Está aqui

Transportes Públicos

Alentejo dispõe de mais de 228 mil euros em verbas para transportes públicos

As Áreas Metropolitanas (AM) e as Comunidades Intermunicipais (CIM) podem, a partir de hoje, quinta-feira, dispor de verbas do Fundo Ambiental, até 94 milhões de euros, para repor a oferta de transportes públicos, refere uma medida de um despacho publicado esta quarta-feira em Diário da República.

A região Lezíria do Tejo é uma das regiões que tem mais verbas disponíveis, com 261.491 euros. Seguem-se as regiões do Alentejo Central (72.034 euros), Baixo Alentejo (61.900 euros), Alentejo Litoral (48.163 euros) e Alto Alentejo (46.129 euros).

Portalegre reduz tarifas dos transportes públicos em 30%

A Câmara Municipal de Portalegre reduz, este ano, as tarifas dos transportes públicos em 30%, à semelhança do que já havia feito no ano passado, por via do PART - Programa de Apoio à Redução Tarifária nos Transportes Públicos, um programa governamental e que tem a participação dos municípios.
Esta medida, que é feita automaticamente, poderá ser utilizada pelos titulares dos passes “Geral Urbano”, “Geral Interurbano”, “Geral Combinado”, “Geral Linha Azul”, “Estudante Urbano, Interurbano e Combinado” e “Idoso B Urbano e Interurbano”.

Rede Expressos vai ter concorrência alemã a partir de dezembro

A liberalização do transporte rodoviário entre cidades portuguesas abre a porta à entrada da FlixBus, uma empresa alemã de transportes, que se prepara para entrar no mercado nacional a partir do próximo mês de dezembro.

Segundo o Dinheiro Vivo os mais de seis milhões de passageiros que todos os anos utilizam autocarros expresso em Portugal vão ter mais opções no final do ano: a partir de 4 de dezembro, o mercado doméstico será liberalizado e qualquer operador poderá fazer viagens entre cidades portuguesas.