Está aqui

Alentejo

Alentejo recupera receitas turísticas dos meses de verão pré-pandemia

O Alentejo foi a única região que, nos meses de verão, conseguiu superar os valores das receitas obtidas no mesmo período de 2019, antes da pandemia de covid-19, revelam os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE).

De acordo com o INE, citado pelo jornal Público, entre julho e setembro os alojamentos localizados no Alentejo (não são contabilizadas as unidades de alojamento local com menos de 10 camas) tiveram proveitos totais de 79,9 milhões de euros, 5% acima das receitas desses mesmos três meses em 2019.

Programa do Governo mudou 667 pessoas do litoral para o interior

A iniciativa “Emprego Interior MAIS”, em 15 meses, aprovou 371 candidaturas, que correspondem a 667 pessoas (incluindo candidatos e os membros do agregado familiar) e que representam quase 1,2 milhões de euros em apoios pagos.

Os dados são do Ministério do Trabalho, Solidariedade e da Segurança Social (MTSSS), que mostram que, em média, até ao final de outubro, com este programa houve 44 pessoas que deixaram o litoral para rumar ao interior do país. O apoio às famílias para proceder à mudança pode ir até 4 827 euros.

Unidade Móvel de Saúde volta a percorrer freguesias de Aljustrel

A Unidade Móvel de Saúde de Aljustrel, após um ano estacionada devido à pandemia de covid-19, está de regresso à estrada desde o início deste mês, avança o jornal Sul Informação.

A ação, promovida pela Câmara Municipal de Aljustrel, pretende “promover uma maior proximidade” com a população, nomeadamente junto dos mais idosos.

Com este serviço, a autarquia explica que são assegurados “serviços essenciais”, ao mesmo tempo que “encurta distâncias, uma vez que, esta iniciativa vai ao encontro das pessoas, sem que se tenham de deslocar”.

Sines recebe Festival Batuta dedicado à música clássica

A cidade de Sines vai acolher, de 24 a 26 de novembro de 2021, a segunda edição do Festival Batuta, dedicado à música clássica, no âmbito das Comemorações dos 659 anos do município.

Em comunicado, a autarquia refere que o programa de concertos se inicia no dia 24, Dia do Município, no Centro de Artes de Sines, às 18:00, com a apresentação da obra “As Quatro Estações”, de Antonio Vivaldi, pelo violinista João Pedro Cunha, acompanhado por um quinteto de cordas formado por solistas internacionais.

Minas de Aparis em Barrancos voltam a ser alvo de prospeção após 46 anos

As minas de Aparis, em Barrancos, que fecharam em 1975, voltarão a ser alvo de prospeção pela portuguesa Indice Crucial, que garantiu uma licença para a prospeção e pesquisa na área durante cinco anos.

De acordo com o Observador, esta licença tem ainda possibilidade de prorrogação, para provar se existe potencial remanescente na mina, que chegou a ter todo um bairro para os mineiros e uma escola, onde terão morado cerca de 500 pessoas.

Alentejo é uma das regiões com mais idosos sozinhos ou isolados

A GNR sinalizou, em outubro deste ano, 44 484 idosos que vivem sozinhos ou isolados, ou em situação de vulnerabilidade, no âmbito da Operação Censos 2021, anunciou a força de segurança.

Em comunicado, citado pela Lusa, a GNR diz que na edição de 2021 da “Operação Censos Sénior”, levada a cabo em todo o território nacional, realizou “172 ações em sala e 3 431 ações porta a porta, abrangendo um total de 19 812 idosos”.

Alentejo cria rota com azulejos do mestre Jorge Colaço

O pintor e ceramista Jorge Rey Colaço tem agora a sua obra homenageada com a criação de roteiro sobre os seus painéis de azulejo na região e com a exposição de obras suas em Évora e Vila Viçosa com “Jorge Colaço e a Azulejaria Figurativa do seu Tempo”.

Odemira assinala centenário de José Saramago

Para assinalar o centenário do Nobel português da Literatura, José Saramago, a Câmara Municipal de Odemira criou a iniciativa “Lendo SARAMAGO”.

Dia 16 de novembro, pelas 18 horas, no Espaço CRIAR, em Odemira, promovida pela Biblioteca Municipal José Saramago e que integra as Comemorações do Centenário do Nascimento do escritor, será dinamizada uma apresentação da obra de José Saramago através da leitura de excertos de diferentes livros do autor, pela atriz Sónia Barradas e pelo grupo Bocados Brutais.

Olivença: o património da raia em debate

No convento de S. João de Deus de Olivença, a 16 e 17 de novembro, decorrerá o seminário “Património cultural imaterial da Raia Alentejo e Extremadura”.

A organização pertence à Cátedra Unesco da Universidade de Évora e ao município de Olivença e o objetivo é ajudar a compreender a riqueza do território de ambos os lados da fronteira e irão debater-se aspetos do património comum, quer seja religioso, cultural, gastronómico o linguístico.

Estas jornadas pretendem ser um polo para o intercâmbio de experiências, em especial sobre o património imaterial da língua.

Universidade de Évora debate migrações e parcerias internacionais

A Universidade de Évora recebe, no dia 15 de novembro, pelas 15h, uma conferência que tem em mente o Futuro da Europa.

No Auditório da Universidade de Évora e subordinada ao tema “Migrações e Parcerias Internacionais”, a iniciativa é promovida pela Assembleia da República.

Páginas