17 Julho 2015      10:14

Está aqui

OLÁ E-DIESEL, ADEUS PETRÓLEO

“E-Diesel” é o nome que poderá revolucionar a indústria automóvel, bem como a economia à escala global.

Como o próprio nome indica, é um combustível, que está a ser desenvolvido pela Audi na sua fábrica de Dresden na Alemanha, em parceria com a empresa de energias alternativas Sunfire, e pode tornar-nos independentes dos combustíveis fósseis.

É feito de forma sintética, e é obtido através da separação do hidrogénio e oxigénio do vapor de água. O hidrogénio é depois colocado em reatores a alta pressão e temperatura, juntamente com dióxido de carbono.

O resultado é um liquido sintético, a que chamam “crude azul”, que tal como o petróleo pode ser refinado, para se transformar em biodiesel.

“Ao desenvolvermos o e-diesel estamos a promover outro combustível baseado no CO² que permitirá uma mobilidade de longa distância com praticamente nenhum impacto no meio ambiente. Usar CO² como matéria-prima representa uma oportunidade não só para a indústria automóvel na Alemanha, mas também para transferir o princípio para outros setores e países”, indica Reiner Mangold, responsável pelo desenvolvimento de produtos sustentáveis da Audi.

 O grande problema para já, parecer ser a escala a que pode ser produzido este produto, já que a fabrica de Dresden apenas tem capacidade para produzir três mil litros no curto prazo, impedindo para já a viabilidade comercial.

O Governo alemão mostrou-se já satisfeitos pelos avanços da investigação em curso, que através da ministra da Educação e Pesquisa, Johanna Wanka, referiu “Se conseguirmos difundir o uso de CO² como matéria-prima, vamos fazer uma contribuição crucial para a proteção do meio ambiente e para o uso eficiente de recursos, bem como colocar em marcha os fundamentos da economia verde”.

Imagem daqui.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.