Está aqui

Alentejo

EMPRESÁRIOS DO ALTO ALENTEJO EXIGEM A LINHA SINES-CAIA

É necessário o avanço urgente da linha ferroviária entre Sines e Caia. É esta a posição dos empresários norte-alentejanos representados nas associações empresariais de Portalegre e de Elvas e que se insurgem contra a falta de informação sobre a evolução deste importante investimento.

A conclusão surge na sequência de um debate organizado pelas associações empresariais numa sessão pública onde se debateu precisamente o tema das "Ligações ferroviárias e plataformas logísticas Portugal - Espanha".

ALJUSTREL: CIDADÃOS E AUTARQUIA OFERECEM AMBULÂNCIA AOS BOMBEIROS

Uma união de vontades entre o município de Aljustrel e um grupo de cidadãos conseguiu doar uma ambulância de socorro nova à AHBA - Associação Humanitária de Bombeiros de Aljustrel.

O custo deste novo veículo rondou os 60 mil euros – a autarquia comparticipou 50 mil euros e o restante foi angariado por um grupo de cidadão que se intitulou “Grupo de Voluntários do Monte da Minhota".

VIANA DO ALENTEJO COMBATE A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Autarquia e entidades publicas e privadas juntaram-se me Viana do Alentejo para dizer basta à violência doméstica e assinaram um protocolo que visa melhorar a resposta a esta problemática social.

FILME DO TURISMO DO ALENTEJO VENCE PRÉMIO INTERNACIONAL

O filme promocional “Switch Off And Come Visit Alentejo And Ribatejo” – um filme promocional do turismo no Alentejo e Ribatejo – foi distinguido pelo júri internacional do 10º ART&TUR - Festival Internacional de Cinema de Turismo, num evento decorrido ontem, 3 de novembro, em Vila Nova de Gaia.

Neste evento, o filme que evidencia o Alentejo como como um destino para relaxar, de natureza, e como sendo o cenário perfeito para se desligar da rotina, venceu o 1º prémio na categoria Turismo de Aventura e o 2º prémio na categoria Região de Destinos Turísticos.

EDP COMBATE PRECONCEITOS NO ALENTEJO

A 10 de novembro a Escola Secundária Mouzinho da Silveira, em Portalegre, recebe o roadshow Escolas Solidárias Fundação EDP, que visa desafiar a comunidade escolar a refletir sobre o tema ‘Derrubar barreiras: como podes combater preconceitos’.

ÉVORA EAGLES ESTREIAM-SE NA LIGA NACIONAL DE FUTEBOL AMERICANO

A equipa eborense Évora Eagles, antigos Évora Longhorns, vai entrar, pela primeira vez, na Liga Nacional de Futebol Americano.

A equipa assinou recentemente um acordo com o Juventude de Évora, tornando-se assim na mais recente secção desportiva daquele clube desportivo e é precisamente no Estádio Sanches Miranda que decorre o seu primeiro jogo, no próximo dia 12 de novembro, com os Lisboa Devils.

Eis o calendário dos Évora Eagles na Liga Nacional de Futebol Americano 2017/2018:

ALTO ALENTEJO RECEBE PROVA INTERNACIONAL DE BALÕES DE AR QUENTE

Entre 6 e 12 de novembro Alter do Chão, Fronteira, Monforte e Ponte de Sor recebem o Festival Internacional de Balões de Ar Quente, que conta na sua 21.ª edição com 34 equipas de Portugal, Espanha, França, Holanda, Bélgica, Inglaterra e Luxemburgo.

ÉVORA: LABORATÓRIO HERCULES VENCE PRÉMIO SANTANDER

Os investigadores do Laboratório HERCULES, em Évora, venceram o Prémio Santander de Internacionalização da Produção Científica da Universidade de Évora de 2017. 

AGRICULTORES DE ÉVORA DOAM 68 TONELADAS DE PALHA A CRIADORES AFETADOS PELOS INCÊNDIOS

O exército entregou ontem  à Associação Nacional de Criadores de Ovinos da Serra da Estrela (ANCOSE) 68 toneladas de palha doadas pelos agricultores de Évora, com destino ao gado dos criadores afetados pelos incêndios de 15 de outubro no centro do País e que provocaram 45 mortos e 70 feridos.

A iniciativa partiu dos agricultores eborenses, à imagem do que está a acontecer um pouco por todo o Alentejo e o transporte do alimento para animais está a ser feito pelo Exército Português.

ESTREMOZ COM 8 MILHÕES DE INVESTIMENTO EM NOVAS CENTRAIS SOLARES

Após um investimento privado de 4 milhões de euros, já estão a operar as 3 centrais solares fotovoltaicas instaladas em Estremoz, cuja produção de energia tem capacidade para abastecer cerca de 3 mil habitações e que têm a particularidade de não terem tarifas subsidiadas, o que fica mais barato na fatura ao consumidor.

O consórcio de empresas privadas adiantou ontem ao Diário de Notícias que prevêm construir mais duas novas centrais solares fotovoltaicas em Estremoz, num investimento estimado em 8 milhões de euros.

 

Páginas