Capital Europeia da Cultura acredita que, quando chegar 2027, a cidade vai ter uma “voz no contexto nacional e europeu” que não tem hoje, adianta Paula Mota Garcia, coordenadora da equipa de missão.

Em declarações ao jornal Público, a responsável reconhece que “a Capital Europeia da Cultura é um enorme desafio”, e que o processo para lá chegar pode ajudar a criar ferramentas preciosas para travar a perda de pessoas que é novidade na história da cidade, mas crónica na região.

Cinema francês com 11 filmes em Évora

Céline Devaux, Realizadora

Dedicada a uma das mais ricas e vivas cinematografias do mundo, a Festa do Cinema Francês regressa ao grande ecrã, depois de duas últimas edições feitas sob condições restritas, para a sua 23ª edição. Até 20 de novembro a Festa apresenta mais de 80 filmes, programados em diferentes secções, e percorrer 10 cidades portuguesas: Lisboa, Almada, Oeiras, Coimbra, Porto, Évora, Viseu, Faro, Lagos e Funchal.

IV Encontros Literários com literatura e cinema em Montemor-o-Novo

Tem início no dia de hoje, 21 de outubro, a partir das 18:00, a 4.ª edição dos Encontros Literários, em Montemor-o-Novo. 

A edição deste ano é dedicada à Literatura e ao Cinema e, entre o dia de hoje e o de amanhã (22), Montemor-o-Novo vai receber, conforme destaca o município, vários escritores e realizadores, como Mia Couto, José Eduardo Agualusa, José Miguel Ribeiro, entre outros, que vão conversar sobre as suas obras. 

Festival Imaterial reúne músicas do mundo em Évora

A segunda edição do Festival Imaterial vai ter início em Évora a partir de sábado e irá prolongar-se até dia 9 de outubro, reunindo músicas do mundo e um ciclo de cinema documental.

Segundo a agência Lusa, o evento é organizado pela Câmara Municipal de Évora em parceria com a Fundação Inatel e tem direção artística de Carlos Seixas.

Com acesso gratuito, o festival realiza-se em vários espaços de Évora, nomeadamente no Auditório Soror Mariana, Claustros da Fundação INATEL, Palácio D. Manuel e Teatro Garcia de Resende.

Montemor-o-Novo foi palco de ante-estreia de “Nayola”

O filme de animação “Nayola”, de José Miguel Ribeiro, teve a sua primeira apresentação pública na sala do Cineteatro Curvo Semedo, em Montemor-o-Novo. O filme deverá estrear no próximo mês de março.

De acordo com o Jornal de Notícias, esta longa-metragem inspirou-se na peça “A Caixa Preta”, de Mia Couto e José Eduardo Agualusa, que ambos escreveram a partir de um conto de três páginas do primeiro, e aborda a guerra civil angolana através do olhar de três mulheres – Lelena, a avó; Nayola, a filha; e Yara, a neta. O filme conta ainda com a voz e canções de Bonga.

Festa do Cinema Francês passa por Évora

A 23.ª edição da Festa do Cinema Francês vai regressar a várias cidades portuguesas de 26 de outubro a 20 de novembro, onde se inclui a cidade alentejana de Évora.

De acordo com o Diário de Notícias, o evento irá exibir mais de 80 filmes em 10 cidades portuguesas, como Lisboa, Almada, Oeiras, Coimbra, Porto, Évora, Viseu, Faro, Lagos e Funchal. Além disso, integra a Temporada Portugal – França 2022, uma iniciativa que pretende fortalecer os laços entre os dois países.

Mértola entrega-se às artes a partir de setembro

O município de Mértola irá receber, de 22 de setembro a 1 de outubro, mais uma edição do Arte Non Stop, em que se juntam música, cinema, dança, poesia, exposições e circo contemporâneo, acompanhadas de oficinas e conversas pós-espetáculo.

Em comunicado, a autarquia refere que, “durante dez dias, é oferecida uma viagem por propostas culturais que evidenciam o papel cívico da arte e da cultura, como pressuposto para a construção de comunidades mais conscientes, sustentáveis, coesas e justas”.

Baixo Alentejo recebe Festival Internacional de Cinema

O Museu Rainha Dona Leonor, em parceria com o Projeto Outeiro do Circo, acolhe uma sessão, em Beja, do HERITALES - International Heritage Film Festival, dia 17 de setembro de 2022, sábado, às 18h30.

Encontro da Canção de Protesto volta a Grândola

A cidade de Grândola vai receber o Encontro da Canção de Protesto (ECP), de 16 a 18 de setembro, este ano dedicado à Canção de Protesto na Ditadura Brasileira e na Era de Bolsonaro, à Canção de Protesto em Portugal no Abraço Europeu e à relação entre Música e Conflito.

Em comunicado, a autarquia explica que o evento começa no dia 16 com a abertura da exposição “Cantigas do Fogo e da Guerra”, produzida pelo Observatório da Canção de Protesto, dedicada à associação entre música e conflito.

Montado é estrela do documentário “mais caro” de Portugal

O documentário cinematográfico “Montado”, uma produção luso-espanhola realizada por Joaquín Gutiérrez Acha, estreia-se hoje, quinta-feira, nos cinemas, e é “absolutamente inédito” e o mais caro alguma vez feito em Portugal sobre temas da natureza.

Páginas