Está aqui

Artigos publicados

NO ALENTEJO COM OS OLHOS POSTOS NOS PARALÍMPICOS DE TÓQUIO

Os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 ainda vêm longe, mas é lá que o paraciclista alentejano Flávio Pacheco mantém os olhos.

Natural de Ermidas-Sado, no concelho de Santiago do Cacém, Flávio Pacheco terminou a época desportiva sendo Campeão Nacional de fundo e Vencedor da Taça de Portugal e obtido um 2º lugar Verola Paracycling Cup (Itália), um 3º lugar Paracycling European Cup (República Checa) e um 4º lugar na Brixia Paracycling Cup (Itália).

DESCOBERTO TEMPLO ROMANO EM MÉRTOLA

Uma descoberta recente, em Mértola, revela indícios do que poderá ter sido um grande templo romano - avança a RTP.

Decorriam as escavações num antigo edifício da vila alentejana, a conhecida Casa Cor de Rosa - quando foi descoberto, a 4 metros de profundidade, um conjunto de estátuas monumentais com cerca de 2000 anos e que levanta a hipótese Mértola ter tido um grande templo romano.

 

Imagem de wikimedia.org

ALENTEJO COM MENOS ESTUDANTES

De acordo com informação divulgada ontem, 20 de outubro, pela DGEEC - Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência, o Alentejo perdeu cerca quatro mil alunos, comparativamente à situação registada há 10 anos. Só a Área Metropolitana de Lisboa e o Algarve viram o número de alunos crescer e o centro teve um decréscimo de 49.062 estudantes.

OUTONO CHEIO DE MÚSICA NO ALENTEJO

Decorre já hoje, 21 de outubro, o XXVII Encontro de Coros da Cidade de Estremoz, comemorando-se também o 37ª aniversário do Orfeão Tomaz Alcaide.

No encontro de coros atuarão o Orfeão Tomaz Alcaide, o Grupo Coral Stravaganzza, o Coral de S. Domingos e do Coro da Sociedade Musical Odivelense.

A organização é do Orfeão Tomaz Alcaide, com o apoio diversas entidades públicas e privadas.

A entrada livre, no entanto, sujeita à lotação da Igreja.

 

AVISO AMARELO COBRE A COSTA ALENTEJANA

Este fim de semana, de acordo com o IPMA - Instituto Português do Mar e da Atmosfera, prevê-se agitação marítima com ondas de noroeste e com 4 a 5 metros para a costa alentejana.

O aviso estende-se, além, de Beja, aos distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal e Faro.

Este aviso amarelo, o terceiro de uma escala de quatro, e que cobre toda a costa de Portugal continental, significa que existe sério risco para a prática de atividades marítimas ou perto da costa.

 

Imagem de canalcatarinense.com.br

SOMINCOR COM DIA DE PORTAS ABERTAS NO ALENTEJO

No próximo 22 de outubro, a SOMINCOR - Sociedade Mineira de Neves-Corvo S.A, concessionária da Mina de Neves-Corvo e subsidiária da Lundin Mining Corporation - promove o segundo Open House SOMINCOR de 2017, inteiramente dedicado ao tema “A Água e a Preservação do Planeta – Qual o Contributo da SOMINCOR?”.

GOVERNO ASSEGURA QUE HOSPITAL DE ÉVORA AVANÇA EM 2018

São mais 239 milhões de euros que a Saúde vai ter em 2018 – comparativamente a 2017 - no Orçamento de Estado de 2018 e que servirão, essencialmente, para a construção de novos centros de saúde e lançar o concurso público do novo hospital de Lisboa e o novo hospital de Sintra, e iniciar os projetos dos Hospitais de Évora e também do Seixal.

A previsão é a de um crescimento de cerca 16,1% do investimento, que passa também pela contratação de mais médicos para os cuidados de saúdes primários e reabilitação e reequipamento das unidades de saúde.

ÉVORA TAMBÉM VAI TER UM KM0

Resultado de uma ampla parceria entre diferentes instituições do concelho de Évora, vai nascer na capital centro-alentejana um “quilometro zero”.

O “Km0 Évora” será apresentado no Dia Mundial da Alimentação, a 16 de outubro, pelas 15 horas, na Associação Comercial de Évora.

O Km0 é um conceito que foi criado em Itália, pela Slow Food, e que se tem vindo a espalhar um pouco por todo o mundo como característica distintiva da restauração de qualidade, suporte da identidade e atratividade dos territórios.

ODEMIRA DECLARA CENTRAL DE RELEVANTE INTERESSE MUNICIPAL

A intenção da Galp Power em instalar uma central fotovoltaica no concelho de Odemira, numa área fora do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina e não incluída na Rede Natura 2000, foi declarada “Projeto de Relevante Interesse Municipal” por unanimidade pela Câmara e pela Assembleia Municipal locais, um requisito essencial para a obtenção de licença de produção que é emitida pela Direção Geral de Energia e Geologia.

SOBREIROS A MORRER E PEIXES EM EXTINÇÃO NO ALENTEJO

Estamos a 15 de outubro e 81% do território continental está ainda em seca severa; pior, 7,4% está em seca extrema. Segundo o IPMA – Instituto Português do Mar e da Atmosfera, o mês de setembro foi mesmo o mais seco dos últimos 87 anos!

Habituado a temperaturas altas, este fenómeno é estranho, mesmo para o Alentejo onde há já espécies em vias de extinção que veem agravada a sua sobrevivência, sobretudo na bacia do Guadiana e onde os sobreiros e azinheiras estão a morrer, sobretudo no Baixo Alentejo e Alentejo litoral.

Páginas