3 Janeiro 2019      10:05

Está aqui

Aljustrel recupera Estela com 4 mil anos

Nelson Brito, presidente do Município de Aljustrel

A estela funerária da Idade do Bronze, detida indevidamente por um arqueólogo a quem o Estado intentou uma ação judicial e venceu, já foi entregue à guarda do Museu Municipal de Ajustrel e vai ser apresentada publicamente no dia 10 de janeiro de 2019, pelas 18h30, com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Aljustrel, da Diretora Regional de Cultura do Alentejo e do responsável pelo achado.

Esta estela funerária da Idade do Bronze, encontrada no verão de 2013, por um trabalhador agrícola, na freguesia de S. João de Negrilhos, em Aljustrel foi recuperada depois de o Estado ter intentado um processo judicial contra um arqueólogo que detinha indevidamente a peça, tendo esta sido reavida já em fase de execução de sentença face à recusa de entrega da mesma.

Trata-se de uma peça de elevado valor arqueológico, quer pelo reduzido número de estelas que se conhecem do Bronze Médio, quer pela variedade de motivos decorativos que apresenta. Agora e após a Direção Regional de Cultura do Alentejo ter celebrado com o Museu Municipal de Aljustrel, um contrato de depósito da valiosa peça, vai ser apresentada ao público.

As estelas são lápides de pedra que durante a Idade do Bronze identificavam os enterramentos de chefes guerreiros e religiosos que dominariam as comunidades das pequenas aldeias na planície alentejana.

A apresentação pública da estela funerária terá lugar no Museu Municipal de Aljustrel, no dia 10 de Janeiro, às 18h30.

 

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.