Está aqui

Martinho Murteira

A UTILIZAÇÃO DO GLIFOSATO TEM OS DIAS CONTADOS

O glifosato é o princípio ativo do herbicida Roundup, principal produto da empresa multinacional Monsanto e um dos produtos com maiores vendas em termos mundiais. O glifosato é aplicado na agricultura, nas florestas, em zonas urbanas e jardins. Desde 2015 que este composto tem estado no centro de uma enorme polémica.

PÓS-VERDADE

Diz a ciência que somos mentirosos por natureza. Contudo, a mentira que antes tinha perna curta consta agora que compensa. Talvez, por isso, se assista a um aumento crescente do número de sites e páginas de internet que se dedicam exclusivamente à produção e disseminação de notícias falsas ou de meias verdades.

Não importa o quão verdadeira ou honesta é a informação. O que interessa é que ela seja surpreendente, inesperada, provocativa e estimulante o suficiente para atrair a atenção dos internautas e consequentemente gerar cliques massivos para acionar publicidade digital.

ERRADICAR A CORRUPÇÃO, A FRAUDE, O DESPERDÍCIO E O ABUSO

A corrupção é um problema que afeta a nossa democracia, diminui a capacidade de governação, adúltera as decisões administrativas, vicia transações de negócios, degrada os mecanismos e processos envolvidos na construção do bem-estar humano, bem como, corrompe o ambiente de respeito mútuo e desencoraja o cidadão.

Resumidamente, há três tipos de corrupção: a institucional, a cultural e a moral. Qualquer uma delas perverte o comportamento ético e transparente, a todos os níveis: político, económico, social e ambiental.

PROBLEMAS SINISTROS QUE SE ESCONDEM NA CADEIA ALIMENTAR

Devido a estudos que o assinalam como cancerígeno, o Glisofato tem sido alvo recente de discussão, quer a nível nacional, quer ao nível da União Europeia.

No entanto, sobre esta questão o que tem chegado à opinião pública portuguesa focaliza-se no facto de este composto estar presente na maioria dos herbicidas usados em espaços públicos. Em Portugal, foi já anunciada uma iniciativa legislativa no sentido de limitar o uso do herbicida em áreas urbanas, designadamente em locais com "grande concentração de pessoas" como escolas ou hospitais.

A GLÓRIA ESPÚRIA DO BREXIT

A saída do Reino Unido da União Europeia (UE) tem como efeito imediato colocar o foco da classe política europeia em torno das questões do Brexit, usurpando, assim, energia e recursos políticos essenciais ao aprofundamento e desenvolvimento do projeto europeu. E, tudo acontece, precisamente, numa altura em que a UE tem muitas outras questões prementes para resolver, como a crise dos refugiados, as ameaças internas e externas de segurança, a perda de competitividade e o futuro da moeda única.

QUEM TRAMOU A CAIXA?

E, aí vamos nós uma vez mais, sorrateiramente, de forma ordeira e submissa, recapitalizar outro banco, apenas aguardamos o momento da decisão.

EM BUSCA DE NOVOS CAMINHOS

A Noruega parece estar determinada em proibir a venda e a circulação de veículos a gasolina e gasóleo no seu território.

DEDUÇÕES DEVASTADORAS DE UM CICLO (IM)PARÁVEL

No último século, os avanços tecnológicos operados na área da saúde e no sector agroalimentar, trouxeram consigo um ciclo vicioso de destruição dos recursos naturais, que a cada novo início é amplificado por força do crescimento populacional.

AGIR COM LUCIDEZ

Para a esmagadora maioria da sociedade, um indivíduo com sólida formação académica reunirá condição necessária para ter à sua responsabilidade o destino dos seus semelhantes.

A VOZ DOS SEM VOZ

Vivemos numa sociedade mediatizada, onde tudo o que se faz é dado a conhecer ou através dos meios de comunicação social ou por qualquer outro suporte de difusão de informação, sendo a internet um dos canais mais privilegiados, designadamente através da disseminação e partilha de informação em redes sociais.

Páginas