Está aqui

UNESCO

Campo Maior: Festas do Povo podem ser Património Mundial já em dezembro

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) aceitou a candidatura das Festas do Povo de Campo Maior a Património Cultural Imaterial, que será analisada no decorrer da 16.ª sessão do Comité do Património Mundial, a realizar entre 13 e 18 de dezembro, em Colombo, Sri Lanka.

Vinho de Talha candidato a Património Cultural Imaterial da UNESCO

A Câmara Municipal de Vidigueira, que se encontra a liderar a candidatura da Produção Tradicional de Vinho de Talha a Património Cultural Imaterial da Humanidade (UNESCO), fez a apresentação do dossiê relativo à candidatura e do projeto Rota do Vinho da Talha às entidades parceiras, numa altura em que a inscrição no Inventário Nacional do Património Imaterial já está concretizada.

Estremoz inaugura novo Centro Interpretativo do Boneco de Estremoz

O Centro Interpretativo do Boneco de Estremoz vai ser inaugurado no próximo dia 9 de agosto, pelas 11:00, no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, naquela cidade alentejana.

Em comunicado, a Câmara Municipal de Estremoz refere que a sessão contempla o descerramento da placa evocativa do momento, além de um momento musical com Rui Moura e uma visita guiada ao espaço pelo responsável técnico do projeto, Hugo Guerreiro.

Tapete de Arraiolos como Património Imaterial entra em consulta pública

O processo de inscrição da confeção do tradicional Tapete de Arraiolos no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial está desde a passada terça-feira, dia 8 de junho, em consulta pública, segundo um anúncio publicado em Diário da República (DR). 

De acordo com a agência Lusa, que cita a comunicação da Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), o processo de consulta pública que agora se iniciar vai decorrer durante 30 dias e a decisão será tomada no prazo de 120 dias após a conclusão do período da consulta pública.

Elvas: Aqueduto da Amoreira será recuperado e requalificado

 A recuperação e requalificação do Aqueduto da Amoreira, um dos ex-libris de Elvas, representará um investimento de 1,9 milhões de euros.

O auto de consignação desta empreitada foi assinado, esta semana, prevê-se um prazo de execução de 18 meses.

Universidade de Évora integra Cátedra da UNESCO

A Universidade de Évora integra Cátedra EDUWELL da UNESCO “Educação e Ciência para o Desenvolvimento e Bem-Estar Humano”.

Esta cátedra surgiu da parceria entre diversas Instituições de Ensino Superior (IES) portuguesas, em associação com instituições de Angola, Brasil, Cabo Verde Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste e o objetivo é o de fazer face às desigualdades tecnológicas, de educação e de conhecimento científico, um dos grandes desafios do século XX.

Há cinco anos os chocalhos alentejanos eram declarados património da humanidade raro

Há precisamente 5 anos, a 1 de dezembro de 2015, a UNESCO declarava o  fabrico de chocalhos como Património Cultural Imaterial com Necessidade de Salvaguarda Urgente.

A candidatura foi coordenada pelo antropólogo Paulo Lima, que contou com a colaboração de uma equipa da qual faziam parte, entre outros, a historiadora Ana Pagará, o fotografo Augusto Brázio e o realizador David Mira, e liderada pela Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo em colaboração com a Câmara Municipal de Viana do Alentejo e a Junta de Freguesia de Alcáçovas.

Cante celebra 6 anos como Património da Humanidade em Castro Verde

Na próxima sexta-feira, 27 de novembro, Castro Verde comemora o VI Aniversário da Classificação do Cante Alentejano como Património Cultural Imaterial da Humanidade, data simbólica para o Alentejo que veio elevar este bem identitário e contribuir para a sua divulgação a uma escala internacional.

Évora Património Mundial faz hoje 34 anos

Hoje, 25 de novembro, quarta-feira, celebra-se o 34.º aniversário da classificação do Centro Histórico de Évora como Património Mundial pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura).

A efeméride é assinalada pela Câmara Municipal de Évora através de cinco emissões especiais do “Matéria – Magazine Cultural”, com transmissão em direto nas redes sociais e nas rádios Diana FM e Telefonia do Alentejo.

Chocalhos, o saber e outros patrimónios são destaque em Alcáçovas

Foi no Paço dos Henriques, em Alcáçovas, que decorreu a primeira visita temática no âmbito da iniciativa “Alentejo, PATRIMÓNIOS”, promovida pela Direção Regional de Cultura do Alentejo (DRCAlen) em parceria com diversos municípios, entre eles, o de Viana do Alentejo..

A decorrer até final do ano, esta iniciativa pretende mostrar o saber-fazer tradicional e, nesta visita ao concelho de Viana do Alentejo, em pano de fundo esteve a inevitável arte chocalheira, Património Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco, desde 2015.

Páginas