Está aqui

Artigos publicados

Centro Educativo Alice Nabeiro celebra 15 anos

O Centro Educativo Alice Nabeiro vai comemorar 15 anos de existência com a realização da primeira conferência Manuel Ferreira Patrício, no próximo dia 30 de maio.

Com a presença e intervenção do Ministro da Educação, João Costa, a conferência terá lugar no Centro de Ciência do Café, em Campo Maior, pelas 9h30, e será subordinada ao tema “O Futuro da Educação”.

Parceria para salvar a Águia-caçadeira da extinção

Foi assinado em Elvas, no passado dia 17, Dia do Agricultor, uma parceria que pretende salvar da extinção a Águia-caçadeira.

“Searas com Biodiversidade: Salvemos a Águia-caçadeira” é o nome do projeto que junta o Clube de Produtores Continente, a ANPOC - Associação Nacional de Produtores de Proteaginosas, Oleaginosas e Cereais, o CIBIO - Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Porto e a Palombar – Conservação da Natureza e do Património Rural.

Despovoamento do Alentejo debatido em Cuba

Que desafios se colocam aos territórios do interior, nomeadamente do Alentejo, para combater o decréscimo de população é o mote para a realização do debate “Esvaziamento do Interior, desafios e prioridades dos territórios”.

Sines inaugura amanhã novo monumento a Vasco da Gama

Amanhã, 23 de maio, pelas 11h, a Câmara Municipal de Sines inaugura o novo monumento evocativo da figura de Vasco da Gama.

O reconhecido navegador nasceu nesta cidade em 1469 e, no ato de inauguração deste monumento, estará presente o chefe do Estado-Maior da Armada, almirante Henrique Gouveia e Melo.

O novo monumento, da autoria do escultor Vítor Ribeiro (Porto, n. 1957), fica localizado num dos pontos mais destacados da entrada da cidade, a rotunda de acesso à zona comercial, na A26-1.

Portalegre tem uma nova sobremesa

Portalegre tem uma nova sobremesa. O projeto foi desenvolvido no âmbito do curso de Gestão e Produção de Pastelaria e realça alguns dos produtos característicos do concelho como a maçã Bravo Esmolfe, a castanha e a bolota, entre outros ingredientes.

Este são alguns dos elementos essenciais da nova sobremesa que a Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre apresentou à comunidade e que pretende ser uma imagem de marca da cidade.

Enchidos alentejanos conquistam ouro em Frankfurt

Os enchidos alentejanos da SEL conquistaram 2 medalhas em Frankfurt

O Presunto VARANEGRA DOP Alentejano (Denominação de origem protegida e o Paio do Cachaço (Coppa) de Porco Alentejano, da estremocense SEL, foram distinguidos com duas medalhas, conquistam o paio o ouro, no concurso internacional de Qualidade para Presuntos em Frankfurt, na Alemanha.

O Presunto VARANEGRA já conta com 12 medalhas, 4 delas internacionais desde do início da sua produção em 2016.

Festival alentejano chega ao Brasil

O EA Live vai estrear-se este ano no Brasil, mantendo a sua edição de Évora, casa da Fundação Eugénio de Almeida.

No Rio de Janeiro, o festival EA Live contará com atuações de Ana Vitória, Diogo Nogueira e Tiago Nacarato & Fran e em Évora com Pedro Abrunhosa, António Zambujo e o projeto “Deixem o Pimba em Paz”, de Bruno Nogueira e dos Clã.

O objetivo da edição EA LIVE Rio, no Brasil, é levar a música e vinho a diferentes palcos e terá lugar de 3 a 5 de junho, naquela que será a primeira internacionalização do festival.

Grupo Nabeiro recebe embaixadores sul-americanos

A Casa da América Latina e os Embaixadores latino-americanos acreditados em Portugal visitarão o Grupo Nabeiro – Delta Cafés , no próximo dia 18 maio, quarta-feira, em Campo Maior, numa jornada pelas diferentes empresas do Grupo.

Nesta visita, marcarão presença os embaixadores e corpo diplomático do Brasil, Colômbia, Cuba, México, Panamá, Paraguai, Peru e República Dominicana que serão acompanhadas pela administração do Grupo – Delta Cafés.

Saudade de algo que não existia

Por Giuseppe Steffenino

Confesso que muitas vezes sinto saudade. Não pela sensação de que a vida, no passado que conheci, era melhor ou mais feliz. Não para cabines telefónicas, motocicletas com rodas raiadas de metal, máquinas de escrever, mapas de estradas, filmes fotográficos analógicos, cabines de proteção cinematográficas, rádios transistores ou outros objetos cotidianos que desapareceram do nosso cotidiano.

O massacre que esquecemos

por Giuseppe Steffenino

Fotos de cidades atingidas ou destruídas evocam a memória de histórias ouvidas de tios e avós que, com reticências e distorcendo os nomes, às vezes falavam às crianças de Mykolaiv, de Kiev, do Bug Oriental.

Páginas