Está aqui

Artigos publicados

Gin alentejano escolhido como "Gin Português do Ano 2021"

O Gin Black Pig Costa Alentejana conquistou o World Gin Awards 2021, ao vencer a medalha de Ouro e ao ser o vencedor na categoria de melhor London Dry gin português.

Foram eleitos um London Dry gin por país - escolhidos por um painel de peritos da Gin Magazine, a principal publicação de gins do Mundo -e o representante português escolhido foi o gin alentejano. 

Quase 3M/€ reforçam a rede de Centros de Recolha Oficial de Animais do Alentejo

Com vista à defesa do bem-estar animal e da saúde pública, a Comissão de Coordenação da Região Alentejo (CCDRA) serão investidos cerca de 3 milhões de euros - comparticipados por fundos comunitários - na construção e modernização de 17 Centros de Recolha Oficial de Animais no Alentejo.

Moinhos de vento regressam a Évora

Cervantes, pela voz de Sancho Pança, dizia “aqueles que ali aparecem não são gigantes, e sim moinhos de vento, e o que neles parecem braços são as asas, que, empurradas pelo vento, fazem rodar a pedra do moinho” tentando elucidar D. Quixote.

Estes “desaforados gigantes” eram não só uma marca dos campos de Castilla La Mancha, mas também uma marca pródiga das paisagens dos campos alentejanos.

Os moinho de evento eram parte essencial da cultura e economia alentejana. Com a mecanização, caíram em desuso e muitos acabaram por ruir.

Achados arqueológicos nas explorações florestais devem ser comunicados em 48 horas

Tem sido notícia recorrente a destruição de património arqueológico que tem sido encontrado na manutenção e/ou criação de explorações agrícolas e florestais, em especial no Alentejo.

Para evitar esta destruição de vestígios arqueológicos, proprietários ou promotores de explorações florestais onde sejam encontrados testemunhos arqueológicos têm, a partir de agora, um prazo de 48 horas para comunicar o achado às autoridades locais.

Vendas Novas, Montemor-o-Novo, Évora e Viana do Alentejo com descontos nos passes do comboio

Após negociações que duraram quase um ano, a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC), o Governo e a CP chegaram a acordo e os contratos interadministrativos de delegação de competências para o transporte ferroviário, contemplam descontos nos passes dos utilizadores do comboio para todos os utilizadores da Linha do Alentejo, nas suas deslocações para Lisboa.

Estes descontos serão aplicados aos usuários de Vendas Novas, que o conseguiu estender a Montemor-o-Novo, Évora e Viana do Alentejo.

Hospitais alentejanos com avultados investimentos nos Cuidados Intensivos

Deve começar a funcionar já no próximo março o novo serviço de Medicina Intensiva do Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém, após um investimento de 1,5 milhões de euros.

Esta nova unidade trará quatro camas novas aos Cuidados Intensivos do HLA, que passa e a ter agora um total de 11, cinco das quais em quartos de pressão variável.

Licenciada em Portalegre vence importante bolsa no Estados Unidos

Sandra Félix, diplomada em Enfermagem Veterinária pela Escola Superior Agrária de Elvas/Politécnico de Portalegre ganhou uma bolsa do Global Pain Council, nos Estados Unidos,  tornando-se assim a primeira Enfermeira Veterinária a receber esta bolsa do Global Pain Council da World Small Animal Veterinary Association (WSAVA), dedicado a Técnicos/Enfermeiros Veterinários que queiram tornar-se nos primeiros líderes de opinião global no controlo da dor.

Ponto de situação nas fronteiras

Com a renovação de declaração de Estado de Emergência, as fronteiras com Espanha continuam condicionadas.

Após o diálogo com os autarcas dos municípios raianos e da articulação permanente entre os governos de Portugal e de Espanha, o controlo de pessoas nas fronteiras terrestres e fluviais vai manter-se até ao dia 16 de março.

Mas há mais dois pontos de passagem autorizados (PPA), em Ponte da Barca e em Vinhais.

Obras de arte no Lago Alqueva? Sim, será uma realidade

Integrado no projeto Erasmus +, da Comissão Europeia, a iniciativa ARCHI’Nature tornará possível o surgimento de obras de arte no Lago Alqueva, por iniciativa do Município de Reguengos de Monsaraz.

Durante dois anos, e já a partir do próximo mês, serão criadas obras de arte sobre o Lago Alqueva, numa iniciativa que promoverá uma dinâmica cultural envolvendo a comunidade escolar e os cidadãos.

 O objetivo da iniciativa é desenvolver um conjunto de trabalhos artísticos e instalações temporárias que considerem a valorização da riqueza ambiental.

A gota mais pequena desta ribeira

Sempre que aqui estou, sinto ser
a gota mais pequena desta ribeira,
que corre em busca
do encontro inesperado
com um rio que me queira.

Não ambiciono fazer parte
de um rio muito grande,
e afluir em águas famosas
é o que menos quero.

Sempre que aqui estou,
sinto que sou o que
a gota mais pequena desta ribeira
nasceu para ser:
— um pouco do som,
da luz, da paz e do luar
que te faz fechar os olhos
e me desejar.

 

Imagem de wikimedia.org

Páginas