Está aqui

Templo Romano de Évora

TEMPLO ROMANO DE ÉVORA "DEVOLVIDO" À CIDADE

É icónico e identifica a cidade de Évora em todo o planeta.

O templo romano de Évora, datado do século I DC, foi provavelmente fortificação, chegou a ser açougue, tendo sido libertado da alvenaria em 1871, com uma grande intervenção onde colaboraram Alexandre Herculano e Cinatti, o cenógrafo e que pretendeu devolver o original ainda existente ao templo romano. Nos anos 80 do século XX deu-se outra grande intervenção, com uma investigação que pôs a descoberto os espelhos de água que o rodeavam.

TEMPLO ROMANO DE ÉVORA RECEBE INTERVENÇÃO URGENTE

O icónico Templo Romano de Évora vai sofrer a partir de hoje, 11 de agosto, obras de conservação e restauro com carácter urgente, resultado de "problemas que se têm verificado no material pétreo", como adianta a Direção Regional de Cultura do Alentejo em comunicado.

A intervenção durará 4 meses e os "visitantes ficarão privados de apreciar o monumento na sua totalidade. Contudo, encontra-se já prevista a realização de visitas organizadas que permitirão a visita do público mesmo no decurso da intervenção", conforme se pode ler no mesmo comunicado.