Está aqui

Requalificação

Património: Campo Maior é o maior investimento do Alentejo 2020

A requalificação da fortificação abaluartada é a maior obra de recuperação do património no âmbito do Alentejo 2020, como referiu o ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, em visita ao local, e que se fez também acompanhar do secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, Nelson de Souza.

A recuperação das muralhas campomaiorenses representa um investimento de 5 milhões de euros, o maior de entre um total de 60 milhões de euros do Alentejo 2020 na área do Património.

1,4 milhões de euros requalificam Teatro Garcia de Resende

O mítico Teatro Garcia de Resende, em Évora, vai ser alvo de obras de requalificação orçadas em cerca de 1,4 milhões e que visam, de acordo com a Câmara Municipal de Évora, elevar os padrões de segurança.

Serpa investiu 500 mil euros para recuperar o Jardim Municipal

Foi com base na segurança e conforto dos utilizadores que a Câmara Municipal de Serpa procedeu à reabilitação do jardim Municipal.

O investimento representou um investimento de 500 mil euros e a intervenção tornou-se mais morosa que o expectável devido à dimensão da intervenção ao nível da vegetação já existente, no entanto, este verão, as pessoas já vão poder usufruir das novas valências e espaços do jardim.

Beja com título de “Cidade de Excelência”

A Câmara Municipal de Beja recebeu a bandeira “Cidade de Excelência-nível III” naquele que é um reconhecimento atribuído pela Rede de Cidades e Vilas de Excelência.

3 M/€ para requalificar estradas de Beja

A Câmara Municipal de Beja considera que algumas estradas do concelho estão num “estado deplorável” e vai investir com cerca de 1 milhão de euros, só em matéria-prima, para a requalificação das mesmas, num investimento total que rondará os 3 milhões de euros.

Este investimento - em 19 estradas do concelho - será feito sem financiamento comunitário e as intervenções durarão cerca de dois anos.

O plano de intervenção será anunciado em breve.

 

Imagem de vozdaplanicie.pt

 

MURALHAS MEDIEVAIS DE MONSARAZ REQUALIFICADAS

Foi com uma candidatura ao programa operacional Alentejo 2020 que se tornou possível a requalificação de uma parte das muralhas de Monsaraz e para a reabilitação do Caminho da Barbacã. O investimento a realizar será de 1,36 milhões de euros, comparticipado a 75 por cento pelo FEDER.

Este investimento vai permitir finalizar a recuperação estrutural das muralhas da vila medieval e criar um percurso pedestre no interior e no exterior do castelo, junto à Barbacã, com ligação ao recente Centro Interativo da História Judaica em Monsaraz.

OURIQUE REQUALIFICADA E MAIS INFORMADA

Já foi apresentado – após aprovação do financiamento com recurso a Fundos Comunitários e do visto do Tribunal de Contas para um empréstimo bancário a médio-longo prazo - o projeto de requalificação urbana para o centro histórico da vila de Ourique.  

Dividido em quatro fases, esta intervenção visa a renovação de infra-estruturas de abastecimento de água em baixa, de infra-estruturas de águas residuais, de infra-estruturas eléctricas e de telecomunicações, bem como o arranjo urbanístico do centro da histórica vila alentejana.

ÉVORA VAI REQUALIFICAR O CENTRO HISTÓRICO

O centro histórico de Évora e o seu comércio vão contar com um investimento de cerca de 15 milhões de euros, com apoio de fundos comunitários, através do programa Portugal 2020.

VIANA DO ALENTEJO QUER REQUALIFICAÇÃO DO QUARTEL

Com o objetivo garantir melhores condições de segurança para os militares da GNR, o Município de Viana do Alentejo solicitou a requalificação do Quartel da GNR de Viana do Alentejo, ao Ministério da Administração Interna.