Está aqui

Lazer

Sines promove noites de fado em casa

Esta será mais uma edição “Maré de Fado”, uma organização da Câmara Municipal de Sines, e que, de um modo diferente do habitual, vai fazer chegar a casa de todos oito noites de música.

De 12 de março a 3 de abril, vai poder disfrutar de mais uma edição desta mostra de fado, desta vez via “online” e na rádio.

A realizar-se desde 2017, com direção artística de Carlos Soares da Silva, o objetivo deste festival é recuperar o legado das noites e encontros de fado, onde amadores e profissionais se juntavam pelo prazer de cantar.

Cante, camponeses, resistência, rio... Serpa cria espaços culturais pelo concelho

A Câmara de Serpa desenvolveu uma estratégia que aposta na expansão da rede museológica do concelho através da criação de novos espaços culturais por todas as freguesias do concelho.

Em Brinches vai nascer a “Casa do Rio”, dedicada ao Guadiana e ao seu património natural e histórico, sendo também um meio de promoção de novas atratividades turísticas, dos produtos locais e da sua vertente gastronómica.

Évora, Arraiolos e a Rota Vicentina destacadas em revista espanhola

A revista espanhola “Hola!” publicou uma reportagem intitulada “Portugal en diez maravillas que seguro no son las que conoces” (Portugal em 10 maravilhas que de certeza não conheces) e entre 10 destinos nacionais a descobrir existem três no Alentejo: Évora, Arraiolos e a Rota Vicentina.

O artigo destaca o Cromeleque dos Almendres, referindo que quase 6 milhares de anos antes de os reis e os nobres levantarem os palácios em Évora, ainda antes antes dos romanos, já em Évora tinha sido erigido o conjunto megalítico mais importante da Península Ibérica e do sul da Europa.

Vinho e gastronomia: há alentejanos nos melhores do ano

Decorreu esta semana a cerimónia que deu a conhecer os “Melhores do Ano” de 2020 da Revista Vinho Grandes Escolhas e há alentejanos premiados: vários vinhos no top 30, um restaurante de Vila Viçosa como o melhor do ano, um projeto em Vila Alva e uma adega na Amareleja em destaque.

Os segredos da doçaria de Viana do Alentejo revelados na net

O Município de Viana do Alentejo decidiu promover a sua doçaria tradicional e, com a participação de doceiras do concelho, preparou uma Páscoa diferente, com um conjunto de programas sobre doçaria tradicional.

Vai desmistificar-se a ideia de que não se é capaz de confecionar doces mais elaborados em casa, em quatro programas que serão disponilibizados nas redes sociais, de 1 a 4 de abril, no período da Páscoa.

Grândola recebe Congresso de Mergulho em outubro

De 8 a 10 de outubro Tróia, no concelho de Grândola, vai ser palco para a realização do Diving Talks, o evento internacional que reúne os nomes maiores na área do mergulho a nível mundial.

Herdade da Barrosinha desafia hóspedes a teletrabalhar no Alentejo

A Herdade da Barrosinha, em Alcácer do Sal, lançou o desafio aos nómadas digitais de apostar no teletrabalho em terras alentejanas.

Segundo o portal Publituris, a proposta foi feita para as Casas da Barrosinha, numa oferta que integra a herdade em conjunto com o hotel. As habitações turísticas oferecem ligações wi-fi preparadas para quem precisar de trabalhar ou estudar no meio da natureza.

Deputados do PS querem proteger o Barranquenho

O Partido Socialista quer que o Barranquenho seja protegido e valorizado como "expressão da diversidade cultural de Portugal, marca da identidade de uma comunidade", defendem os deputados eleitos pelo PS do Baixo Alentejo.

Évora lidera projeto de resiliência do olival com a ajuda de morcegos

A Universidade de Évora (UÉ) pretende tornar o olival mais resiliente face às alterações climáticas e está a definir uma estratégia sustentável para a gestão de pragas em olivais através do estudo da diversidade e das variedades de oliveiras em Portugal. Combinando as projeções climáticas com uma estratégia de gestão dos serviços de controlo biológico fornecido por morcegos, os investigadores querem dotar os agricultores de conhecimento sobre as variedades que devem apostar.

Fátima ganha novos caminhos, um deles a partir do Alto Alentejo

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) adjudicou à Upstream o projeto “Caminhos de Fátima do Médio Tejo”, que visa desenvolver e sinalizar novas variantes de acesso a Fátima profundamente enraizadas na tradição e património Marianos na região.

De acordo com o portal New In Town, os novos itinerários vão partir de Tomar, da Beira Interior e do Alto Alentejo e terão uma extensão total de cerca de 200 quilómetros. Atualmente, os itinerários encontram-se em diferentes fases de desenvolvimento.

Páginas