Está aqui

Interior

Interior do Alentejo encontra-se “cheio”, contrariando a sua tendência de verão

O interior do Alentejo, que costuma ter pouca gente no verão, este ano está “cheio” com os turistas nacionais que visitam a região, garantem os autarcas e responsáveis de entidades alentejanas à agência Lusa.

Devido à pandemia do novo coronavírus, “as pessoas acabaram por escolher zonas livres de covid-19 ou, pelo menos, em que os casos tenham sido poucos”, argumenta Francisco Ramos, presidente da Câmara Municipal de Estremoz, um dos poucos concelhos do distrito de Évora sem registo de “qualquer caso” da doença.

PSD defende pacto europeu para os territórios de baixa densidade

O Eurodeputado do PSD, Álvaro Amaro, dirigiu esta semana à Comissão Europeia uma pergunta escrita, subscrita pelos colegas do PSD, onde propõe a criação de um Pacto Europeu para os Territórios de baixa Densidade: “[a Comissão Europeia] não considera necessário, neste momento histórico, criar um novo Pacto Europeu que reconheça as especificidades dos territórios de baixa densidade, com uma dotação financeira específica?”

Portel auxilia 950 idosos

Através da medida social do “Cartão Municipal do Idoso” a autarquia de Portel concedeu apoio a 950 idosos.

Sofrendo - como a generalidade dos concelhos do interior – com o envelhecimento dos seus munícipes, a autarquia assume o apoio à terceira idade como um sector de atuação prioritário e vai apoiar os idosos com o valor de 100 € por beneficiário, este valor destina-se à pintura da sua habitação, uma medida que se destina a apoiar os idosos do concelho em situação económica mais desfavorável.

168 milhões de euros e a Barragem do Pisão será realidade em 2027

Depois de prometida e projetada por quatro vezes ao longo de quarenta anos, a Barragem do Pisão será realidade 2027 e após um investimento estimado de 168 milhões de euros.

O despacho conjunto publicado em Diário da República, identifica a barragem do Pisão como financeiramente viável, com uma Taxa Interna de Rentabilidade (TIR) de 4,9% de 20 anos de operação, um Valor Atualizado Líquido (VAL) para uma taxa de atualização de 4% de 14,7 milhões de euros e um tempo de amortização do investimento para uma taxa de atualização de 4% de 22 anos"

Gavião com 1,3 ME para incubadora de empresas não tecnológica

Em Gavião, a Câmara Municipal vai realizar um investimento de 1,3 milhões de euros para desenvolver e criar uma incubadora de empresas não tecnológicas.

As obras deverão ter início já em agosto – terá um prazo de construção de 540 dias - , uma vez que já terminou o concurso e as propostas estão já a ser analisadas, sendo a escolha revelada até final do corrente mês, aguardando depois luz verde do Tribunal de Contas.

Esta nova incubadora surgirá no logradouro do edifício do antigo seminário da vila e deverá estar concluída no início de 2021.

O lento e silencioso “desmantelamento” do Posto da GNR das Alcáçovas

Está a decorrer um lento e silencioso “desmantelamento” do Posto da GNR das Alcáçovas.

O Posto de GNR das Alcáçovas está a perder os seus efetivos e a sua capacidade de atuação. Está a decorrer um lento e silencioso “desmantelamento” do Posto da GNR das Alcáçovas.

Nisa garante transporte social e une as suas freguesias

Terá início amanhã, dia 7, o projeto da Câmara Municipal de Nisa e que garantirá o acesso aos transportes a toda a população.

Sob o nome de “Transporte Social”, os principais beneficiários serão os residentes nas freguesias rurais do concelho que verão assim melhoradas as acessibilidades entre as freguesias rurais e a sede do concelho.

A autarquia garante que este é um projeto pioneiro na área da mobilidade e transporte e garantirá uma alternativa válida e suplementar de transporte social aos munícipes das freguesias afastadas da sede de concelho.

Descentralização: um processo fundamental para o desenvolvimento do país

A Descentralização é um processo fundamental para o desenvolvimento do País. A Descentralização para as Autarquias é uma parte decisiva desse processo.

Acredito que permite a aproximação das decisões aos cidadãos. Acredito que permite uma maior promoção da coesão territorial, o reforço da solidariedade inter-regional. Acredito que permite ajudar a melhorar da qualidade dos serviços prestados às populações. Também acredito que permite aumentar a racionalização dos recursos disponíveis.

Gritos D’alma do interior

O PSD fez recentemente as suas Jornadas Parlamentares na Guarda com o tema “Afirmação e Valorização do Interior”. 

A opção do local (bem no interior de Portugal) e do tema referido foram uma opção política. O interior, os territórios de baixa densidade, as regiões de convergência merecem muito mais. Merecem um trabalho político aprofundado.

Encerramento dos CTT geram revolta pelo Alentejo

O encerramento de balcões dos Correios pelo Alentejo está a gerar alguma revolta nas populações.

Neste sentido, a Câmara Municipal de Viana do Alentejo vai prestar uma sessão de esclarecimento sobre o encerramento da Estação dos CTT de Viana do Alentejo, no próximo dia 5 de julho, pelas 21h30, no Salão Nobre da Junta de Freguesia de Viana do Alentejo, numa iniciativa promovida em parceria com o SNTCT – Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações.

Páginas