Está aqui

Negócios e Empresas

Medronho de Odemira vence prémio Melhor dos Melhores e Medalha de Ouro

A Aguardente de Medronho “Medronho Original” da marca Júnior Jacques, produzido pela destilaria Alma Orgânica, no concelho de Odemira, conquistou o prémio Melhor dos Melhores e a Medalha de Ouro no 5º Concurso Nacional de Aguardentes Não-Vínicas 2020/2021.

“Este prémio é o resultado de muito trabalho e de uma grande vontade de fazer sempre melhor. Obrigado a todos que nos têm acompanhado ao longo dos anos, os nossos colaboradores, parceiros, amigos e sobretudo os nossos clientes, aqueles que procuram qualidade e valorizam a diferença” são as palavras da empresa nas redes sociais.

Projeto de hidrogénio verde de Sines pretende abastecer hub de Roterdão

O CEO da EDP Inovação, António Vidigal, afirmou que “o projeto de produção de hidrogénio verde em Sines foi pensado com o objetivo de poder ser um dos fornecedores de energia ao hub de hidrogénio de Roterdão”, adianta o Jornal Económico.

O empresário falava na apresentação “Green Hydrogen: The next revolution in the energy sector” efetuada esta quinta-feira na área de Masterclasses da Web Summit 2020.

Tinto alentejano Herdade de São Miguel entra no top 100 do Wine Enthusiast

A colheita de 2018 do Herdade de São Miguel Escolha dos Enólogos acaba de entrar para o TOP 100 de 2020 do Wine Enthusiast, com 92 pontos e um 77º lugar na lista. Este vinho, produzido pela Casa Relvas, tem já um histórico de pontuações acima dos 90 pontos pelo prestigiado ranking nos últimos anos, com uma primeira presença com a colheita de 2011.

Criação do porco alentejano enfrenta crise com falta de procura

A procura pelo porco alentejano diminuiu e o preço baixou cerca de 35% devido à crise provocada pela pandemia de covid-19, avança a SIC Notícias.

Os 20 mil porcos da Associação de Criadores de Porco Alentejano seriam vendidos por cerca de 10 milhões de euros, no entanto, conseguiram vender, até ao momento, 65% da produção, mas a um preço mais baixo que o habitual.

Reclamações à Black Friday disparam 59%

As reclamações relativas à Black Friday já não são novidade. No entanto, este ano, com a Black Friday mais digital de sempre, as reclamações apresentadas pelos consumidores quase duplicaram. Entre 1 de novembro e 2 de dezembro de 2020, foram registadas no Portal da Queixa 416 reclamações relativas à Black Friday, um aumento de 59% face ao período homólogo, onde foram contabilizadas 262 reclamações. Tecnologia, Informática e Som foi a categoria mais visada e o principal motivo de reclamação foi a dificuldade de entrega do produto.

Comissão Europeia critica falta de ambição no projeto de hidrogénio em Sines

Christian Weinberger, da Direção Geral da Comissão Europeia para o Mercado Interno, Indústria, Empreendedorismo e PME, criticou a falta de ambição das metas para a produção de hidrogénio verde em Sines, afirmando que “100 MW até 2025 não é nada, assim vão perder o momento”.

Aumento da vindima no Alentejo e Lisboa não compensa perdas do país

O Instituto da Vinha e do Vinho (IVV) estima uma queda de 3% na produção de vinho nacional neste ano, adianta o Diário de Notícias. Estes dados mostram, contudo, que há mais regiões com menos vinho nesta vindima do que o que se esperava inicialmente e que, nas poucas em que cresce, o aumento é mais significativo do que o previsto.

Comércio tradicional de Évora regista quebras de 50% nas vendas

O comércio tradicional de Évora está a registar quebras de 50% nas vendas e as expetativas para a época natalícia “são baixas”, devido às medidas restritivas para combater a pandemia de covid-19, avança a Lusa.

Aljustrel atinge capacidade máxima com acolhimento de microempresas

O Centro Municipal de Acolhimento a Microempresas (CMAME) de Aljustrel atingiu a sua capacidade máxima de lotação, depois da concessão de mais duas oficinas, revelou a autarquia.

Segundo a câmara, citada pelo Correio Alentejo, os contratos de arrendamento foram assinados com as empresas Cristal Frio e MR Reparações Eletrónicas, tendo assim ficado preenchidas as sete oficinas existentes no CMAME.

Odemira já entregou mais de um milhão de euros a empreendedores locais

O Município de Odemira já atribuiu o valor de 1 milhão de euros em apoios financeiros a projetos locais no âmbito do Programa Municipal de Empreendedorismo e Emprego – Odemira Empreende.

Desde 2015 e até ao final do primeiro semestre de 2020, o valor total comparticipado foi de 1.000.492,44€, num total de 161 candidaturas das quais resultaram 124 projetos apoiados, 5 projetos incubados no Ninho de Empresas, 89 novas empresas/empresários em nome individual e 159 postos de trabalho criados. A média etária dos promotores é de 42 anos.

Páginas