Está aqui

Negócios e Empresas

Empresas do Litoral Alentejano podem candidatar-se a Fundo de Transição Justa

As empresas do litoral alentejano já podem submeter propostas para o desenvolvimento de projetos de investimento que promovam a reconversão da atividade económica, no âmbito do Fundo para uma Transição Justa.

O anúncio foi feito esta quarta-feira pelo Ministério da Coesão Territorial que, em comunicado, refere que as empresas do litoral alentejano, que compreendem os concelhos de Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém, Sines, no distrito de Setúbal, e Odemira (Beja), têm até 21 de janeiro de 2022 para submeter online as suas propostas.

Beja recebe 20 milhões do PRR para acolher novas empresas

A Câmara Municipal de Beja viu a sua primeira candidatura aprovada, no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), num investimento de 20 milhões de euros, financiado a 100%.

De acordo com o jornal Planície, esta verba vai permitir a construção de Áreas de Acolhimento Empresarial de Nova Geração, assim como a requalificação da Zona de Acolhimento Empresarial Norte, que têm de estar terminadas até ao final do PRR em 2026.

Área de produção de canábis medicinal em Odemira vai aumentar

A empresa Cleaver Leaves anunciou que vai expandir a sua área de produção de canábis para fins medicinais no concelho de Odemira, para aumentar a exportação e reforçar a área de investigação científica.

Em comunicado, citado pela agência Lusa, o produtor norte-americano de canabinoides de qualidade farmacêutica revelou que a expansão já foi aprovada pelo INFARMED, entidade reguladora com a tutela da indústria farmacêutica em Portugal.

Ministra da Agricultura visita adega e cooperativa em Beja

A ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, vai estar hoje, terça-feira, de visita ao distrito de Beja.

De acordo com o jornal Planície, a governante vai estar presente na Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito, seguindo depois para a Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos, onde será recebida às 11:45.

 

Fotografia de agronegocios.eu

Alentejo na cauda da Europa!? Que fazer...?

A «rapaziada» da minha geração, e das outras que lhe são próximas, bem se lembra de como há mais de 40 - quarenta - anos, todos nós portugueses sofríamos o complexo de estar na «cauda da Europa», alternando algumas vezes com a Grécia, mas definitivamente sempre nos últimos lugares do Ranking Europeu de acordo com a análise dos indicadores macroeconómicos.

Produção de Vinho aumenta face ao ano passado

A produção de vinho em Portugal aumentou 14% comparativamente à vindima do ano passado.

Registou-se, este ano, uma produção em 7,3 milhões de hectolitros, segundo dados apurados pelo Instituto da Vinha e do Vinho (IVV), uma tendência generalizada em todas as regiões vitivinícolas do continente e com grande destaque para a região do Douro e Porto – aumentou 27% para mais de 340 mil hl - Alentejo – mais de 120 mil hl, mais 11% que no ano passado.

Os tintos representam 61,4% do total de vinho produzido, com os brancos a atingir um volume de 31,2% e os Rosés de 7,4%.

Plano de Regadio 20/30 em discussão pública

O Estudo “Regadio 20|30 – Levantamento do Potencial de Desenvolvimento do Regadio de Iniciativa Pública no Horizonte de uma Década”, realizado pela EDIA, em parceria com mais de uma dezena de entidade, está em consulta pública até 14 de janeiro.

Amareleja Investimento de 1,4 M/€ em Área de Acolhimento Empresarial

A autarquia de Moura vê a construção desta Área de Acolhimento Empresarial como um investimento crucial para a vila de Amareleja e a obra de urbanização da UP4, referente à instalação da Área de Acolhimento Empresarial já decorre com trabalhos de movimento de terras para implantação de arruamentos.

Com um investimento total de €1.465.876,12 - beneficia de uma taxa de cofinanciamento FEDER de 85% -no âmbito do programa Alentejo 2020, esta Área de Acolhimento Empresarial de Amareleja criará 22 lotes afetos a espaços de atividades económicas.

Viana do Alentejo convida-o a provar os “Sabores do Porco”

Desde ontem que, no concelho de Viana do Alentejo, decorre mais uma semana do ciclo gastronómico promovido pelo Município de Viana ao Alentejo.

Desta vez, e até dia 26, decorre a semana dedicada aos “Sabores do Porco”, em vários restaurantes aderentes do concelho.

Beja acolhe novo hub tecnológico que contratará 50 pessoas até 2024

A empresa portuguesa InnoWave abriu um novo hub tecnológico em Beja, contando com a colaboração do Instituto Politécnico de Beja (IPBeja), avança o Dinheiro Vivo.

De acordo com a empresa, o foco deste  novo hub da tecnológica são as áreas de cibersegurança e Internet das Coisas, sendo que este novo projeto permite à InnoWave contratar 50 pessoas nos próximos três anos.

Páginas