11 Outubro 2018      14:38

Está aqui

Évora avança com obra de acesso à Porta da Traição, assinada por Carrilho da Graça

A Câmara Municipal de Évora deu já início à obra de construção de um acesso à chamada Porta da Traição, localizada no pano amuralhado do Paço de São Miguel sobre o Largo dos Colegiais, no Centro Histórico, cujo projeto de arquitetura tem a assinatura de Carrilho da Graça.

A obra, orçada em 50 mil euros, é financiada em 85 por cento pelo Alentejo 2020 e visa criar um percurso que pretende ligar a Rampa de S. Miguel com a Porta da Traição. Segundo o autor do projeto, “propõe-se uma modelação do terreno bastante contida, de forma a não desvirtuar a topografia atual junto à muralha, bem como um afastamento do percurso pedonal a construir, de cerca de 50 cm em relação àquela, de forma a não soterrar ou descalçar a sua base e a da parede tardoz da capela”.

Segundo o município, "para vencer o desnível de um metro entre o acesso ao percurso na Rampa de S. Miguel e a cota de soleira da Porta da Traição, aproveitar-se-á o local do talude com maior percentagem de inclinação (zona junto à Porta da Traição), e serão construídos seis degraus".

A Porta, dita da Traição, abre-se num troço da muralha que encerra o Paço de São Miguel, sobre o Largo dos Colegiais, e, tendo por longos períodos estado entaipada, está hoje acessível pelo interior do pátio do Paço, após obra recente no conjunto propriedade da Fundação Eugénio de Almeida.

 

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão

 

 

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.