Está aqui

Olival Intensivo

Alqueva precisa de 250 mil toneladas de fertilizantes naturais para salvar solos

A destruição do solo no Alentejo é galopante e só o adubo orgânico a pode parar, afirma Carlos Dias, numa peça que assina hoje no Público, onde defende que os solos agrícolas no Alentejo estão cada vez mais pobres por causa da atividade agrícola e se não receberem rapidamente fertilizantes orgânicos os fenómenos erosivos vão acelerar com as práticas do regadio.

Bandeiras negras voltam ao Alentejo mas desta vez não é por causa da fome

O Partido Ecologista os Verdes (PEV) lançam esta semana uma campanha de bandeiras negras pelos três distritos alentejanos mas desta vez o mote não tem que ver com a fome, numa analogia às bandeiras pretas retratadas pelo poeta Luís Maria Veiga Leitão, militante do PCP e figura importante do movimento neo-realista na década de 50 do século passado, mas antes como protesto contra a expansão do olival intensivo no Alentejo.

Serpa rejeita críticas de Capoulas Santos e exige conhecer impacto do olival intensivo

A cultura de azeite e as monoculturas intensivas e superintensivas do olival e amendoal regadas com água do Alqueva continua a gerar troca de palavras entre autarcas do Baixo Alentejo e o Ministério da Agricultura de Capoulas Santos.