Está aqui

Litoral Alentejano

Santiago do Cacém leva biblioteca ao Parque do Rio da Figueira

O programa dá pelo nome de “Biblioteca no Parque” e está a decorrer de 3 de julho a 23 de agosto, no Parque Urbano do Rio da Figueira, em Santiago do Cacém.

O projeto, promovido pela Câmara Municipal de Santiago do Cacém, consiste na disponibilização de serviços da Biblioteca, tais como leitura presencial de jornais e revista, empréstimo de livros e realização de ateliês e jogos lúdicos.

A Biblioteca no Parque estará de portas aberta de quarta a sexta-feira, entre as 14h00 e as 18h00, no Parque Urbano Rio da Figueira, em Santiago do Cacém.

 

Lagoas de Santo André e de Melides são hoje abertas ao mar

Todos os anos, sempre próximo do equinócio da primavera, dá-se um momento extraordinário na Lagoa de Santo André e Lagoa de Melides, no Litoral Alentejano.

Utentes e Sindicato voltam aos protestos no Hospital do Litoral Alentejano

A falta de profissionais de saúde na Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA) está a mobilizar as Comissões de Utentes do Litoral Alentejano e o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses para um novo protesto.

SANTIAGO DO CACÉM QUER RETIRAR TRÂNSITO DE PESADOS DA CIDADE

A reivindicação tem uma década mas continua sem respostas. Falamos do problema do trânsito de pesados dentro da cidade de Santiago do Cacém e que voltou à agenda da autarquia com Álvaro Beijinha, presidente daquele município do litoral alentejano, a exigir no início do mês às Infraestruturas de Portugal (IP), a construção de uma circular a Santiago do Cacém que afaste o trânsito de pesados da cidade, prevista no Plano de Urbanização da Cidade, desde 1998.

ALENTEJO NA LISTA MUNDIAL DOS 100 DESTINOS DE SONHO

Não importa em quantos países já esteve porque há sempre um novo lugar para descobrir. E a escolha é tão grande entre culturas, paisagens e países, que se torna impossível escolher quais os melhores destinos de sonho.

SECA ESTÁ A MATAR SOBREIROS NO LITORAL ALENTEJANO

Segundo o presidente da Associação de Produtores Florestais de Vale do Sado, no Diário da Região, as "temperaturas actuais não são normais e as árvores morrem de um momento para o outro”. O fenómeno está a afetar Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém, Sines e Odemira e preocupa os produtores florestais, que já prevêm, para além das perdas dos sobreiros na ordem dos 5% a 10%, perdas de qualidade e de quantidade da cortiça tirada na próxima campanha.

CRISE NO HOSPITAL DO LITORAL ALENTEJANO AGUDIZA-SE

Risco de funcionamento do serviço de paliativos e encerramento do serviço de convalescença do Hospital do Litoral Alentejano levaram esta semana primeiro o Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, e agora a totalidade dos autarcas do Litoral Alentejano, a pedir "com caráter de urgência", uma reunião com o Ministério da Saúde.

CRISE NO HOSPITAL DO LITORAL ALENTEJANO GERA TENSÃO COM MINISTÉRIO DA SAÚDE

O Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, solicitou ontem, com caráter de urgência, uma reunião ao Secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, por alegada existência de "graves problemas na Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA), em particular no Hospital do Litoral Alentejano".

PORTO DE SINES COM ROTA COMERCIAL DIRETA AOS PORTOS CHINESES

Resultado de um acordo político e comercial fechado entre os governos português e chinês, o Porto de Sines e os portos chineses vão ter processos aduaneiros agilizados, com medidas fiscais vantajosas, que vão facilitar e promover as trocas comerciais internacionais das empresas portuguesas.
 

O POLVO É REI NA ZAMBUJEIRA DO MAR E TEM UM FESTIVAL DEDICADO

Arroz de polvo, escabeche de polvo, polvo à lagareiro, feijoada de polvo, salada de polvo, enfim, a gastronomia do polvo dá-se a conhecer num festival gastronómico que conta já com 4 edições e prepara-se para repetir o sucesso dos anos transatos. Falamos do Festival do Polvo, que entre 22 e 24 de setembro, anima os restaurantes locais na Zambujeira do Mar, em Odemira, na Costa Alentejana.

Páginas