Está aqui

Cinema

Lolly-Madonna XXX (1973)

Qualquer um reconhecerá que Richard C. Sarafian não é lá grande nome para quem quer vingar num lugar tão dissimuladamente selecto (ou será o inverso?) como Hollywood, mas não foi por isso que a carreira de Sarafian, apesar de longa e…farta, foi actor e realizador entre 1956 e 2007, não chegou verdadeiramente a despontar.

Ainda assim, o realizador importa muito mais do que o actor, pelo que o período a fixar é o de 1962-1990.

A breve ascensão dos Zés Ninguéns - They Live

“One of the lost masterpieces of the Hollywood left”, mais coisa menos coisa, é desta forma que Zizek começa o pequeno trecho sobre They Live (1988), de John Carpenter, no seu último documentário sobre cinema, The Pervert’s Guide to Ideology.

Orson Welles - o homem das margens no meio de um filme...

Famoso pelas entradas e saídas de cena – mais pelas entradas, verdadeiros esplendores onde a militância artística (jogo de expectativas para com o espectador ideal) exercitava competências em plena consonância com um aspecto físico que remetia para os portentos da mitologia pagã –, Orson Welles era também um actor fabuloso.

It follows

Vai seguir-te, jovem – a não ser que te mantenhas virgem, ou, se já em falta, ao menos te abstenhas …

Maximus Welles Magnum Opus (ou o Filme Sobre Tudo)

The Other Side of the Wind é, tão-só, tão simplesmente, um dos dois-três-quatro filmes mais importantes da história do cinema. Não há outra forma de começar. E registe-se que tentámos.

Orson Welles terminou as atribuladas filmagens de The Other Side of the Wind em 1976 (haviam começado em 1970), e nele deixou de trabalhar definitivamente no início dos anos 80, com pouco mais de 40 minutos editados. Ficou pronto em 2018, terminado por outros (com Peter Bogdanovich, também actor no filme, à cabeça).

Batalha de La Lys e 25 de Abril celebrados em Reguengos

“Raiva” faz parte das celebrações do 25 de Abril e do 101º aniversário da batalha de La Lys.

O filme do “alentejano” Sérgio Tréfaut será exibido a fechar o programa comemorativo, às 16h30, no auditório municipal, e contará com a presença do protagonista do filme o ator Hugo Bentes.

Caos ou Iluminação?

Pelos instantes iniciais de Spring Breakers (2012) e Dawn of the Dead (1978)

Tenho para mim que quanto mais uma sociedade se alinhar por valores conservadores mais se vai afastar do seu desígnio enquanto suporte da espécie. Mas também pode ser o caos! Não importa, desde que convenientemente filmado por gente com talento... Como bem sabemos, para os que acreditam no pior, é sempre dos adolescentes e dos que se recusam a permanecer mortos que vem o maior perigo...

Donnie Darko (2000): um pensamento súbito

Há finais felizes

The Straight Story (David Lynch – 2000)

Uma pergunta tão irracional quanto necessária: pode um final ser melhor que o de Straight Story? A resposta é não. Nem o final de um filme, nem o final de Straight Story (ordem desnatural e manifesta).

Caos ou Iluminação?

Pelos instantes iniciais de Spring Breakers (2012) e Dawn of the Dead (1978)

Tenho para mim que quanto mais uma sociedade se alinhar por valores conservadores mais se vai afastar do seu desígnio enquanto suporte da espécie. Mas também pode ser o caos! Não importa, desde que convenientemente filmado por gente com talento... Como bem sabemos, para os que acreditam no pior, é sempre dos adolescentes e dos que se recusam a permanecer mortos que vem o maior perigo...

 

Donnie Darko (2000): um pensamento súbito

Aqueles Magníficos Seis

Se os três mosqueteiros são sempre quatro, então os sete magníficos da geração que se seguiu à dos Sete Magníficos (e no que diz respeito aos espíritos analistas já inclui os filhos e os netos desta) são sempre seis. Falamos de actores de cinema, é claro, mas também de contexto afectivo e consciência universal.

Quem são?

Robert Redford (nascido a 18/08/1936 – 82 anos)

Robert De Niro (nascido a 17/08/1943 – 75 anos)

Jack Nicholson (nascido a 22/04/1937 – 81 anos)

Al Pacino (nascido a 25/04/1940 – 78 anos)

Páginas