Está aqui

Natureza

13 novos projetos turísticos no Alentejo

Vão nascer 13 novos projetos turísticos no Alentejo.

Se a estes projetos alentejanos juntarmos dois no ribatejo, o investimento global será de 2,3 milhões de euros, com recurso a apoios comunitários, ao abrigo do Programa Valorizar do Turismo de Portugal, anunciou a ERTAR - Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo.

Os contratos de financiamento serão assinados amanhã, pela secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, em três cerimónias públicas a realizar em três locais no Alentejo: na Câmara de Beja, na Enoteca de Redondo e na Adega da Ervideira.

Portugal Selvagem no Monte Selvagem

Com ilustração científica de João Simões, será inaugurada a 1 de maio, pelas 11.30h, a exposição “Portugal Selvagem”, no Monte Selvagem, em Lavre, concelho de Montemor-o-Novo.

A exposição consiste em 19 réplicas de ilustrações científicas de João Simões, a partir dos originais feitos em scratchboard preto/branco, com tinta-da-china e utilização de aerógrafo.

Para poderem ser exibidas ao ar livre no Monte Selvagem, os originais foram reproduzidos em impressão em vinil laminado mate e aí estarão expostas até fim de junho de 2018.

Crato: Waking Life quer desligar o mundo digital

Já há cartaz para a segunda edição do Festival Waking Life e que acontecerá no Crato, 15 a 19 de agosto, na floresta, com um lago ao lado – o festival procura a mistura com ambientes naturais e promoção de práticas sustentáveis - e com mais de uma centena de atuações de músicos e DJ, especialmente de música eletrónica, mas também de jazz e música africana.

BTT: Costa Vicentina com 1200kms de trilhos

Estão a ser criados mais 720 quilómetros de trilhos de BTT para fazer aumentar a “Rota Vicentina” para os 1200 quilómetros.

Esta rota terá duas temáticas: o Caminho Histórico e o Trilho dos Pescadores.

A grande maioria destes trilhos são no concelho de Odemira, que prepara cinco sessões públicas de modo a apresentar o projeto e a recolher contributos em Odemira (a 10 de abril), em S. Teotónio (12 de abril) em Santa Clara-a-Velha (13 de abril), em Colos (19 de abril) e em S. Luís (20 de abril).

800 mil visitantes no Fluviário de Mora

Já se contam 11 anos desde a sua inauguração; este fim se semana, o Fluviário de Mora deverá receber o visitante número 800 mil, uma ocasião única que a Câmara de Mora pretende assinalar.

O visitante 800 mil terá direito a um prémio surpresa e à oferta de um pack com dormida e refeições, além da visita ao Fluviário de Mora e ao Museu Interativo do Megalitismo.

MONTADO PODE SER ARMA NO COMBATE ÀS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS

O montado alentejano é único e é um ecossistema típico das regiões mediterrânicas e pode ser uma das armas contra as alterações climáticas.

Quem o defende é Pedro Azenha Rocha, o responsável no Alentejo pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) por o montado ser um ecossistema mais resiliente aos problemas causados pelas alterações climáticas.

COMBATE ÀS ESPÉCIES INVASORAS NO GUADIANA

Há um projeto no Alqueva que é caso de estudo e visa combater a proliferação de espécies invasoras no Alqueva.

Numa aliança entre a EDIA e o Instituto Politécnico de Beja (IPBeja), surge a segunda edição do "International Fieldwork" do curso "Aquatic Ecosystem Analysis".

Nesta iniciativa estão envolvidos 20 alunos de Engenharia do Ambiente da instituição de ensino alentejana e de universidades holandesas, lituanas, polacas, croatas e brasileiras.

3 ANOS DE LINCES À SOLTA

Já passaram 3 anos desde que foram libertados em Mértola, o primeiro casal de linces ibéricos.

Desde então, e até final do ano passado, já foram libertados 27 animais, sendo que 16 crias já nasceram no Vale do Guadiana.

Em 2018 serão libertados mais 6 animais , refere o Instituto, que anuncia que em 2018 serão libertados mais seis animais, sendo que um destes já foi libertado no final de janeiro.

12 GOLFINHOS MORTOS NA COSTA ALENTEJANA

Algo invulgar e sem registo semelhante: num curto espaço de duas semanas, foram uma dúzia os golfinhos encontrados mortos na costa alentejana, entre as praias de Melides e Comporta.

Num só dia, a 17 de janeiro foram recolhidos oito animais. Já no final do mês, mais quatro surgiram e dois estavam mesmo decapitados.

ALENTEJO COM NOVO ORDENAMENTO FLORESTAL

Será amanhã, 29 de janeiro, que a partir das 17 horas, no Auditório do Colégio do Espírito Santo, na Universidade de Évora, será apresentado o novo Programa de Ordenamento Florestal do Alentejo.

Com o secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas, a presidir a esta sessão pública de apresentação do “PROF – Alentejo, Programa Regional de Ordenamento Florestal do Alentejo”, numa iniciativa da responsabilidade do ICNF – Instituto de Conservação da Natureza e Florestas.

 

Imagem de hoteisdecampo.pt

Páginas