27 Maio 2020      09:28

Está aqui

Pós-Pandemia: Santiago do Cacém aponta às obras no espaço público

Aos poucos os munícipios vão abrindo serviços públicos e adaptando-se à nova realidade agora que os perigos de contágio do covid:19 parecem abrandar.

O Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, tem estado no terreno a acompanhar as obras de maior dimensão a decorrer no concelho sendo que esta semana visitou os trabalhos que estão a decorrer em Cercal do Alentejo para se inteirar dos trabalhos que decorrem na Freguesia. 

O Autarca visitou as obras da Rua da Parreira, do Mercado Municipal, do Campo de Futebol do Juventude Cercalense, da Estrada da Bica Santa, da Rua João Sousa Farelo e da Estrada da Sonega.

Ali decorre a reabilitação do edifício do Mercado Municipal, uma obra que está adjudicada à empresa Sociedade Comercial Cansyfree, Lda, pelo valor de 161.302,13 euros, e a requalificação da Praça da Igreja Matriz, adjudicada à empresa Vibeiras – Sociedade Comercial de Plantas, S.A., no valor de 634,739.34 euros, que engloba o Largo da Igreja, a Rua Guerra Junqueiro, parte da Rua do Passal, da Rua da Aldegalega e da Azinhaga do Barranco.

A intervenção na Rua da Parreira estende-se ao cruzamento desta com a Rua Centenários da Independência.Com esta segunda intervenção a Autarquia pretende melhorar a mobilidade, trazer maior acessibilidade e ordenar o estacionando, proporcionando aos munícipes uma maior fruição do espaço público.

Esta obra está integrada no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) para o concelho de Santiago do Cacém no âmbito do Alentejo 2020, Portugal 2020, com comparticipação dos fundos da União Europeia através do FEDER. As intervenções na Estrada da Bica Santa e na Estrada da Sonega, ligação a Vale Manhãs, resultam da parceria entre a Câmara Municipal de Santiago do Cacém e da Junta de Freguesia do Cercal do Alentejo e têm como finalidade a aplicação de revestimento naquelas vias.

Já as obras na Rua João Sousa Farelo são para realizar a renovação das condutas e ramais, assim como dos passeios. A criação de um campo sintético no Cercal do Alentejo resulta do acordo que a Autarquia estabeleceu com a Sociedade Juventude Cercalense, disponibilizando um apoio de 130 mil euros para que o clube possa desenvolver este projeto e, desta forma, definir uma aposta séria na formação dos mais novos e na promoção da prática desportiva naquela freguesia.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.