Está aqui

Investimento

Barragem do Pisão vai receber investimento de 171 milhões de euros

A barragem do Pisão, no Crato, vai receber 171 milhões de euros no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência, segundo o esboço entregue quinta-feira, 15 de outubro, pelo Governo na Comissão Europeia.

De acordo com o documento, citado pelo Jornal Económico, prevê-se a “Implementação do Aproveitamento Hidráulico de Fins Múltiplos do Crato (Barragem do Pisão), que permite garantir uma reserva estratégica de água que poderá constituir uma alternativa de abastecimento público e permitir o estabelecimento de novas áreas de regadio”.

Águas do Vale do Tejo investem 1,6 milhões em 5 ETAR do distrito de Portalegre

A Águas do Vale do Tejo vai investir cerca de 1,6 milhões de euros na conceção e construção de cinco estações de tratamento de águas residuais (ETAR) no distrito de Portalegre, anunciou a empresa.

Em comunicado citado pela agência Lusa, a empresa explica que teve início, esta quarta-feira, o “Lote I da Empreitada” das ETAR de Carreiras e Alagoa, no concelho de Portalegre, de Figueira e Barros e Valongo, no concelho de Avis, e ainda de Esperança, no concelho de Arronches.

Águas do Alto Alentejo investe mais de 6 milhões na melhoria de distribuição de água

O presidente da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA), Hugo Hilário, revelou à Rádio Portalegre que a criação da empresa intermunicipal “Águas do Alto Alentejo” vai permitir um investimento superior a 6 milhões de euros em intervenções para melhorar a distribuição de água de abastecimento público e recolha de efluentes.

Odemira com cerca de 3 M/€ de investimento na Educação

O município de Odemira vai investir 2,85 milhões de euros durante o ano letivo que agora se inicia e que fica marcado pela pandemia, mas, no ocncelho, também pelo novo Centro de Escolar de S. Teotónio.

Fonte da autarquia, revela que “o Município de Odemira entende a Educação como um dos pilares para o desenvolvimento socioeconómico do território” e, neste sentido, vai investir quase 3 milhões de euros em ações e projetos para a Educação e que vão além das competências previstas na Lei.

Vidigueira vai ter hotel de charme e modernizar a produção de vinho

O empresário alemão Dieter Morszeck vai investir cerca de oito milhões de euros na Quinta do Paral, na Vidigueira, de acordo com a Publituris. O projeto engloba a modernização do processo de produção de vinhos e da adega, além da construção de um hotel de charme.

O enólogo Luis Morgado Leão ajudou o empresário a construir esta quinta com foco na sustentabilidade e na tradição alentejana. Atualmente, o boutique hotel está a ser construído, e vai ser dotado de 20 quartos e um restaurante, num investimento estimado em 6,5 milhões de euros.

Ponte de Sor quer gerar 400 postos de trabalho com centro empresarial

A Câmara Municipal de Ponte de Sor concluiu esta semana o processo de aquisição das antigas instalações da Delphi, após três anos de intensas negociações, para transformar o conjunto industrial num centro empresarial, de exposições e de formação na área da tecnologia.

Elvas recupera o maior aqueduto da Península Ibérica

São cerca de 2,3 milhões de euros aqueles que a autarquia de Elvas adjudicou para a realização de obras no concelho. 

Este valor engloba a restauração e conservação de um dos símbolos da cidade, o aqueduto da Amoreira - com 8,5 quilómetros de extensão, 843 arcos e considerado o maior da Península Ibéria - e lançamento da empreitada do Centro de Valorização e Transferência de Tecnologia.

Alpiarça candidata-se a investimentos de mais de 4 milhões

A Câmara Municipal de Alpiarça apresentou candidaturas a fundos comunitários num valor de cerca de quatro milhões de euros em obras. De acordo com a autarquia, estas candidaturas são feitas para aproveitar o dinheiro que ainda há no quadro comunitário.

Empresa Medway inaugura plataforma logística em Sines

A Medway vai inaugurar, este mês, o seu Medway Terminal Sines na ZILS – Zona Industrial e Logística de Sines, num investimento global de um milhão de euros.

Governo vai investir 360 milhões para criar emprego altamente qualificado no interior

Ana Abrunhosa, ministra da Coesão Territorial, afirmou que o lançamento de linhas de apoio financiadas com fundos europeus, no âmbito do Programa de Estabilização Económica e Social (PEES), vai permitir a criação de espaços de trabalho e coworking no interior, assim como o programa Trabalhar no Interior, com lançamento previsto para agosto.

Páginas