12 Setembro 2019      11:38

Está aqui

Construção do troço ferroviário Freixo/Alandroal arranca hoje

O troço ferroviário Freixo/Alandroal, do Corredor Internacional Sul, que vai ligar o Porto de Sines à fronteira do Caia (Elvas), arranca hoje, quinta-feira, com a instalação do estaleiro da obra na região, após a assinatura do auto de consignação da obra, que decorreu ontem em Alandroal, no distrito de Évora, ao mesmo tempo em que foi assinado um protocolo entre a IP e vários os municípios da zona dos mármores e do Alqueva (Alandroal, Borba, Estremoz, Mourão, Portel, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Sines, Sousel e Vila Viçosa) para a realização de um estudo de viabilidade económica sobre a criação de um terminal de carga e descarga, no concelho de Alandroal.

A construção do troço ferroviário Freixo/Alandroal, com 20,5 quilómetros e no valor de 74,7 milhões de euros, é da responsabilidade da MOTA-ENGIL e é o primeiro a entrar em obra dos três que compõem o novo percurso da Linha de Évora: Évora Norte/Freixo, Freixo/Alandroal e Alandroal/Linha do Leste.

Para João Grilo, presidente da Câmara de Alandroal "não há meio de transporte mais emblemático para aproximar destinos e pessoas que o comboio. Rompe montanhas e vales, atravessa países e continentes. Torna perto o que era longe. Torna rápido o que era lento. Torna vizinho o que era distante. E mais importante do que a sua passagem, onde o comboio para, as dinâmicas aumentam, as possibilidades multiplicam-se e onde antes quase nada acontecia geram-se verdadeiros oásis de desenvolvimento".

Da obra fazem parte a construção da infraestrutura de via-férrea, criação de uma estação técnica, cinco pontes, e quatro viadutos ferroviários, cofinanciadas pela União Europeia, através do programa Connecting Europe Facility.

 

Imagem de capa de Rádio Borba

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.