Está aqui

Cinema

"Mar de Sines" em Milfontes com entrada gratuita

Resultado de mais de 100 entrevistas e 250 horas de gravações, o documentário “Mar de Sines” é um projeto de cinema com a comunidade. Reúne os testemunhos de três gerações de pescadores que são protagonistas de uma pesca baseada nas artes tradicionais e no respeito pelos recursos.

O porto de pesca e os seus intervenientes preenchem o núcleo principal de “Mar de Sines”, mas o filme navega para outros territórios: encontra os últimos pescadores-cabaneiros de São Torpes; percorre a costa rochosa com os mariscadores; escuta as memórias dos pescadores do alto.

Beja recebe a 20ª Festa do Cinema Francês

A cidade de Beja é a última cidade a receber a celebração do 20º aniversário da Festa do Cinema Francês!

A organização é da Embaixada de França em Portugal, do Institut français du Portugal, da Alliance Française de Beja e da SERENA Productions, em parceria com a Câmara Municipal de Beja.

Estre festival celebra a magia do cinema francês com antestreias e sessões escolares, de 5 a 8 de novembro, no Pax Julia Teatro Municipal de Beja.

Ourique promove ciclo de cinema pela igualdade de género

A Câmara de Ourique, no Baixo Alentejo, promove a partir de sábado, 26 de outubro e até final de novembro, um Ciclo de Cinema pela Igualdade de Género com a exibição de três filmes sobre temáticas relacionadas, incluindo a violência doméstica.

A violência de género, onde se inclui a violência doméstica, é uma grave violação dos direitos humanos, em particular das mulheres, que assume proporções preocupantes, tendo a Organização Mundial de Saúde declarado que constituía um grave problema de saúde pública

Santiago do Cacém recebe sessão especial "A Herdade" com a participação dos atores

O filme "A Herdade", realizado por Tiago Guedes, e produzido por Paulo Branco, está em exibição dia 12 de outubro, pelas 21h30, no Auditório Municipal António Chainho, em Santiago do Cacém. 

Os atores do filme Ana Vilela da Costa, Rodrigo Tomás e João Pedro Mamede estarão presentes nesta sessão especial.

True Detective

Repetição, ‘acto de repetir’. Houve uma época em que a habilidade para concretizar efeitos de repetição era a norma pela qual se definia o autor de cinema. Prerrogativa do realizador, que fique claro. John Ford fazia sempre o mesmo filme, o que o próprio não desmentia, e ninguém lhe poupava encómios, Alfred Hitchcock só muito raramente alterava o método com o qual captava a nossa atenção. John Carpenter, com bastante sucesso crítico, ou Brian de Palma, este com pouco ou nenhum, também utilizavam sempre a mesma metodologia (Brian de Palma ainda anda por aí, John Carpenter diz que não).

Curtas portuguesas vencem Festival Internacional de Curtas Metragens de Évora de 2019

As curtas metragens portuguesas foram as vencedoras da 16.ª edição do FIKE 2019 festival internacional de curtas metragens de Évora. 

3 centenas de filmes em competição no festival internacional de curtas metragens de Évora

Entre 10 e 15 de Setembro, o FIKE 2019 festival internacional de curtas metragens de Évora é por 5 dias um festival de cinema na rua, na praça 1 de Maio, junto ao Mercado Municipal. A 16:ª edição do FIKE recebeu 3 centenas de filmes a concurso, de todos os pontos do mundo, cinema independente e de autor, nas categorias de ficção, documentário e animação, mas só 40 curtas metragens foram apuradas para a selecção oficial em competição.

3 notas breves sobre 3 filmes

As atribulações de uma espécie perdida imersa em beleza 

O amanhecer de L' Avventura (1960) - Antonioni e a solidão insuportável em dois planos, mais do que suficientes para abarcar a totalidade do pesar.

Estranha intuição, esta: perfeição entrevista e impossível de atingir.

Sincronia que um dia teremos de aceitar enquanto colecção de indivíduos - o dia antes da extinção. 

 

Homenagem aos povos indígenas marca Festival Internacional de Cinema em Marvão

Começa no próximo sábado a sétima edição do “Periferias – o Festival Internacional de Cinema de Marvão e Valência de Alcântara”.

Com um vasto programa, o festival luso-espanhol de cinema vai deambular pelas terras raianas de ambos os lados da fronteira - Marvão, Santo António da Areias, Valência de Alcântara, Beirã, La Fontañera, Castelo de Vide, Cedillo, Ammaia e Galegos - até 18 de agosto, com um programa que, além de muito cinema independente ao ar-livre, conta também com música, exposições e debates.

Português vence prémio de Melhor Curta-metragem no 25º Festival Ibérico de Cinema

A curta-metragem ‘Sleepwalk’ do cineasta português Filipe Melo ganha o Prémio Onofre pela Melhor Curta-metragem no 25º Festival Ibérico de Cinema (FIC), que finalizou na noite de sábado com a entrega dos Prémios Onofre, numa cerimónia celebrada no terraço do teatro López de Ayala de Badajoz. A gala pôs fim a cinco dias nos quais foram projetadas 35 curtas em diferentes secções.

Páginas