Está aqui

Natureza

Grândola vai medir densidade turística

Dada a crescente e súbita procura de construção de empreendimentos turísticos no concelho de Grândola, a autarquia decidiu que irá medir a densidade turística do concelho para ver se aceita novos projetos imobiliários.

As praias de Grândola chamaram a atenção dos famosos e um pouco de todo o mundo, oque fez com que a procura turística conhecesse um crescimento sem precedentes – hotéis, campos de golfe, casas privadas entre outros – sempre junto à costa, de Comporta a Melides, tendo agora a autarquia decidido que só aceitará novos empreendimento no interior do concelho.

Há um novo passadiço na Comporta

Há mais um passadiço para que possa disfrutar da natureza com a calma que a envolvência exige. Desta vez é na Comporta, aquele que será hoje uma das praias nacionais mais conhecidas.

Caminheiros de Évora assinalam aniversário com caminhada

Na terça, 12 de outubro, o Grupo Caminheiros de Évora comemora o 9.o Aniversário da sua constituição formal enquanto Clube de Praticantes de Pedestrianismo, uma celebração que se realizará no sábado seguinte, dia 17, com uma Caminhada e Festa.

Com a concentração marcada a partir das 09h00 no Rossio de S. Brás, em Évora, ponto de partida e de chegada, o início da caminhada será feito pelas 9h30 e irá percorrer o PR1 EVR – de Évora ao Alto de S. Bento, num percurso que integra a rede Transalentejo, e que é o primeiro percurso homologado no concelho de Évora.

Estudo da Universidade de Évora identifica nova ameaça para a cegonha-branca

Um estudo levado a acabo por investigadores da Universidade de Évora (UÉ) identificou uma nova ameaça para a cegonha-branca.

A cegonha-branca (Ciconia ciconia) mudou a sua dieta ao alimentar-se agora em aterros sanitários e estando exposta a novas ameaças, ao ingerir materiais inorgânicos, de acordo com a investigação da Universidade de Évora (UÉ), e já publicada numa revista internacional da especialidade o Wilson Journal of Ornithology.

 Serra de São Mamede com percursos pedestres valorizados

Os percursos pedestres do Parque Natural da Serra de São Mamede, Alegrete, Reguengo e Ribeira de Nisa vão ser valorizados.

A Câmara Municipal de Portalegre, já assinou o auto de consignação para a realização da empreitada.

Estes percursos são muito relevantes na estratégica do Parque Natural da Serra de São Mamede e na valorização dos seus recursos endógenos, sendo intervencionados  35,7 Km: Alegrete (Corredor ecológico – 3,38 Km e PR3-PTG -10,7 Km), Reguengo (PR2-PTG – 10,3 Km) e Ribeira de Nisa (PR4 – PTG – 11,32 Km).

Lagoa de Santo André já foi aberta ao mar

Realizou-se hoje abertura anual da Lagoa de Santo André ao mar.

Pelo segundo ano consecutivo, a abertura que costuma juntar centenas de populares e curiosos, aconteceu sem público, devido às restrições impostas devido à COVID-19.

Estiveram presentes o Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha além de outras entiddes locais, e de responsáveis do Instituto de Conservação da Natureza e da Floresta (ICNF), e da Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

O projeto glamping que promete mudar Gavião

Está quase a abrir o “Gavião Nature Village”, um projeto de glamping de quatro estrelas, em Cadafaz, Gavião.

É um dos maiores empreendimentos turísticos do concelho, o primeiro glamping, e este empreendimento turístico de quatro estrelas tinha prevista a sua abertura em maio do ano passado, mas a pandemia atrasou o objetivo e tudo indica que a abertura seja ainda neste mês de março.

Vamos inventariar o arvoredo de Évora?

As árvores constituem um património importante nas cidades: pela sombra, pela qualidade do ar, pelo acréscimo de beleza que conferem às nossas ruas, pela vida que proporcionam a todos os seres, pelo bem que nos fazem só de as vermos! Todos concordamos com isso. Ou quase. Parece ser mais pacífico vermos as árvores nas ruas dos outros do que nas nossas. Se há umas folhas que caem no nosso pátio ou se se vislumbra o risco de um ramo cair no nosso carro o melhor é pedir o corte da árvore que nos transtorna.

Obras de arte no Lago Alqueva? Sim, será uma realidade

Integrado no projeto Erasmus +, da Comissão Europeia, a iniciativa ARCHI’Nature tornará possível o surgimento de obras de arte no Lago Alqueva, por iniciativa do Município de Reguengos de Monsaraz.

Durante dois anos, e já a partir do próximo mês, serão criadas obras de arte sobre o Lago Alqueva, numa iniciativa que promoverá uma dinâmica cultural envolvendo a comunidade escolar e os cidadãos.

 O objetivo da iniciativa é desenvolver um conjunto de trabalhos artísticos e instalações temporárias que considerem a valorização da riqueza ambiental.

Há uma árvore alentejana candidata a Árvore Europeia do Ano de 2021. Já votou?

São 14 as árvores candidatas a “Árvore Europeia do Ano de 2021” e há um representante alentejano: o Plátano do Rossio de Portalegre.

As votações para escolher a “Tree of the year 2021” decorrem desde dia 1 e estão abertas até 28 de fevereiro.

A concurso estão agora as vencedoras do concurso nacional de cada país, numa organização da UNAC – União da Floresta Mediterrânica.

Os vencedores serão anunciados na cerimónia on-line, a 17 de março, durante a conferência “Plantando para o Futuro: 3 mil milhões de árvores na Europa“.

Páginas