Está aqui

Investimento

Vendas Novas entrega 385 tablets para promover o sucesso escolar

Foram 385 os equipamentos informáticos adquiridos pelo Município de Vendas Novas e que foram entregues a alunos do 1.º ciclo do Agrupamento de Escolas de Vendas Novas para utilização em sala de aula e em contexto escolar.

A entrega destes equipamentos será concluída na próxima segunda-feira, 18 de fevereiro, pelo Presidente da Câmara Municipal, Luís Dias, a Vereadora responsável pela Educação, Ana Carla Barros, e a Vice-presidente, Elsa Caeiro, que irão entregar os últimos equipamentos à Escola Básica da Misericórdia.

Monforte precisa de 600 mil euros para expor 16000 azulejos da rainha Santa Isabel

Com o objetivo de albergar os cerca de 16000 azulejos que retratam vida e milagres da rainha Santa Isabel, a autarquia de Monforte pretende investir perto de 600 mil euros na criação de um museu.

Além da vida da Rainha Santa, existem azulejos onde figuram os milagres de São Francisco e painéis não figurativos compostos por motivos seriados.

7,5 milhões para serviços de imagiologia no Hospital do Litoral Alentejano

São 7,5 milhões de euros que o Governo já autorizou para o investimento em serviços de imagiologia no Hospital do Litoral Alentejano.

A Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano e vai assim realizar um investimento – isento de IVA - em serviços de imagiologia, podendo executar um investimento de 1 milhão e 900 mil euros em 2019, 2020 e 2021, e podendo ir até ao milhão e 425 mil euros em 2022, como confirmou o Secretário de Estado do Orçamento, João Leão, em portaria publicada em Diário da República.

 

Imagem de dinheirovivo.pt

Aljustrel investe 5ME para apoiar empresas

São quase cinco milhões de euros aqueles que a Câmara de Aljustrel vai investir em quatro projetos de áreas de acolhimento de empresas no concelho.

Entre os investimentos encontram-se a expansão da Área de Acolhimento Empresarial e a criação do Centro de Negócios da vila de Aljustrel, orçados em 2,2 milhões de euros e de 1,1 milhões de euros, respetivamente.

A estes, juntam-se a criação da Área de Acolhimento Empresarial da vila de Ervidel, de 996 mil euros, e a requalificação da Área de Acolhimento Empresarial da aldeia de S. João de Negrilhos - 576 mil euros.

Framboesas e amoras valem investimento de 10 milhões em Odemira

A produção de framboesas e amoras alentejanas valem um investimento de 10 milhões de euros em São Teotónio, Odemira.

O investidor é a norte-americana Maravilha Farms, do grupo Reiter Affiliated Companies, e tem em curso o licenciamento de um projeto – o estudo de impacto ambiental já entrou em consulta pública - que poderá criar 350 empregos diretos e 700 temporários. Quase totalidade da produção é para exportação

Os frutos são provenientes destes 48 hectares serão, quase na sua totalidade, para exportação

Aljustrel, Castro Verde e Castelo de Vide com fortes apostas no setor empresarial

É o maior investimento de sempre no concelho apoiado por fundos comunitários; são cerca de 5 milhões de euros que Aljustrel viu aprovados quatro projetos para áreas de acolhimento empresarial e incubadoras não tecnológicas.

Após o sinal positivo da Comissão Diretiva do Alentejo, estes projetos seguem a estratégia da autarquia de Nelson Brito para a inovação e promoção da atividade empresarial no concelho através da promoção e apoio ao empreendedorismo com base na criação de um ecossistema favorável ao desenvolvimento da atividade empresarial.

Sines investe 670 mil euros para modernizar escola básica

De modo a remodelar e modernizar a Escola Básica n.º 2 de Sines, a autarquia liderada por Nuno Mascarenhas realizará investimento superior a 600 mil euros.

Visando dotar o estabelecimento – com nove salas de aula de 1.º ciclo e três e três de Educação de Infância – com mais valências e funcionalidades, a intervenção dará um ao edifício um caráter mais unificado e mais adaptado aos critérios funcionais modernos, conferindo ainda mais conforto.

Beja: quase 2 M/€ garantem novos acessos a zona Empresarial Norte

Foi hoje consignado o projeto de execução da “Zona de Acolhimento Empresarial Norte” através da assinatura do contrato entre as partes à empresa Construções J. J. R & Filhos, S. A.

O Município de Beja investe assim na melhoria das acessibilidades à zona acolhimento Empresarial na sua expansão para Norte, contribuindo para a beneficiação das condições de circulação e de segurança rodoviária.

Investimento de 22 milhões em 4 fábricas em Beja

Até final de 2020, o concelho de Beja vai receber quatro unidades industriais da empresa Fábulas Relevantes, e que serão resultado de um investimento total a rondar os 22 milhões de euros.

As unidades fabris ocuparão cerca de 15 mil metros quadrados da Zona de Expansão Norte do Parque Industrial de Beja.

O protocolo de investimento foi assinado, na passada semana, com a câmara municipal e prevê-se que a primeira unidade entre em laboração no início de 2019.

Câmara de Beja investe 1,1 milhões de euros para fixar jovens

Com o objetivo de fixar os jovens ao concelho, a Câmara de Beja vai avançar para a reabilitação de imóveis, na Praça da República, para arrendar a jovens casais.

Com o realizar deste investimento, a autarquia considera ainda que este projeto ajudará também fortemente a dinamizar o centro histórico da capital sul-alentejana.

O projeto é apoiado financeiramente pelo IFRRU 2020, e que disponibiliza empréstimos em condições mais favoráveis, que as do mercado, e que permite a reabilitação integral de edifícios, desde que se destinem à habitação.

Páginas