Está aqui

Santa Casa da Misericórdia de Serpa

Investimento de 3,7 milhões no hospital de Serpa para "reduzir listas de espera" no SNS

Ao todo o hospital de Serpa (S. Paulo), no Baixo Alentejo, vai investir 3,7 milhões de euros num novo bloco operatório, com tecnologia de ponta e que substituirá o atual bloco, desativado há 14 anos.

Segundo António Sargento, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Serpa, que gere aquele hospital alentejano, este novo bloco operatório vai permitir dar resposta às necessidades do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e reduzir as listas de espera, sobretudo da região Alentejo e Algarve.

SERPA: ESQUERDA INDIGNADA COM "VAZIO PERIGOSO" EM QUE CAIU O HOSPITAL DE S. PAULO

PS e CDU em Serpa defendem que o Hospital de S. Paulo deve voltar às mãos do Serviço Nacional de Saúde e que foi um erro a transferência daquele hospital para a Santa Casa da Misericórdia em 2014. Aqueles partidos fizeram mesmo aprovar uma moção em Assembleia Municipal onde defendem a regressão imediata do hospital para o sistema nacional de saúde, que teve os votos contra da coligação PSD-CDS.