Está aqui

Celebração

Cante alentejano homenageado em Odemira com escultura de 14 toneladas

No próximo domingo, dia 27 de novembro, vai ver inaugurado em Odemira um monumento para assinalar e festejar os oito anos de classificação do cante alentejano como Património Cultural Imaterial da Humanidade.

De acordo com informações divulgadas pela Câmara Municipal de Odemira, citadas pela agência Lusa, trata-se de uma escultura que representa um grupo coral de grandes dimensões, contando com 12,5 metros de comprimento, seis metros de altura e 14 toneladas de peso.

O monumento é da autoria do escultor Fernando Fonseca e contou com a execução da empresa Gate7.

Portalegre celebra 120 anos do nascimento do poeta José Régio

No próximo dia 17 de setembro, sexta-feira, será realizada uma “festa”, em Portalegre, em homenagem ao poeta José Régio, a propósito dos 120 anos sobre o seu nascimento. O autor, natural de Vila do Conde no Porto, residiu durante 37 anos naquela cidade alentejana.

Em comunicado, o município adianta que o evento irá consistir na apresentação de duas obras ligadas ao poeta, na Casa-Museu José Régio, pelas 17:30.

Vendas Novas celebra 59 anos como concelho

A 7 de setembro, a cidade de Vendas Novas celebrará os seus 59 anos como concelho, mas as celebrações começaram no dia 3.

Devido ao contexto pandémico que ainda se vive, ainda não será em 2021 que se celebrarão as Festas do Concelho como eram habitual, mas a autarquia preparou um programa para assinalar a efeméride.

Isenções de IMI a associações, mais dinheiro para juntas, mercado e exposições marcam o 499.º aniversário do Foral da Vila de Gavião

As celebrações do 499º aniversário do Foral da Vila de Gavião iniciaram-se na quarta com a inauguração da exposição “O Jogo da Política Moderna” na Biblioteca Municipal, mas foi na sexta que o presidente José Pio surpreendeu com a novidade de que, a partir de 2020 as sedes das coletividades serão isentadas de IMI e realizou as cerimónias protocolares revelando ainda que as prioridades do executivo para Gavião passam por três opções fundamentais e estruturantes: “Desenvolvimento Económico e Criação de Emprego; Educação e Turismo”, através do desenvolvimento económico sustentado, na regeneraç