Está aqui

Alentejo

Centro Interpretativo do Queijo nasce no Novo Mercado de Serpa

Reabrirá a 29 de maio o renovado Mercado Municipal de Serpa. 

Após amplas obras de requalificação que deram ao espaço um conceito mais amplo e moderno e onde se pretende integrar os mercados de proximidade do concelho numa rede municipal que seja também uma atratividade turística.

Neste sentido, dentro do mercado, nasceu também o Centro Interpretativo do Queijo, um dos produtos de excelência mais reconhecido do concelho, e que mostrará todos os passos que levam esta iguaria à mesa dos admiradores.

Hoje é Dia da Europa

Hoje é Dia da Europa, um dia que que assinala a paz e a unidade do continente europeu.

Este dia é celebrado a 9 de maio, a data que assinala o aniversário da histórica «Declaração Schuman» e que terá sido o ponto de partida para uma Europa unida.

Delta é a empresa nacional mais atrativa para trabalhar

Um estudo Randstad Employer Brand Research identificou as 20 empresas mais atrativas para trabalhar em Portugal e a alentejana Delta lidera a lista.

Arronches em homenagem ao bacalhau

De 21 a 30 de maio, uma dezena de restaurantes do concelho de Arronches vai participar na iniciativa da autarquia a “Quinzena gastronómica do bacalhau”.

Esta segunda edição visa, além da habitual promoção da cozinha e produtos locais, servir de impulso à restauração do concelho após largas semanas encerrados.

 

Imagem de tmecosys. com

Economia circular - Viana do Alentejo e Portel  integram candidatura conjunta  

Os municípios alentejanos de Viana do Alentejo e Portel integram a Iniciativa Nacional Cidades Circulares, numa parceria com os municípios de Boticas, Lousada, Oliveira do Bairro, Tavira e Vila Nova de Poiares.

A candidatura “CIRCULARIS – Economia Circular nas Relações Urbano Rurais” tem por objetivo a identificação de pequenos proprietários, a utilização de meios tecnológicos e digitais para monitorização do uso dos solos, a densidade populacional baixa e envelhecida e o aumento da quantidade de recicláveis recolhidos.

Modernização da Linha Férrea Casa Branca-Beja já publicada em DR

Esta semana, foi publicado em Diário da República, o Concurso para o Projeto da Modernização e Eletrificação da linha férrea, no troço Casa Branca/Beja.

Num investimento de cerca de 3 milhões de euros, esta empreitada terá um prazo de execução de 967 dias e que contempla também a ligação ferroviária ao Aeroporto de Beja.

 

Imagem de Jorge Lopes em geocaching. com

Porto de Sines foi o segundo porto que mais cresceu na Europa em 2020

O porto alentejano de Sines foi o segundo porto europeu que mais cresceu no mercado europeu de contentores em 2020 e foi mesmo o único da Península Ibérica a registar um crescimento no segmento dos contentores.

Segundo o Jornal Económico, um comunicado da  APS – Administração dos Portos de Sines e do Algarve, revela ainda que o porto de Sines mantém a quarta posição no segmento dos contentores ao nível da Península Ibérica.

Odemira: restabelecida circulação para trabalhadores agrícolas

Foram estabelecidas pelo Governo condições excecionais para permitir a circulação de trabalhadores nas freguesias de São Teotónio e Longueira-Almograve, no concelho de Odemira, onde ainda está em vigor uma cerca sanitária para contenção da transmissão da infeção por SARS-CoV-2.

Adega José de Sousa celebra Dia da Família com programa especial

A Adega José de Sousa, em Reguengos de Monsaraz, lançou um programa especial de enoturismo para as famílias, disponível durante todo o mês, a propósito do Dia Internacional da Família, celebrado a 15 de maio.

De acordo com o portal Evasões, o programa contempla uma visita guiada às adegas, uma caça ao tesouro para as crianças com oferta de uma surpresa no final, e uma prova de dois vinhos para os adultos e dois sumos para as crianças, acompanhada por produtos regionais.

Reguengos de Monsaraz dá início à Carta Arqueológica do concelho

A Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz anunciou que deu início à elaboração da Carta Arqueológica do concelho, um trabalho que vai reunir a múltipla informação dada a conhecer por muitos dos investigadores que cruzaram o território concelhio.

Este trabalho, coordenado pelos arqueólogos Rui Mataloto, André Pereira e Manuel Calado, será posteriormente aplicado “aos instrumentos locais de gestão do património, nomeadamente o Plano de Diretor Municipal, mas também para uma edição que permita a todos uma visão global sobre o património”, refere a autarquia.

Páginas