Está aqui

saúde

Água de Viana do Alentejo recebe selo de qualidade

No passado dezembro, durante a 14ª Expo Conferência da Água, em Lisboa, o Município de Viana do Alentejo foi galardoado com o “Selo de Qualidade Exemplar de Água para Consumo Humano”.

Este galardão é atribuído pela Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos – ERSAR, e visa evidenciar as entidades prestadoras de serviços de abastecimento público de água que tenham assegurado uma qualidade exemplar de água para consumo humano, tendo o município alentejano sido destacado por assegurar o cumprimento dos critérios estipulados no regulamento.

 

Politécnico de Portalegre realiza desejos de crianças e jovens doentes

O Instituto Politécnico de Portalegre lançou uma campanha para realizar desejos de crianças e jovens com doenças graves e associou-se à Make-A-Wish para os ajudar a concretizar.

Mais de meio milhão garantem nova unidade de saúde em Reguengos de Monsaraz

Foi anunciado esta semana um investimento de cerca de 600 mil euros e que garantirão uma nova unidade de Saúde no concelho de Reguengos de Monsaraz.

O anúncio foi feito pelo autarca José Calixto e surge no seguimento da aprovação pela Autoridade de Gestão do ALENTEJO 2020 que cofinanciará 85% do projeto. O valor engloba também todo o equipamento necessário para o funcionamento desta nova unidade.

Assim, a ampliação da Unidade de Cuidados Continuados Integrados Inácio Coelho Perdigão será uma realidade e criará uma nova valência: uma unidade de convalescença.

Gás cancerígena vai ser medido no Alentejo

A partir de janeiro, uma parceria da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e da Universidade de Coimbra (UC), irá medir os níveis de gás radão, um gás cancerígena.

Esta medição da concentração deste gás faz parte da Campanha de Monitorização Nacional do Gás Radão e vai incidir sobre localidades e zonas que sejam propensas à concentração deste gás devido às suas formações geológicas.

Viver dói

Querida eu,

Chega de tremer. Faz o teu coração caminhar bem. Calmamente. Não estás numa corrida. Faz com que ele ande num jardim; num dia comum de primavera. O teu (meu) corpo não merece esta dança constante que o teu (meu) cérebro insiste em comandar.

Tenho um punho fechado e pesado permanentemente fixado ao longo do meu esófago.

Não, não tens.

A minha cabeça está a rodar.

É desta vez que vou.

Não aguento mais.

Chega.

Quero impor um fim a isto.

Aperto a mão. Com a força máxima que me é dada. Cravo as unhas.

Um Natal Pobrezinho Também Por Estes Lados!

1 - A Crónica Falta de Enfermeiros no Distrito de Évora 

 

Segundo a Secção Regional Sul da Ordem dos Enfermeiros, quase todas as unidades de saúde do distrito de Évora têm falta de enfermeiros.  Um dos casos denunciado é referente ao serviço de Urgência Básico de Montemor-o-Novo que tem apenas um médico e uma enfermeira.

Situação, esta, que denunciei há quase dois anos atrás. Tudo na mesma!

A degradação do Serviço Nacional de Saúde no Distrito de Évora é uma realidade extremamente preocupante!

Portalegre: mais de 15 mil pessoas vacinadas contra a gripe

No distrito de Portalegre, fruto da campanha de vacinação gratuita de 2019, já foram vacinadas mais de 14 mil e oitocentas pessoas, como referem dados da delegada de saúde pública de Portalegre, em entrevista à Rádio Portalegre.

Hospital de Évora fez mais 25% de cirurgias

O Hospital do Espírito Santo (HESE), em Évora, fez mais 25% de cirurgias e conseguiu diminuir em 19% as listas de espera nos primeiros 10 meses de 2019.

Só nos primeiros 10 meses deste ano foram realizadas 15.740 intervenções, um aumento de mais 3.161 face ao período homólogo de 2018 e, na cirurgia da obesidade, o HESE realizou mesmo o dobro das intervenções do ano passado.

O HESE efetuou ainda, no período referido, cerca de 164 mil consultas, um aumento de mais de oito mil quando comparado com 2018.

 

Imagem de marketingplatform.vivial.net

Saúde: o Estado que queremos

O estado da saúde em Portugal é sintomático da impossibilidade política de escolhermos o melhor de dois mundos. O PS optou por comprar os votos dos funcionários públicos com um horário de trabalho reduzido e um salário mínimo superior ao dos trabalhadores do privado, os portugueses optaram por votar no PS, e o Estado optou por comprometer os cuidados de saúde para pagar os votos comprados. A política é feita de opções.

Ela, eu e como aprendemos a viver juntas

Olá, de novo.

Sinto que estou a falar para vocês, leitores meus amigos, há semanas e vocês apenas conhecem o meu nome, o meu curso e a cidade onde estudo.

Sou muito mais do que isso; tal como disse no texto anterior, consigo ajudar pessoas com recurso às minhas palavras. E vou começar por mim. Pelo meu lado mais preto e triste. Todos temos um lado assim, certo?

Vou começar por dizer que, tenho uma doença. O nome conhecido pelos médicos, é Esofagite.

Páginas