Está aqui

UNESCO

Crianças alentejanas aprendem a fazer Bonecos de Estremoz

Fez na passada sexta um ano desde que a “Produção de Figurado em Barro de Estremoz” foi considerada Património Imaterial da Humanidade pela UNESCO.

Uma das medidas encontradas para salvaguardar a tradição desta arte - com cerca de 300 anos - foi a ensinar esta arte nas escolas do concelho de Estremoz, como atividade extracurricular. A iniciativa é de tal modo levada a sério que estas peças, produzidas pelos alunos, tiveram – e terão - direito a etiquetas de certificação, tendo as primeiras peças sido certificadas em jeito de celebração do primeiro ano como Património Mundial.

Évora é Património Mundial há 32 anos

Évora comemora no próximo domingo, 25 de novembro, o 32.º aniversário sobre a inscrição do seu centro histórico na lista das cidades classificadas como Património Mundial pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). 

A cada quatro dias, um jornalista é morto em algum lugar do mundo

Hoje é o Dia Internacional pelo Fim da Impunidade dos Crimes contra Jornalistas, uma iniciativa lançada pela ONU, para denunciar os inúmeros casos de violação dos direitos humanos dos profissionais dos meios de comunicação social espalhados pelo mundo, secundado por um apelo feito aos governos para tomarem medidas que impeçam e castiguem essas violações.
 

Alentejo quer Montado como Património da UNESCO

A proposta parte da Entidade Regional do Turismo do Alentejo e Ribatejo (ERTAR) que está a preparar uma candidatura do Montado a Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO.

Neste sentido, já decorreu uma reunião de trabalho preparatória, em Ourique, e quer o edil local, Marcelo Guerreiro, quer a ERTAR, veem o montado como parte da identidade alentejana, tal como o Cante e os Chocalhos, sendo esta mais uma oportunidade de valorizar o mundo rural.

 

Imagem de corktrekking.com

 

 

 

Chocalhos de Alcáçovas e Bonecos de Estremoz em meio milhão de selos

A nova emissão filatélica dos CTT homenageia o fabrico de chocalhos de Alcáçovas e o Figurado em Barro de Estremoz, ambos património da humanidade, classificados pela UNESCO.

Ao todo vão ser lançados nesta nova emissão cerca de meio milhão de selos, da autoria do Atelier Pendão e Prior – Fernando Pendão, com o valor de 0,86 euros, porte para o correio europeu e que vão percorrer o mundo.

A grande, vaidosa e ímpar cidade de Elvas

A Foge comigo! apresentou oficialmente no passado dia 19 de Julho, no salão nobre dos Paços do Concelho, em Elvas, o guia Elvas - A chave do Reino, a décima publicação da sua colecção de guias de destinos turísticos.

Elvas “Cidade-Quartel Fronteiriça” inventariada

Há seis anos, Elvas via ser o seu inscrito na Lista do Património Mundial da Unesco pelas suas características de Cidade Fronteiriça e com guarnições fortificações.

Agora o Sistema de Informação para o Património Arquitetónico da Direção-Geral do Património Cultural disponibiliza dois novos inventários completo de mais dois monumentos on-line e que se juntam aos anteriormente disponibilizados, nuum total de 25 registos, ilustrados com 2437 imagens fotográficas.

 

Castro Verde foi declarado como Reserva da Biosfera pela UNESCO há um ano

Faz hoje um ano que o concelho de Castro Verde, no Baixo Alentejo, foi classificado como reserva da Biosfera pela UNESCO.

Com esta classificação o concelho de Castro Verde tornou-se a 11.ª Reserva da Biosfera Mundial e a primeira a sul do rio Tejo, em Portugal, a ser inscrita na Rede Mundial de Reservas da Biosfera da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

Tirador e Tiragem da Cortiça com candidatura a património mundial da UNESCO

A Feira Internacional da Cortiça em Coruche, a FICOR, arranca hoje e decorre até 27 de maio, com dois acontecimentos que vão ditando o passo dianteiro de Coruche em relação ao Montado de Sobro e à industria da Cortiça: a apresentação oficial da marca “Montado de Sobro e Cortiça” que tem como principal missão "alavancar todo o território de montado de sobro, tornando-o melhor para viver, mais atrativo e competitivo para investir e diferenciador dos restantes produtos turísticos, na perspetiva do visitante" e a apresentação da candidatura a património cultural imaterial do “tirador e a tirage

Bonecos de Estremoz ganham centro interpretativo em 2019

Os bonecos de Estremoz ou figurado em Barro de Estremoz, declarados património da humanidade pela UNESCO, vão ter um centro interpretativo durante o próximo ano, segundo o município. Este centro vai ser instalado no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, em Estremoz.

 

Páginas