Está aqui

História

Investimento de 27 Milhões de euros debatido em Évora

Será em Évora que se reunirão os parceiros do projeto “Magalhães”, um projeto que representa um investimento superior a 27 milhões de euros e que, entre outras iniciativas, pretende recriar a rota efetuada pelo navegador português Fernão de Magalhães na primeira circum-navegação do globo, celebrando assim os 500 anos da façanha.

Ponte de Sor: há 100 anos com a cabeça no ar

Já passaram 100 anos desde que começou a ligação de Ponte de Sor à aviação.

Realizaram-se ontem, 31 de agosto, 100 anos da primeira aterragem de um avião em ponte de Sor.

Dada a centralidade geográfica da terra alentejana – entre norte e sul, interior e litoral, e a existência de caminhos de ferro, a pedido Exército português, em março de 1919, viria ser construido pequeno “Campo de Aterrissagem”, e que viria a ser inaugurado nesse mesmo verão.

Serpa volta hoje à Inquisição

Serpa volta hoje à Idade Média e aos tempos da Inquisição com a está realização da 12ª edição da Feira Histórica.

O tema deste ano é “Serpa e a Inquisição” e esta iniciativa da autarquia propõe-se recriar a época da Inquisição através de teatro, rábulas, música e dança ao som dos bombos e pifaradas típicas da época, além de artes de fogo e as inevitáveis tasquinhas e mostras de artesanato.

O castelo de Beja já cabe na sua mão

Já pode ter o Castelo de Beja na sua mão.

Desde esta semana, que Beja colocou o Património Histórico e Arqueológico no seu telemóvel. À distancia de uns quantos toques, na sua mão vai poder aceder à Plataforma Beja Monumental.

Esta plataforma pretende valorizar e difundir o Património Histórico e Arqueológico do concelho e coloca ao seu dispor a oportunidade de consultar levantamentos 3D de alguns monumentos icónicos da cidade, zonas de interesse histórico e reconstruções virtuais de ambientes artefactos, bem como os descritivos históricos de informação.

Uma noite brilhante em Vendas Novas

Dia 24 de agosto é o dia em que se assinala o 225.º aniversário da Primeira Viagem Aérea em Portugal. Em 1794, num balão de ar quente, o italiano Vincenzo Lunardi saiu de balão do Terreiro do Paço e percorreu 14 léguas, aterrando em Vendas Novas.

Vendas Novas começou a celebrar este acontecimento em maio, num programa de atividades que se irá prolongar-se até outubro, e que é composto por várias iniciativas educacionais, desportivas e culturais.

Dia 24, a autarquia alentejana tem preparada a “Night Glow” e vôos de balão, além de mais iniciativas.

Faz anos hoje - 7 de agosto

A 7 de agosto de 1816, Simón Bolívar, na luta pela independência da Venezuela, derrotou a Espanha na batalha de Boyacá.

Na mesma data em 1907, em Portugal foi publicado o decreto sobre o descanso semanal obrigatório.

A 7 de agosto de 1955, tiveram início os trabalhos da construção do metropolitano de Lisboa.

Marvão e Valencia de Alcántara unidos por uma “Boda Régia”

Esta será a 15ª edição do Festival Transfronteiriço “Boda Régia” e volta a unir Marvão e Valencia de Alcántara.

De 1 a 4 de agosto, o programa cultural é vasto e será uma lição de História ao vivo, sendo que esta edição marca a maior participação de sempre de atores e figurantes.

Começa logo com a recriação histórica da chegada do Rei D. Manuel a Marvão, junto à Ponte Quinhentista da Portagem, dia 1 de agosto às 21h30; seguindo-se, no Anfiteatro do Centro de Lazer, um espetáculo de teatro, dança e música de época.

O alentejano que batizou a Austrália

Reza a História que Pedro Fernandes de Queirós, terá nascido em Évora, por volta de 1565 e que terá morrido no Panamá.

Dito assim, sem mais, já será bastante estranho que, há época, um alentejano tenha vindo a morrer no Panamá. Mas Pedro era navegador explorador ao serviço da coroa espanhola - o que levou a ser conhecido por ou Pedro Fernández de Quirós - que terá sido um dos primeiros europeus a navegar pelos mares da Oceânia, como piloto de Álvaro de Mendaña de Neira , nas explorações do sudoeste do Oceano Pacífico.

As ruínas de Troia misturam História, vinho, misticismo e muito mais

Nos meses de julho e agosto, as Ruínas Romanas de Troia ganham uma nova alma e revestem-se para dar a conhecer a História e a cultura e que convida os visitantes a viajar no tempo até às ruínas do maior centro de produção de salgas de peixe do Império Romano.

Estremoz: interior do castelo reabilitado por unidade hoteleira

O Tribuna Alentejo avançou a notícia em agosto de 2018: a antiga Casa da Câmara ou Casa do Alcaide-Mor, em Estremoz, tinha sido vendida em hasta pública à Sociedade Agrícola Monte das Barrocas, por 180 mil euros. Após uma primeira venda a uma empresa norte-americana e que acabou anulada, a Câmara Municipal de Estremoz decidiu levá-la a novo leilão sendo vendida à empresa sediada no concelho..

Avançava-se, à data, que o edifício de estilo manuelino, classificado como monumento nacional desde 1924, em ruínas há várias décadas, viria a ser um hotel de charme.

Páginas