Está aqui

Ministério da Agricultura

Ministério da Agricultura aprova 4,1M€ para barragem de Magos

Maria do Céu Antunes, ministra da Agricultura e da Alimentação, homologou a aprovação do projeto da Associação de Regantes e Beneficiários do Vale do Sorraia (ARBVS) referente à barragem de Magos, no concelho de Salvaterra de Magos, num investimento de 4,1 milhões de euros.

De acordo com o portal Agricultura e Mar, o projeto é financiado a 100% no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR), estando inserido no capítulo “Melhoria das condições de segurança das barragens”.

Regresso da Ovibeja “excedeu as expetativas”

No balanço da 38.ª edição da Ovibeja, Rui Garrido revela que o regresso ao formato presencial do evento “excedeu as expetativas”.

Em declarações à Rádio Pax, o presidente da ACOS – Associação de Agricultores do Sul, entidade organizadora do evento, disse que não tem dúvidas que esta edição foi um sucesso, sem ainda, porém, ter números oficiais contabilizados quanto ao número de entradas na feira.

Seca melhorou no distrito de Beja mas há “prejuízos irrecuperáveis”

A situação de seca “melhorou um pouco” no distrito de Beja com as chuvas registadas no início da primavera, mas os prejuízos provocados antes são “irrecuperáveis”, disse Rui Garrido, presidente da ACOS – Associação de Agricultores do Sul.

Em declarações à agência Lusa, o responsável adiantou que “é evidente que melhorou um pouco. Há mesmo zonas, no sul do distrito de Beja, com solos mais fracos, em que estas chuvas provocaram logo escorrimentos e encheram pequenas charcas e barragens utilizadas para o abeberamento do gado”.

Dirigentes associativos do Baixo Alentejo preocupados com "futuro da agricultura"

Os dirigentes associativos do Baixo Alentejo e Algarve estão “preocupados com o futuro da agricultura portuguesa”, garante a CAP — Confederação dos Agricultores de Portugal.

Associações do Baixo Alentejo acusam Governo de ameaçar agricultura intensiva

A Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo (FAABA) acusou o Governo de ameaçar a agricultura intensiva, após a divulgação da abordagem do executivo sobre esta atividade, e lamentou que o setor não seja ouvido.

Em comunicado, citado pela agência Lusa, a FAABA indicou que “o Governo não ouve os agricultores e ameaça a agricultura intensiva [...]. O Governo ignora que a área de culturas ditas intensivas no Alentejo que tiram partido do regadio representará no futuro não mais do que 15% da superfície agrícola utilizada total na região”.

Ministério da Agricultura destina 11 milhões de euros a agricultores e PMEs

O Ministério da Agricultura anunciou o lançamento de um apoio a agricultores e pequenas e médias empresas (PME) afetados pela pandemia, no valor de 11,1 milhões de euros, avança a Lusa.

Em comunicado, a tutela refere que se encontram “abertas as candidaturas à medida excecional e temporária (2.ª fase) para os agricultores e Pequenas e Médias Empresas (PME) afetados pela pandemia da covid-19, com uma dotação orçamental global de 11,1 milhões de euros”.

Centrais fotovoltaicas no Alentejo multiplicam-se apesar dos riscos

As centrais solares fotovoltaicas projetadas para a região do Alentejo, apesar de ameaçarem a Reserva Ecológica Nacional (REN) e poderem “agravar as emissões de dióxido de carbono se forem colocadas em locais inadequados” (aviso lançado pela Zero), não têm parado e, até ao final de 2021, o distrito de Beja terá mais dez novas centrais fotovoltaicas, Évora quatro e Portalegre três.

Governo disponibiliza 47 milhões para rede de rega da barragem do Crato

A ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, anunciou esta quinta-feira que cerca de 47 milhões de euros vão ser disponibilizados para a rede de rega associada à barragem do Crato, avança o Jornal Económico.

O investimento faz parte de um total de cerca de 470 milhões de euros de verbas que vai ser aplicado n setor, no âmbito do PRR – Plano de Recuperação e Resiliência e do PDR – Plano de Desenvolvimento Regional 2020.

Ministério da Agricultura aprova projeto de regadio em Reguengos de Monsaraz

A Ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, aprovou, no passado dia 6 de janeiro, quatro novos projetos de regadio, integrados no Programa Nacional de Regadios (PNRegadios), no valor de 50 milhões de euros.

De acordo com o Jornal Económico, “o Circuito Hidráulico de Reguengos de Monsaraz e respetivo bloco de rega (fase 1), que integrará o perímetro de Alqueva”, foi um dos projetos aprovados pelo Ministério da Agricultura.

2 milhões de euros para combater a mais temida bactéria dos agricultores

O concurso financiado pelo Programa de Desenvolvimento Rural tem disponíveis dois milhões de euros para investimentos em viveiros para prevenção da contaminação pela bactéria Xylella fastidiosa, a bactéria que pode ter consequências dramáticas no Alentejo, "onde estão concentradas dezenas de milhões de oliveiras, amendoeiras e outras árvores de fruto que são o habitat ideal para a propagação de uma praga que já preocupa os olivicultores alentejanos, sobretudo os que exploram grandes áreas de olival intensivo e superintensivo".

Páginas