Está aqui

Alentejo

ALTO ALENTEJO NO TOPO DA LISTA DA QUALIDADE DE VIDA NO PAÍS

A Marktest voltou a avaliar a qualidade de vida no país e através de 13 critérios que vão desde a taxa de criminalidade até ao valor de investimento em cultura per capita, elaborou o "ranking" dos concelhos com maior qualidade de vida no país.

Este ano a lista é liderada pelo município de Fronteira a que se juntam Sousel, Crato, Castelo de Vide e Alter do Chão com pontuações que vão de 15,9 a 17,3, numa escala de 1 a 20.

AMEIXA D'ELVAS PRODUZIDA EM ESTREMOZ VENCE MEDALHA DE OURO

A Ameixa d’Elvas em calda, produzida pela Confibor, uma empresa de Estremoz, venceu a Medalha de Ouro no 6º Concurso Nacional de Doces de Fruta Tradicionais Portugueses, um concurso que valoriza os "genuínos doces e frutas tradicionais Portugueses e os doces de fruta de base tradicional".

As Ameixas D’Elvas confitadas em calda, têm denominação de origem protegida (DOP), são embaladas junto com a calda de confecção original e são habitualmente servidas como sobremesa, ou a acompanhar o famoso bolo Sericaia.

MISERICÓRDIA DE ÉVORA JÁ CONCEDEU ESTE ANO 2,5 MILHÕES EM APOIOS SOCIAIS

A pouco menos de dois meses do final do ano o Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Évora (SCME) adiantou ontem que aquela instituição já concedeu cerca de 2,5 milhões de euros em apoios sociais.

ALENTEJO: EMPRESA DE PROSPECÇÃO DE PETRÓLEO FOI SUBCONTRATADA ANTES DE CONSULTA PÚBLICA

A denúncia partiu ontem da Plataforma Algarve Livre de Petróleo (PALP) que descobriu que antes mesmo da consulta pública acerca da exploração de petróleo na Costa Alentejana e no Algarve, já o consórcio que detém a licença de exploração, composto pela ENI-Galp havia contratado uma empresa que se instalou no Porto de Sines e cuja missão é apoiar a prospecção de petróleo.

PEDRO DO CARMO DEFENDE QUE OE 2018 TEM SOLUÇÃO PARA A LIGAÇÃO FERROVIÁRIA BEJA/LISBOA

Pedro do Carmo, deputado de Beja eleito pelo PS, revelou em nota de imprensa que o Orçamento do Estado para 2018 traz uma solução para a ligação ferroviária Beja/Lisboa, traduzida na aquisição de um comboio bi-modo, que irá repor a ligação de Beja à capital do País.

Quanto à electrificação da linha Beja/Casa Branca, o deputado por Beja considera que vai ser possível através de fundos comunitários, com reprogramação do Portugal 2020, e para o qual já está a trabalhar.

DIA DO ENOTURISMO CELEBRADO EM REGUENGOS DE MONSARAZ COM BLUES, VINHO E TT

Reguengos de Monsaraz, a Capital dos Vinhos de Portugal, vai assinalar o Dia Europeu do Enoturismo com um concerto do espanhol Danny Del Toro e a sua banda Del Touro Blues Band, o Passeio TT Rota dos Vinhos, uma Caminhada de São Martinho e várias provas de vinho.

O programa organizado pelo Município de Reguengos de Monsaraz arranca a 10 de novembro, às 21h30, no Auditório Municipal, com o concerto de São Martinho com Danny Del Toro, um dos melhores interpretes de harmónica de Blues da Europa.

MINEIROS DE CASTRO VERDE EM GREVE

EMPRESA PREOCUPADA COM TRABALHADORES IMPEDIDOS DE TRABALHAR

O Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira (STIM), começou ontem uma nova greve nas minas da Somincor, em Castro Verde, greve que só termina a 11 de novembro.

A Somincor fez saber em comunicado que a sua prioridade durante esta greve "é garantir que quem pretende trabalhar o possa fazer de forma segura e com a mínima perturbação".

NOVO CENTRO COMERCIAL DE ÉVORA ADIA DATA DE INAUGURAÇÃO

A Ares Capital Investimentos Imobiliários, dona do novo centro comercial de Évora, anunciou que adiou a data de abertura ao público deste, de 16 para 22 de novembro.

A 27 de outubro o Tribuna Alentejo tentou confirmar com a empresa esta mudança de data mas não obteve então qualquer resposta, ficando agora confirmada nova data de inauguração.

O novo centro comercial começou por se chamar Évora Shopping, depois mudou para Évora Fórum e agora dá pelo nome de Évora Plaza.

PRODUÇÃO DE ARROZ NO ALENTEJO COM QUEBRAS DE 20 A 30%

Caso a seca se prolongue os produtores de arroz de Alcácer de Sal, Montemor-o-Novo, Grândola e Santiago do Cacém temem não poder vir a cultivar arroz em 2018.

As quebras de produção de arroz foram em 2016 de 10 a 15% e este ano variam já entre os 20 e os 30% e a quantidade de água armazenada nas barragens que abastecem as produções de arroz daquela região anunciam o pior, neste momento a cerca de 8% da sua capacidade.

PROTESTO DE MINEIROS EM CASTRO VERDE SOBE DE TOM

SINDICALISTAS TROCAM ACUSAÇÕES COM GNR

O Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Mineira (STIM), que promove uma paralisação nas minas da Somincor, em Castro Verde, até dia 11 de novembro, acusa a GNR de estar a defender a empresa em vez dos trabalhadores e avançou em comunicado que a GNR não é bem vinda junto aos piquetes de greve.

A GNR já rejeitou as acusações, esclarecendo que a sua missão é de salvaguardar os direitos tanto de quem quer fazer greve, como dos que querem trabalhar.

Páginas