Está aqui

Cinema

O Festival Internacional de Cinema de Marvão vai decorrer esta semana

O Periferias - Festival Internacional de Cinema de Marvão e Valência de Alcântara regresso já esta semana, de 6 a 11 de agosto, numa dezena de lugares da raia de Portugal e Espanha.

Serão cerca de 20 filmes, nesta edição VIII, numa versão compactada do festival, que cumprirá todas as regras da DGS. A estreia cabe ao filme "O que arde", do realizador galego Oliver Laxe.

Mas apesar de mais curto, o festival apresenta algumas novidades, como por exemplo, uma sessão drive-in, em Carbajo, Espanha, no dia 7, ou propostas de cinema online.

Alentejo e Ribatejo Film Commission pede suspensão de rodagens no território

A Alentejo e Ribatejo Film Commission está a pedir a suspensão de todas as produções cinematográficas a decorrer nas regiões do Alentejo e Ribatejo, perante o cenário de pandemia do Covid-19.

Na sequência do Plano Nacional de Contenção da pandemia Covid-19 e em linha com as orientações da DGS e as directivas do Governo, aquela associação está a aconselhar todos os parceiros, produtores e profissionais do sector audiovisual, a suspensão de rodagens, visitas para reperages e/ou scouting na região do Alentejo e Ribatejo, pelo menos até ao dia 3 de Abril.

God Told Me To – parte 2

Moisés levou o povo eleito (a metáfora possível) para a um lugar seguro, Jesus deixou-se morrer. Ambos foram tentativas falhadas do criador. Demasiado humanos – esqueceram as suas alianças mais profundas, criaram empatia com a espécie que os viu crescer e não com a entidade que os fez diferentes, enviados especiais. Separados por demasiado tempo, talvez. Removidos pela raiz. Rebeldia supra-humana, esta, tão distinta e cuja essência sempre tivemos dificuldade em compreender (mais uma vez, a metáfora possível).

God Told Me To – parte 1

God Told Me To (1976), de Larry Cohen

Crentes ou não, nada nos prepara para um filme como God Told Me To, do hoje esquecido Larry Cohen. Filme que se dobra e desdobra sobre conceitos adquiridos e outros intuídos que, acreditem, ninguém ousou agregar deste modo.

Ad Astra 2 – para não dizer Redux

Para as estrelas ou o cinema como reflexo de um falhanço.

Há 4 meses começou assim:

- Perante Ad Astra, o mais recente filme de James Gray, corre-se um sério risco: permitir que a voluptuosidade do olhar interior que o filme convoca se deixe abater pelo aparente paradoxo científico. Anos de vício científico e sonhos por cumprir -

Twin Peaks

Alguém que admiro, digo apenas que é um devoto de Madonna (provavelmente a ligação directa à adolescência que o faz lidar melhor com o seu envelhecimento – mas que sei eu?), fez-me reviver esse lugar de estranhas afectividades que era o liceu de Twin Peaks, onde no meu mundo de sonhos também estudei entre Outubro de 1990 e Maio de 1991, sabendo agora que o edifício vai ser demolido.

Antes, passei, em modo delirante, pelo episódio-piloto da série, dirigido pelo meu então pai-espiritual, David Lynch (o homem que dirigira quatro anos antes o meu filme favorito, Blue Velvet).

15 curtas metragens em Elvas com entrada gratuita no próximo sábado

Elvas acolhe várias sessões de curtas metragens do "Dia Mais Curto" no próximo sábado, dia 21 de dezembro, a partir das 16h00. "O Dia Mais Curto", promovido pela Agência da Curta Metragem, vai para a sua sétima edição e tem 15 filmes para mostrar em Elvas, com entradas gratuitas.

Nos domínios da loucura… perdão, da perfeição.

John McEnroe – No Domínio da Perfeição (2018), Julien Faraut –

Les Yeux Sans Visage

Les Yeux Sans Visage (1960), de Georges Franju - Que os olhos mais tristes do mundo não tenham rosto parece o mais congruente dos princípios, dado o superlativo em causa, que aniquila tudo o resto. Tal como o que se segue: os olhos mais tristes, absorvidos por um extremo, não podem, muito naturalmente, deixar de ser absolutos na sua consequência – (na perspectiva do observador) são pontos de luz que uma vez descodificados, se tornam em poesia cristalina e estelar, devastadora.

Páginas