Está aqui

Álvaro Beijinha

Santiago do Cacém lança campanha de apoio ao comércio tradicional

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém lançou uma campanha com o mote “Ajude a economia local compre no comércio tradicional”, onde apela aos munícipes para que façam as suas compras nestas lojas, "para a ajudar a economia local a recuperar-se e a manter-se durante este período marcado pela pandemia da COVID-19".

Pós-Pandemia: Santiago do Cacém aponta às obras no espaço público

Aos poucos os munícipios vão abrindo serviços públicos e adaptando-se à nova realidade agora que os perigos de contágio do covid:19 parecem abrandar.

O Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, tem estado no terreno a acompanhar as obras de maior dimensão a decorrer no concelho sendo que esta semana visitou os trabalhos que estão a decorrer em Cercal do Alentejo para se inteirar dos trabalhos que decorrem na Freguesia. 

Câmara de Santiago do Cacém distribui 5 mil viseiras de proteção pelos comerciantes

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém está desde o fim de semana a distribuir viseiras de proteção pelos comerciantes dos mercados municipais.

A iniciativa começou nos mercados de Santiago do Cacém e Vila Nova de Santo André e hoje estende-se aos comerciantes do Mercado Municipal do Cercal do Alentejo, que neste momento, devido às obras de renovação daquele espaço, se encontram em locais provisórios, e abrangerá a totalidade dos comerciantes do concelho.

Lagoa de Santo André na Costa Alentejana só pode ser aberta ao mar em junho

A abertura ao mar da Lagoa de Santo André é feita uma vez por ano, no mês de março, para melhorar a qualidade da água e permitir a entrada de alevins de diversas espécies marinhas, como o robalo, e também de enguia (meixão), assim como a saída de enguias prateadas que se deslocam para o Mar dos Sargaços para se reproduzirem.

Este ano, devido a constrangimentos conhecidos, designadamente decorrentes da pandemia de COVID 19, a abertura anual prevista da lagoa não reuniu condições para se realizar na data estabelecida para aquele evento.

Câmara de Santiago do Cacém apela ao Governo sobre Lagoa de Santo André

Este ano, as autoridades competentes não permitiram a abertura da Lagoa de Santo André ao mar.

Litoral Alentejano passa a ter capacidade para análises ao Covid-19

O laboratório da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA), a funcionar no Hospital do Litoral Alentejano, já está a fazer análises ao Covid-19. 

Aquela unidade laboratorial recebeu nos últimos dias 500 testes de diagnóstico à Covid-19 e iniciou na passada segunda-feira, dia 20 de abril, os rastreios a doentes internados, segundo a indicação do Serviço Nacional de Saúde para que realizassem o teste de despiste do novo coronavírus.

Covid 19 - Santiago do Cacém cancela atividades com crianças e idosos e suspende eventos

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém, na sequência da ativação do Plano de Contingência do Município de Santiago do Cacém, relativo à prevenção e controlo de infeção pelo Coronavírus (COVID-19), cancelou hoje as provas previstas para 14 de março de Aquatlo, o Festival de Natação a 21 de março e Oriescolas a 26 e 27 de março, bem como as aulas no âmbito do Sénior Ativo das Piscinas Municipais.

Já começou o Festival da Enguia da Lagoa de Santo André

O 6.º Festival da Enguia da Lagoa Santo André, na Costa Alentejana, tem início esta sexta-feira e prolonga-se até dia 9 de fevereiro, esperando milhares de visitantes para degustar os mais variados pratos confecionados com uma iguaria única, a enguia.

Santiago do Cacém adjudica por 0,6 milhões requalificação do centro histórico de Cercal do Alentejo

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém adjudicou hoje, dia 21 de janeiro, à empresa Vibeiras – Sociedade Comercial de Plantas, S.A., pelo valor de 634,739.34 euros, a obra de requalificação da envolvente da Igreja Matriz e Rua da Parreira, de Cercal do Alentejo.

A requalificação da Praça da Igreja Matriz engloba, segundo o município, o Largo da Igreja, a Rua Guerra Junqueiro, parte da Rua do Passal, da Rua da Aldegalega e da Azinhaga do Barranco. A intervenção na Rua da Parreira estende-se ao cruzamento desta com a Rua Centenários da Independência.

Encerramento da central termoéletrica de Sines vai afetar mais de 300 trabalhadores

O Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, manifestou a sua preocupação pelo futuro dos trabalhadores da Central Termoelétrica da EDP em Sines que não fazem parte dos quadros da empresa, face ao anúncio de cessar a produção desta unidade em setembro de 2023. Na sua grande maioria os trabalhadores residem no concelho de Santiago do Cacém.

Páginas