Está aqui

Cultura

Ministras pelo Alentejo este fim-de-semana

Este fim-de-semana, a Ministra da Cultura, Graça Fonseca, vai estar de visita a Évora e Elvas.

Em Évora, no sábado, pelas 18h30, Graça Fonseca vai estar na inauguração da primeira exposição em Portugal da artista nova iorquina Deanna Sirlin, “Strata”, e que estará patente no Centro de Arte e Cultura da Fundação Eugénio de Almeida, em Évora.

No domingo, dia 7, Graça Fonseca, estará em Elvas, onde, pelas 10h45, visitará a obra do Museu de Arqueologia e Etnografia.

Mãe Galinha

Pedrês de seu nome, era uma franganita do campo. Nascida de um ovo, chocada com mais 8 irmãos, desde pintainha que cedo aprendeu a seguir a mãe, sentir-se protegida e aprender a lidar com as adversidades.

Ir parar ao tacho e transformar-se em cabidela era uma delas, embora não o soubesse.

Pedrês foi crescendo com os irmãos e com as irmãs e conheceu verões, invernos, primaveras, outonos. Houve períodos de mais abundância e períodos mais difíceis durante o seu crescimento.

Há um projeto que apoia os músicos alentejanos

O projeto “AminhaCasaÉUmaPauta” surge pela associação “Lendias d'Encantar” de Beja, o Musibéria e a Direção Regional de Cultura (DRCAlentejo).

Tem como objetivo apoiar os músicos do Alentejo e minimizar os efeitos da pandemia e que tem deixado muitos artistas sem rendimentos e grandes dificuldades económicas, dado o cancelamento de muitas das atividades programadas.

I. A toupeira

Começa, com este texto, mais um ciclo nesta minha coluna semanal. Desta vez, tornei-me mais arrojado. Não que, de forma alguma, queira ou me possa comparar a Ésopo ou La Fontaine, mas tentarei criar alguns textos e alguns mundos em que as personagens e, principalmente, os protagonistas são animais. Nas próximas semanas, dificilmente, o caro leitor e a cara leitora se cruzarão com seres humanos e, se isso porventura acontecer, terá sido pura coincidência.

Pedro Mestre e Chico Lobo tocam juntos este sábado

Um no Alentejo, outro do outro lado do Atlântico, no Brasil; Pedro Mestre, o senhor campaniça, e Chico Lobo, músico brasileiro mestre na viola caipira, dão este sábado um concerto em direto no instagram de Chico Lobo em https://www.instagram.com/violeirochicolobo/, perto das 21h portuguesas.

Tempo novo

Este é um tempo novo. Um tempo que se Renova. Não é o tempo em que me sinta mais criador, nem o tempo em que a minha imaginação pulse. Sinto-me como que um inútil que passa o dia a fazer coisas que, no final, passam a ter alguma utilidade.

Este é um tempo novo que não queria conhecer. Desde o dia primeiro que sigo as notícias. Vejo diariamente as coisas que me contam os amigos, os seus pensamentos, as suas divagações, a beleza das suas criações.

Talvez mais separados que nunca, reencontrá-lo-nos na fibra ótica, nos bits e nos bytes, nos desabafos e nos sorrisos virtuais.

O Tribuna Alentejo errou

Faleceu o embaixador José Cutileiro, irmão de João Cutileiro, artista plástico e nome máximo da escultura portuguesa.

Errada e lamentavelmente, o Tribuna Alentejo cometeu um equívoco e trocou os nomes dos dois irmãos, facto pelo qual pedimos as mais sinceras e honestas desculpas aos leitores, mas sobretudo à família, a quem prestamos também as nossas condolências.

José Cutileiro, nasceu em Évora, em 1934, e era filho de pai médico e família republicana e oposicionista à ditadura e de mãe católica conservadora e apoiante do regime de Salazar.

O homem do metro

Afinal, o que é e quem é o homem do metro? O homem é um substantivo masculino, alguém do sexo masculino, que é qualificado como alguém que anda e que é associado ao metro. O homem do metro não era ninguém relevante. Nunca o foi na sua vida para qualquer história. Tornar-se-ia na nossa história e por isso... conhecido de vós num pequeno pormenor na crónica de janeiro, o homem do metro cruza-se com uma mulher... e cruzam-se muito mais do que socialmente.

A mulher, não sabíamos ainda quem era. Só a conheceríamos no mês seguinte.

Reabre o Centro de Arte e Cultura da FEA em Évora

Já passaram dois meses do encerramento do Centro de Arte e Cultura da Fundação Eugénio de Almeida (FEA), mas segunda, 18 de maio, o centro vai reabrir.

O funcionamento vai cumprir todos os procedimentos necessários de higiene, segurança e distanciamento social, nomeadamente a obrigatoriedade de utilização de máscara a todos os presentes, bem como a desinfeção, higienização e ventilação regular do espaço, conforme indicado pela Direção Geral da Saúde.

Em Elvas, há biblioteca, filmes e música… à distância

Na próxima semana, a autarquia de Elvas vai levar a todos quatro serões mais animados com o “Festival Elvas em Casa”.

Com a atuação de bandas e artistas locais, o festival vai ser transmitido no Instagram da autarquia, de quarta-feira a sábado.

A abrir o festival estará a banda de covers Soversion. Na quinta, é a vez de Don Kapa e Double Mars. Seguem-se Rumo ao Sul e Chocko na sexta e o encerramento, no sábado, está a cargo de Origins e XP Covers.

Páginas