Está aqui

Governo

Governo reforça Bombeiros com 3,2 milhões de euros

O Ministério da Administração Interna aprovou ontem a Diretiva Financeira 2022, em articulação com a Liga dos Bombeiros Portugueses.

Nesta Diretiva destacam-se o aumento de 7% nos montantes associados à comparticipação diária efetuada aos Bombeiros integrados nos dispositivos. A comparticipação diária aos Bombeiros passa, assim, de 57€/dia para 61€/dia e, no caso dos elementos de comando, de 67€/dia para 71€/dia e a atualização em cerca de 15% dos montantes das despesas com alimentação, passando o valor do almoço e do jantar de 8,75€ para 10€.

Governo cria incentivos para fixar médicos no Alentejo

O Governo anunciou que se encontra a trabalhar num modelo de incentivos para atrair médicos de Medicina Geral e Familiar para zonas “especialmente carenciadas”, nomeadamente em Lisboa e Vale do Tejo, no Algarve e no Alentejo.

Em comunicado, a Administração Regional de Saúde do Alentejo refere que este anúncio foi feito na passada segunda-feira pela ministra da Saúde, no decorrer de uma audição parlamentar no âmbito da apreciação da proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022).

Captação de água no rio Guadiana deve ter estudo antecipado

O avanço de novas captações de água no rio Guadiana, a montante do Pomarão, no concelho de Mértola, deve ter uma avaliação das disponibilidades de água, por Portugal e Espanha, que permitam assegurar caudais ecológicos no tramo internacional do Baixo Guadiana, defendeu um especialista.

Reforço de 150M€ no turismo é “muito bem-vindo” para o Alentejo

O reforço da Linha de Apoio ao Turismo, na ordem dos 150 milhões de euros, anunciado pelo ministro da Economia e Mar, António Costa Silva, é “muito bem-vindo” para a região do Alentejo, disse Vítor Silva, presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e do Ribatejo.

Em declarações à Planície, o responsável adiantou que “todos os apoios que vierem para o turismo são importantes, numa altura em que as empresas estão descapitalizadas”.

Quatro obras do regadio do Alqueva vão receber 50 milhões de euros

O Governo anunciou que conseguiu desbloquear 50 milhões de euros que faltavam para concluir na totalidade quatro obras da expansão do regadio do Alqueva, que poderiam ser “amputadas” devido à subida dos custos de construção.

Municípios de Portalegre querem bombeiros com acesso a combustíveis verdes

A Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA), que reúne os 15 municípios do distrito de Portalegre, aprovou por unanimidade uma moção que apela ao Governo e aos grupos parlamentares para que “agilizem a legislação” no sentido de “apoiar o acesso” dos bombeiros aos combustíveis verdes.

Em comunicado, citado pela agência Lusa, a CIMAA explica que, no documento, os municípios manifestam a sua “solidariedade” para com as associações humanitárias de bombeiros voluntários e para com a Federação de Bombeiros de Portalegre.

Tróia acolhe centro de inovação da NATO

Portugal foi o país escolhido para acolher dois centros de inovação em Defesa no âmbito do Acelerador de Inovação da NATO, “Defence Innovation Accelerator for the North Atlantic” (DIANA), revelou o Ministério da Defesa Nacional em comunicado.

Segundo a mesma fonte, um “Accelerator Network Site” e um “Test Centre” vão ser instalados na Arsenal do Alfeite, em Almada, e no Centro de Experimentação Operacional da Marinha, em Tróia, respetivamente. O Governo indica ainda que estas infraestruturas deverão iniciar operações em 2023.

Alentejo pode ganhar mais quatro Lojas de Cidadão

Os municípios alentejanos de Alandroal, Barrancos, Santiago do Cacém e Vendas Novas candidataram-se à abertura de novas Lojas de Cidadão, de forma a beneficiarem do financiamento dos fundos europeus no quadro do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), num concurso dotado com 12,5 milhões de euros.

Central solar em Gavião dá lugar a abate de sobreiros

O Governo autorizou o abate de mais de mil sobreiros para a construção de central solar da Margalha, no concelho alentejano de Gavião, pelo grupo Akuo Renováveis, num investimento de 95 milhões de euros.

De acordo com a Renascença, o ministro do Ambiente decidiu declarar “de imprescindível utilidade pública” o projeto da central solar fotovoltaica, de forma a permitir o arranque de 1 079 sobreiros e quatro azinheiras no terreno onde será instalado o empreendimento.

Autarcas do Baixo Alentejo apresentam medidas para combater seca

O conselho intermunicipal da Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL), que junta 13 dos 14 concelhos do distrito de Beja, reuniu-se na passada terça-feira, de onde resultou um conjunto de medidas a propor ao Governo relativamente à seca, algumas “urgentes” e outras de “médio prazo”.

Páginas