Está aqui

Natureza

Parceria para salvar a Águia-caçadeira da extinção

Foi assinado em Elvas, no passado dia 17, Dia do Agricultor, uma parceria que pretende salvar da extinção a Águia-caçadeira.

“Searas com Biodiversidade: Salvemos a Águia-caçadeira” é o nome do projeto que junta o Clube de Produtores Continente, a ANPOC - Associação Nacional de Produtores de Proteaginosas, Oleaginosas e Cereais, o CIBIO - Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Porto e a Palombar – Conservação da Natureza e do Património Rural.

Viana do Alentejo distribui árvores para plantar

No âmbito do Projeto Além Risco que pretende plantar 3.000 árvores no concelho de Viana do Alentejo, está em curso até dia 25 de fevereiro uma campanha de distribuição de árvores à população.

Fluviário de Mora com descontos em fevereiro

As qualidades e valências do Fluviário de Mora, um dos maiores aquários de água doce do mundo, são sobejamente conhecidas. O que ainda não sabia, era que a partir deste fim de semana o pode visitar com descontos

A campanha “Da nascente até à foz” traz uma redução de 10% no valor as entradas até final de fevereiro.

Cientistas criam base de dados global sobre o papel dos polinizadores

Cinco investigadores do Centro de Ecologia Funcional da Universidade de Coimbra (UC) participaram na criação da primeira base de dados global, aberta e dinâmica, sobre polinização de culturas agrícolas, um projeto internacional que reúne mais de uma centena de cientistas.

Esta base de dados global sobre o papel dos polinizadores de culturas agrícolas em todo o mundo é designada CropPol e é coordenada por dois investigadores da Estação Biológica de Doñana - CSIC, Espanha.

Projeto “Além Risco”: Alandroal já entregou 400 plantas

O Município de Alandroal já procedeu à entrega de 400 das mais de 1000 plantas disponíveis para oferta à população, no âmbito do projeto “Além Risco”.

Fonte do município revelou ao TA que se “Tem verificado um interesse crescente na obtenção de árvores, por parte dos cidadãos do concelho de Alandroal, sendo este um motivo de satisfação, porque demostra que já se começa a reconhecer a importância dos elementos vegetais na obtenção de espaços mais agradáveis e confortáveis, principalmente no verão.”

Grândola vai medir densidade turística

Dada a crescente e súbita procura de construção de empreendimentos turísticos no concelho de Grândola, a autarquia decidiu que irá medir a densidade turística do concelho para ver se aceita novos projetos imobiliários.

As praias de Grândola chamaram a atenção dos famosos e um pouco de todo o mundo, oque fez com que a procura turística conhecesse um crescimento sem precedentes – hotéis, campos de golfe, casas privadas entre outros – sempre junto à costa, de Comporta a Melides, tendo agora a autarquia decidido que só aceitará novos empreendimento no interior do concelho.

Há um novo passadiço na Comporta

Há mais um passadiço para que possa disfrutar da natureza com a calma que a envolvência exige. Desta vez é na Comporta, aquele que será hoje uma das praias nacionais mais conhecidas.

Caminheiros de Évora assinalam aniversário com caminhada

Na terça, 12 de outubro, o Grupo Caminheiros de Évora comemora o 9.o Aniversário da sua constituição formal enquanto Clube de Praticantes de Pedestrianismo, uma celebração que se realizará no sábado seguinte, dia 17, com uma Caminhada e Festa.

Com a concentração marcada a partir das 09h00 no Rossio de S. Brás, em Évora, ponto de partida e de chegada, o início da caminhada será feito pelas 9h30 e irá percorrer o PR1 EVR – de Évora ao Alto de S. Bento, num percurso que integra a rede Transalentejo, e que é o primeiro percurso homologado no concelho de Évora.

Estudo da Universidade de Évora identifica nova ameaça para a cegonha-branca

Um estudo levado a acabo por investigadores da Universidade de Évora (UÉ) identificou uma nova ameaça para a cegonha-branca.

A cegonha-branca (Ciconia ciconia) mudou a sua dieta ao alimentar-se agora em aterros sanitários e estando exposta a novas ameaças, ao ingerir materiais inorgânicos, de acordo com a investigação da Universidade de Évora (UÉ), e já publicada numa revista internacional da especialidade o Wilson Journal of Ornithology.

 Serra de São Mamede com percursos pedestres valorizados

Os percursos pedestres do Parque Natural da Serra de São Mamede, Alegrete, Reguengo e Ribeira de Nisa vão ser valorizados.

A Câmara Municipal de Portalegre, já assinou o auto de consignação para a realização da empreitada.

Estes percursos são muito relevantes na estratégica do Parque Natural da Serra de São Mamede e na valorização dos seus recursos endógenos, sendo intervencionados  35,7 Km: Alegrete (Corredor ecológico – 3,38 Km e PR3-PTG -10,7 Km), Reguengo (PR2-PTG – 10,3 Km) e Ribeira de Nisa (PR4 – PTG – 11,32 Km).

Páginas