Está aqui

Nelson Brito

Aljustrel vê nascer fábrica de “cannabis” medicinal

Aljustrel vê nascer fábrica de “cannabis” medicinal, investimento da empresa RPK Biopharma, ligada ao grupo internacional Holigen.

A unidade de produção de cannabis medicinal vai avançar na freguesia de São João de Negrilhos, concelho de Aljustrel, e as obras terão início no primeiro semestre de 2019, num investimento total a rondar os 40 milhões de euros.

Em simultâneo, a empresa encontra-se a fazer o licenciamento junto do Infarmed e, depois de construído o edifício será a mesma entidade a dar luz verde ao início da produção.

Aljustrel avança com providência cautelar contra fecho dos CTT

A Câmara Municipal de Aljustrel avançou com uma providência cautelar contra o encerramento da estação dos CTT.

Desde a semana passada que na vila mineira alentejana o serviço local de atendimento dos Correios passou a posto de correio com gestão privada e a autarquia procura reverter o processo com interposição desta medida em Tribunal.

Mina de Aljustrel lança medidas para minimizar poeiras escuras

A empresa proprietária das Minas de Aljustrel, a Almina - Minas do Alentejo, empresa mineira de capitais portugueses detida pelo grupo I’M Minning, está a implementar medidas ambientais que minimizem a dispersão de poeiras na região. A iniciativa acontece depois do poder político local ter iniciado um debate em torno da qualidade do ar em Aljustrel.

Aljustrel exigiu variante ao Governo

O presidente da Câmara de Aljustrel, Nelson Brito, fez saber junto do secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme W. Oliveira Martins Governo, que Aljustrel quer a construção da circular à vila.

Esta necessidade da vila alentejana está identificada como prioritária, pela autarquia, há décadas e Nelson Brito apresentou ao Governo um projeto para a construção da circular e que será analisado em nova reunião, a ter lugar em setembro, com a intenção de que esta obra venha a integrar o Programa Nacional de Investimentos.

Aljustrel candidata-se a 1,2 milhões para Centro de Negócios

O município de Aljustrel, espera ver aprovada uma candidatura ao  Alentejo 2020 no valor de cerca de 1,2 milhões de euros para construir um Centro de Negócios naquela vila alentejana, com pouco mais de 9 mil habitantes. O projeto prevê a reconfiguração do antigo Matadouro Municipal e pretende "contribuir para a diversificação e competitividade do tecido empresarial, estimulando a inovação e o espírito empreendedor no concelho de Aljustrel".

Aljustrel cria Unidade Móvel de Saúde para chegar onde Sistema de Saúde não chega

Aljustrel, um concelho com pouco mais de 9 mil habitantes, no Baixo Alentejo, acabou de criar um sistema de cuidados de saúde para chegar a comunidades onde não existem centros ou extensões de saúde. A iniciativa é do munícipio e que, com a colaboração com os serviços de saúde, pretende chegar à população com maiores obstáculos no acesso aos cuidados de saúde, como são os casos  das aldeias de Jungeiros, Rio de Moinhos, Corte Vicente Anes, dos Elvas, Jungeiros e Carregueiro.

NELSON BRITO ELEITO PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DO CONSELHO REGIONAL DO ALENTEJO

Nelson Brito, presidente da Câmara Municipal de Aljustrel, foi hoje eleito Presidente da Comissão Permanente do Conselho Regional da CCDRAlentejo. Para além dele foi eleito para a mesma comissão, como vice-presidente Figueira Mendes, Presidente da Câmara Municipal de Grândola

ALJUSTREL VAI REDUZIR 71% DOS GASTOS EM ILUMINAÇÃO PÚBLICA

Trata-se do primeiro município a sul do país a converter a iluminação pública para LED, num projecto que resulta de um contrato a 8 anos com o Grupo ACA e de uma parceria tecnológica da ARQUILED, na instalação de cerca de 3500 luminárias LED na via pública.

ALJUSTREL DEIXA DE PAGAR A ÁGUA POR "SERVIÇO PÉSSIMO" DAS ÁGUAS PÚBLICAS DO ALENTEJO

O Município de Aljustrel faz hoje saber em comunicado que está descontente com a qualidade do serviço prestado pela empresa responsável pelo abastecimento de água à população e vai por isso deixar de pagar a água.

Zonas frequentemente privadas de água, suspensão de abastecimento por incapacidade em manter níveis aceitáveis de água em depósitos são os argumentos que justificam para o munícipio a suspensão dos pagamentos da fatura da água à Águas Públicas do Alentejo por "incumprimento contratual", até que seja resolvido o problema.

CARTA ABERTA AO PRIMEIRO-MINISTRO EXIGE INVESTIMENTO NO AEROPORTO DE BEJA

Nelson Brito, presidente do município de Aljustrel (PS), no Baixo Alentejo, escreveu hoje uma carta aberta ao Primeiro-Ministro, reclamando pelo aproveitamento do aeroporto de Beja, em alternativa ao aeroporto complementar no Montijo. Para o autarca, o aeroporto de Beja tem a infraestruturação concluída e tendo um "perfil idêntico ao projeto do Montijo" admite que a escolha deste último levanta-lhe "sérias reservas".

Páginas