14 Julho 2018      07:04

Está aqui

Culto e Devoção ao Deus Endovélico em Alandroal

Realiza-se no dia 14 de Julho (sábado) pelas 20h00 no Outeiro de São Miguel da Mota (Concelho de Alandroal) uma celebração religiosa pagã.
 
Irá celebrar-se pelo quarto ano consecutivo pela Confissão Religiosa Wicca Celtíbera, o ritual de Culto e Devoção ao Deus Endovélico e Evocação a Viriato, Herói Lusitano. Para assistir é necessário deslocação em viatura própria e recomenda-se o uso de roupa e calçado confortável. Aconselha-se também o uso de chapéu e deve levar água.
 
O Culto ao Deus Endovélico tem mais de 2000 anos e faz parte da Identidade Cultural da Raia Alentejana. Este Deus, provavelmente Proto-histórico, está muito ligado à Ribeira de Lucefécit e à Vila de Terena.
 
 
Os Wiccanos
A  Confissão Religiosa Wicca, Tradição Celtíbera, através dos Coven Irmandade Lusitana, Cuniebles e Crann Bethadh, realizam pelo quarto ano consecutivo no dia 14 de julho (sábado) pelas 20h00,  a Celebração de Culto e Devoção ao Deus Endovélico e Evocação ao Herói Lusitano, Viriato, no Alandroal no Outeiro de São Miguel da Mota.
 
Esta celebração, realizada no Outeiro de São Miguel da Mota, onde se localizava o antigo santuário romano dedicado ao Deus Endovélico, pretende honrar e cultuar esta divindade pagã, este Deus de natureza curandeira e protetora. Será também celebrada a figura de Viriato, Herói Lusitano.
 
A Wicca Celtíbera é uma confissão religiosa de carácter pagão de natureza politeísta e idolátrica. Está reconhecida e registada institucionalmente em Portugal e Espanha como Confissão Religiosa. Tem por objectivos abandonar o anonimato e instituir-se publicamente e oficialmente com o intuito de proteger, manter e transmitir a religiosidade, a magia, os mitos, as tradições e o conhecimento adquirido sobre o Ciclo natural, o xamanismo, os cultos pré-cristãos europeus e mediterrânicos, especialmente os relacionados com as tradições dos diferentes povos tartéssicos, célticos, ibéricos e celtibéricos.
 
 
Enquadramento histórico
 
O Deus Endovélico tem provavelmente origem na Proto-História. Seria um Deus dos povos que habitavam o nosso Alentejo antes da chegada dos Romanos. Estes povos Iberos tinham fortes relações com a bacia do Mediterrâneo, com o Norte de África e com Cartago. Existe mesmo a lenda na Aldeia das Hortinhas (Freguesia de S Pedro de Terena) de um Capitão de guerra cartaginês, chamado Maharbal que terá construido um templo dedicado a Endovélico.
Roma derrotou Cartago, conquistou a Ibéria e nasceu a Lusitânia. O povo da região, agora romanizado, dedicou vários Templetes, placas e estátuas ao Deus Endovélico no Cabeço de S Miguel da Mota. Estas peças seriam Ex-Votos que pediam ou agradeciam favores do Deus.
 
Os investigadores ainda debatem quem seria o Deus Endovélico. Seria um Deus que curava e dai a sua importância e forte culto. Podia também ser o Deus do mundo subterrâneo e protector da vida depois da morte.
Cai o Império romano, chegam Visigodos,  depois Islâmicos e mais tarde nasce o Reino de Portugal. No cabeço de S Miguel da Mota surge a Ermida Cristã de S Miguel. Na construção desta Ermidal foram usados muitos dos Ex-Votos romanos.
A Ermida de S Miguel entra em decadência sendo mesmo destruida em 1890. As peças de periodo romano são levadas para Lisboa por Leite de Vasconcelos. Das centenas de peças dedicadas a Endovélico apenas três ficaram no Concelho de Alandroal. Podemos observar uma delas no Altar-Mor do Santuário da Boa Nova em Terena. Este é o maior Santuário da região o que demonstra o peso que o Deus ainda tem por cá.
Foram realizadas escavações arqueológicas no cabeço de S Miguel da Mota e mais peças romanas encontradas. Infelizmente foram carregadas de novo para Lisboa.
 
Nos últimos anos a Câmara do Alandroal tem vindo a realizar o Festival Terras de Endovélico com várias actividades. Segundo a Autarquia o Festival passará a ser bienal. Este ano a actividade será realizada pelos Wiccanos e por um grupo de voluntários.
 
Mais informação aqui.
 
Por Tânia Morais Rico e Luis Lobato de Faria
 
Siga o Tribuna Alentejo no  e no . Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão.
 
CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.