Está aqui

Artigos publicados

Mais espaço para as tecnologias em Évora

Vão ser investidos mais de €8 milhões para que o Parque do Alentejo de Ciência e Tecnologia (PACT), em Évora, veja o seu projeto de ampliação tornado realidade.

O projeto de arquitetura foi desenhado por Carrilho da Graça e prevê espaços de acolhimento empresarial modulares, com possibilidade para várias configurações e dimensões, com capacidade para acolher até 65 empresas.

Hospital de Évora: deputados dizem não haver volta atrás

De acordo com os deputados socialistas eleitos por Évora, Luís Capoulas Santos e Norberto Patinho, não há retorno: o Orçamento de Estado para 2020 torna irreversível a construção do Novo Hospital Central do Alentejo.

Os deputados visitaram, este sábado, o local onde vai ser construído o novo Hospital Central do Alentejo, tendo também reunido com a Presidente do Conselho de Administração do Hospital do Espírito Santo, Filomena Mendes, e com o Presidente da ARS do Alentejo, José Robalo.

Porto de Sines quer atingir "crescimento de dois dígitos" nos contentores

É o porto líder em Portugal e é o que mais cresceu na Europa nos últimos cinco anos: o porto de Sines e espera, em 2020, conseguir chegar a um crescimento de dois dígitos, no que diz respeito à carga de contentores.

Em 2019, o Porto de Sines teve uma pequena quebra no número de contentores de cerca de 12%, mas a administração do porto de Sines espera que, em 2020, o porto alentejano possa recuperara e garantir um crescimento de dois dígitos.

122 anos de Marvão celebrado com novas luzes

Celebra-se esta semana, sexta, dia 24 de janeiro o 122º aniversário da restauração do concelho de Marvão.

Évora incluída em projeto-piloto de subsídio para cuidadores informais

O Governo vai testar um novo subsídio para Cuidadores informais. Este projeto-piloto vai começar por ser testado em 30 concelhos e, de acordo com a ministra do Trabalho e da Segurança Social, Ana Mendes Godinho, Évora é um dos concelhos selecionados, como indicou ao jornal Expresso.

Este projeto-piloto prevê a criação de um subsídio “acumulativo” aos já existentes, não se sabendo ainda o valor da prestação, nem o número de pessoas que serão abrangidas por esta medida.

Volta, renasce

Dirijo o meu olhar para o céu revoltado pintado com um cinzento triste. A minha face está preenchida de lágrimas pesadas e grossas. Elas queimam à medida que fazem o seu percurso. As minhas pestanas estão fracas e frágeis.Busco uma resposta tua. Afinal de contas, é onde moras agora, certo?

Se os meus olhos pudessem falar, neste momento, eles berravam. Berravam de arrependimento, de desespero, angústia e, sobretudo, tristeza.
Tantos sentimentos misturados que nem sei por onde começar.

Porquê?

Portalegre, Marvão e Castelo de Vide: grande investimento para controlar e erradicar espécies invasoras

Foi lançado esta semana um concurso público que visa a prevenção, controlo e erradicação de espécies exóticas invasoras em Portalegre, Marvão e Castelo de Vide.

O lançamento do concurso esteve a cargo da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo e este tem por base um valor de quase meio milhão de euros, mais precisamente 400.716,98 euros, sendo o prazo de execução de 18 meses.

E hoje o Alentejo volta a ter “Terras sem Sombra”

Será já esta noite, sábado, que o Alentejo terá o Festival Terras Sem Sombra de regresso.

O primeiro concerto desta nova temporada musical do premiado festival internacional alentejano terá lugar na igreja de São Cucufate, em Vila de Frades, Vidigueira, esta noite, pelas 21:30h.

Este programa será exclusivamente dedicado a Hildegarda de Bingen, e surgirá pela mão do   grupo coral Tiburtina Ensemble, de Praga, da República Checa e que é composto integralmente por cantoras.

A direção estará a cargo da soprano e harpista Barbora Kabátková.

Portel vai ter um Centro Interpretativo do Montado

Na vila de Portel vai nascer um Centro Interpretativo do Montado.

Para o efeito, o promotor, a Câmara Municipal de Portel irá requalificar e reabilitar, ainda este ano, o antigo posto da GNR da vila para o edifício.

O edil, José Manuel Grilo, revelou que pretende mostrar a todos os visitantes todas as atividades e vertentes do montado, de modo interativo, num projeto que ronda um investimento de meio milhão de euros, divididos entre obras - 350 mil euros – e equipamento - 150 mil euros – num projeto que conta com o apoio de fundos comunitário.

Vinhos alentejanos: depois do tinto, descobriram os brancos e os rosés

Se os tintos alentejanos já são reconhecidos por todo o mundo, agora é a vez dos brancos e dos rosés.

Na totalidade, os vinhos alentejanos aumentaram as vendas. O tinto é o mais produzido e o mais vendido, no entanto, há uma quebra no volume de vendas dos tintos e uma subida dos brancos e dos rosés que, em 2019, atingiram mesmo os melhores dos últimos cinco anos, de acordo com os dados da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA).

Páginas