Está aqui

Pedro do Carmo

Deputado alentejano integra União Interparlamentar

O deputado alentejano Pedro do Carmo (à esquerda na foto) foi eleito representante de Portugal na União Interparlamentar.

Eleito pelo círculo de Beja, o deputado do PS é agora um dos oito representantes de Portugal na Assembleia da União interparlamentar, com sede na Suíça, e atualmente presidida pelo deputado português Duarte Pacheco.

A União Interparlamentar (UIP) é a organização internacional dos Parlamentos do Estados soberanos e partilha os objetivos da Organização das Nações Unidas e apoia os seus esforços, trabalhando em estreita colaboração.

Deputados do PS querem proteger o Barranquenho

O Partido Socialista quer que o Barranquenho seja protegido e valorizado como "expressão da diversidade cultural de Portugal, marca da identidade de uma comunidade", defendem os deputados eleitos pelo PS do Baixo Alentejo.

Abertura imediata das novas instalações da GNR em Barrancos e Serpa

O contexto pandémico influenciou muitas das dinâmicas que faziam parte dos nossos quotidianos e de momentos importantes das vivências das populações e dos territórios. Apesar da pandemia, existirem pilares do cumprimento das funções do Estado que devem ter as melhores condições possíveis para o desempenho de funções por quem de direito.

Deputados alentejanos questionam Governo sobre a falta de médicos no Baixo Alentejo

Os deputados socialistas Pedro do Carmo e Telma Guerreiro, eleitos por Beja, questionaram o governo sobre que medidas pretende o governo adotar para combater o problema da falta de médicos especialistas em Saúde pública na Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo.

O PCP, os truques do costume e o que importa: o Hospital de Beja

É falso que os deputados do PS de Beja tenham votado contra uma proposta do PCP sobre o Hospital de Beja, pela simples razão de que as votações das propostas na especialidade são votadas na Comissão de Finanças em que nem os deputados todos participam.

É falso que o PCP tivesse genuíno interesse em que a proposta fosse aprovada, primeiro porque ela não tinha cabimento do Orçamento de Estado para 2021, logo ficaria no papel, e porque não a colocou em cima da mesa nas negociações com o PS como requisito fundamental para abstenção na votação final global.

Defender o Porco Alentejano dos impactos da pandemia

A pandemia está a provocar relevantes impactos negativos no escoamento da produção da fileira do Porco Alentejano, em especial, nas vendas para o mercado espanhol tradicionalmente comprometido com a aquisição dos produtos de excelência da produção regional em regime de montanheira.

Manter o foco nas pessoas e no combate à pandemia

Manter o foco nas pessoas e no combate à pandemia, sempre do lado da construção de soluções.

Com o contributo de muitos, o Baixo Alentejo tem apresentado uma baixa incidência de contágio e de mortalidade, no atual quadro pandémico, sendo importante que o esforço individual de proteção e de reajustamento dos comportamentos e a mobilização de vontades para a ação continue.

Covid-19: Somar vontades e ações para as soluções

O Baixo Alentejo, Portugal e o Mundo estão a enfrentar o maior desafio de saúde pública de gerações.

Em tempo de emergência, o que menos importa é ter quem subtraia, quando há uma mobilização geral para conter a pandemia e construir soluções de saúde para responder à exigência do vírus.

Ligação da barragem do Roxo à do Monte da Rocha vai ser realidade

Em comunicado enviado à nossa redação, o deputado Pedro do Carmo, eleito pelo círculo eleitoral de Beja, refere que “Hoje ninguém consegue imaginar o Alentejo, sem o impulso estruturante e positivo do Alqueva, concretizado após anos de impasses que geraram o grito de revolta “Construam-me Porra”.

Porco Alentejano esteve quase extinto e foi salvo por Ourique

Há quem lhe chame porco preto mas em Ourique corrige-se imediatamente. É porco alentejano e foi salvo da extinção precisamente em Ourique. O risco de extinção foi real e a preocupação que gerou no concelho de Ourique levou os decisores locais a salvaguardar a cultura do porco alentejano. Como? Fazendo de Ourique a "capital" do porco alentejano e desenvolvendo toda a fileira em torno deste animal único.

A estratégia foi lançada por Pedro do Carmo, então presidente da Câmara de Ourique (2005-2015) e hoje deputado na Assembleia da República.

Páginas