Está aqui

Artigos publicados

1.º de Dezembro - o dia de Portugal

À aurora do mês de Dezembro, época especialmente festiva pelos motivos religiosos que ainda tanto dizem aos portugueses pela sua crença e devoção, haveria outro motivo que também muito nos diz respeito e motivaria uma iluminação patriótica. O Iº de Dezembro que deixou de ser feriado nacional no consulado do 1º- ministro Passos Coelho [Lei nº 23/2012, de 25 de Junho de 2012] é um evento histórico que marca indelevelmente o trajecto de um território como estado independente desde 1640.

Portugal, a CPLP e outros apêndices diplomáticos

A actualidade política forçosamente impele-me a dar uma maior abrangência territorial e geográfica ao que aqui venho escrevendo. Neste registo, falar da actualidade diplomática nacional na sua correlação com os congéneres lusófonos, torna-se incontornável falar da recente polémica diplomática com o recente estado Timor-Leste.

A Europa e a fábula dos três porquinhos

Há uma fábula que fala de três porquinhos, que se deitam à luta para preparar a chegada do lobo mau.

Uns menos preparados e outro, Prático, mais desenvolto para se prevenir das investidas do lobo.

Uma Europa anquilosada

Abro esta minha oportunidade junto do Tribuna do Alentejo, a quem desde já agradeço pelo voto de confiança, na esperança de a merecer integralmente, com uma temática que me parece estar na berlinda do mundo contemporâneo, a Europa e o seu posicionamento geo-político no dealbar do século XXI.

Sensivelmente de há uma década para cá que a Europa vive momentos de alguma incerteza, misturados com elevadas doces de individualismo entre Estados e, aventemos também uma total ausência de geo-estratégia para o futuro.

Páginas