28 Março 2020      11:37

Está aqui

Junho

O mês de junho marcou a diferença na vida de Eloísa. Os primeiros dias do mês foram a continuação do sonho que tinha começado em maio. Aquela mulher estava apaixonada por aquele multi-milionário modelo. Ficaram juntos no melhor hotel do Funchal, percorreram todos os recantos e conheceram todos os encantos da ilha da Madeira e do Porto Santo. Era mesmo, na verdadeira acepção, um sonho. Eloísa sentia-se parte do corpo de Pablo e o mesmo da parte dele.

Foi Pablo que pagou toda a despesa. Era Pablo que a levava a jantar aos melhores restaurantes, aos melhores spa, era Pablo que lhe dedicava a atenção completa. Aquilo era possível? Talvez sim, talvez não... até ver, estava a acontecer e isso sossegava os medos de Eloísa e reconfortava-a.

No início do mês, Eloísa disse a Pablo que precisava voltar a Beja, mesmo que apenas alguns dias. Ela própria sabia que aquelas férias prolongadas não iam durar para sempre e que Pablo teria de voltar para o seu país, para os seus negócios.

Ele sabia isso mesmo e continuava a trabalhar em tempo parcial e à distância. Eloísa falou com Pablo e disse-lhe que precisava ir a Beja e isso poderia comprometer aquele que tinha sido, até agora, o melhor período da sua vida. O amor que sentia fazia-lhe florescer a alma. O amor que sentia era a primavera e o verão da sua vida. E isso mudara tudo.

Após ouvir atentamente as palavras da sua apaixonada, Pablo respondeu que sim, afirmativamente isso não ia mudar nada na relação de ambos e o amor sentido continuaria cimentado como até aí. E Pablo acrescentou ainda a Eloísa que viajaria com ela até Beja e ficaria lá o tempo que fosse necessário. Abriu-se um sorriso enorme no rosto da mulher.

Viajariam em jacto privado e aterrariam no aeroporto de Beja, excepcionalmente. Pablo nunca tinha estado em lugar idêntico e apaixonou-se de imediato pela terra. O calor do Alentejo, a luz da cidade de Beja davam-lhe uma tranquilidade e paz interior imensas. Eloísa estava feliz e não era a única. Mostrou todos os locais a Pablo em Beja. Meio envergonhada pelas imensas diferenças económicas que separavam ambos, arriscou e recebeu Pablo em sua casa. Aquela cadeira que estava vazia, com um prato vazio à sua frente, passou a estar ocupada com o vulto que finalmente fazia os olhos dela brilhar.

Orgulhosa de si, apresentou Pablo a todas as pessoas com quem convivia, tornou-o parte da sua rotina. Eram um só.

Durante quase todo o mês, fizeram amor todas as noites. Escaldantes em Beja e escaldantes devido ao calor, as noites eram ainda mais intensas com a paixão e o suor dos corpos entre os dois.

Foi numa dessas noites, talvez a meio do mês, que Eloísa engravidou. Sentiu algo diferente no corpo. Algo tinha sido acrescentado ao seu corpo e que não tinha sido rejeitado. Pablo estava, além de presente à sua volta, deixara a sua semente dentro de si. A ligação entre ambos estava a caminho.

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.