Está aqui

Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo Rebelo de Sousa inaugura Ovibeja 2021

Apesar de decorrer em exclusivo num o formato digital, a Ovibeja deste ano, a mostra que tem “todo o Alentejo deste mundo”, será inaugurada pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Assim, o Presidente estará em Beja, na próxima quinta, dia 22 de abril em Beja, onde às 10h, no auditório da ACOS no Parque de Feiras e Exposições “Manuel Castro e Brito”, procederá à inauguração do certame, junto com o presidente da Câmara de Beja, Paulo Arsénio, e o presidente da ACOS – Agricultores do Sul, Rui Garrido.

Marcelo Rebelo de Sousa ganha em todos os distritos do país

Nas eleições Presidenciais que ocorreram este domingo, Marcelo Rebelo de Sousa ganhou em todos os distritos, incluindo as duas regiões autónomas.

De acordo com o jornal Expresso, o distrito de Beja é onde Marcelo consegue o resultado mais fraco (51,3%) e onde o comunista João Ferreira tem a maior percentagem (15,02%), mas ainda assim atrás de André Ventura (16,19%).

Delta Cafés distinguida pela redução de 20% das emissões de CO2

A Delta Cafés, do Grupo Nabeiro, foi premiada com uma estrela no âmbito do projeto Lean&Green da GS1 Portugal, pela redução de 20% nas emissões de CO2 da empresa alentejana.

A entrega deste galardão ocorreu ontem e Rui Miguel Nabeiro, CEO da empresa e neto do fundador, Rui Nabeiro, recebeu o prémio das mãos do Presidente da República.

Os do costume, para os do costume

Foi passada a mensagem para a opinião pública que em tempos de pandemia fazer-se oposição ao governo seria inconstitucional. O PSD prontificou-se a dizer que deixaria passar o orçamento suplementar, assim como a restante oposição de esquerda. O orçamento passou, mas a antever um deslize nas relações, o orçamento foi aprovado com mais abstenções do que sim´s.

Alentejo: Marcelo e Rei de Espanha na reabertura de fronteiras

Será na fronteira alentejana do Caia, que o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o Rei de Espanha, Filipe VI e os primeiros-ministros António Costa o espanhol Pedro Sánchez, vão assinalar a reabertura de fronteiras entre Portugal e Espanha, no próximo dia 1 de julho.

As comemorações são essencialmente simbólicas e, nesta fronteira Caia e Badajoz, a comitiva portuguesa cruzará a fronteira para cumprimentar a espanhola; depois, cruzarão ambas as comitivas a fronteira em sentido inverso para almoçarem juntos em Portugal.

Presidente da República, este domingo, em Marvão

Marcelo Rebelo de Sousa vai regressar ao norte-alentejano, domingo, para assistir à 6ª edição do Festival Internacional de Música do Marvão (FIMM).

O evento tem início na próxima sexta, e conta com a presença da Ministra da Cultura, Graça Fonseca, e vai animar a vila alentejana com muita música e arte, tendo um programa com com mais de 40 concertos, com músicos de muitas nacionalidades, ao longo de dez dias.

Ao longo de 10 dias de festival, em destaque nesta edição está a estreia do Coro do Festival de Marvão, para uma performance de “Carmina Burana”.

Já sabemos o discurso do Presidente da República

No seu discurso do 10 de junho, Marcelo Rebelo de Sousa, dedicará o tema à exaltação do povo e de Portugal, e refere o facto de sermos uma pátria de caráter “universal”.

Nos discursos de Marcelo, “Portugal” será mesmo a palavra mais usada: 20 vezes nas cerimónias militares e 51 no discurso para os portugueses e lusodescendentes no estrangeiro. Segue-se “povo” e “pátria”, repetidas 21 e 12 vezes, respetivamente.

Marcelo em Portalegre já amanhã

As ruas de Portalegre já estão vestidas com as cores nacionais e o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, estará em Portalegre já amanhã.

Apesar das cerimónias formais das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas terem lugar só na segunda-feira, amanhã, Marcelo chegará já amanhã a Portalegre, pelas 10h, e a autarquia quer recebê-lo em festa no Rossio de Portalegre e convida a população a dar as boas vindas ao presidente.

Marcelo desafia americanos a competir com chineses e investir em Sines

Marcelo Rebelo de Sousa desafiou os norte-americanos a reconhecer e apostar no potencial do Porto de Sines.

Num discurso feito na Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD), em Lisboa, o Presidente da República frisou que o porto alentejano tem uma alto valor estratégico enquanto porta de entrada do continente europeu e que vive anos de expansão operacional e progresso internacional, sobretudo no segmento dos contentores, e que o interesse geoestratégico que a infra-estrutura portuária tem captado em investidores estrangeiros não pode ser ignorado pelos EUA.

Interesse dos chineses no Porto de Sines marca agenda de Marcelo Rebelo de Sousa

O Presidente da República, que se encontra em visita de Estado à China, vai participar aí no Fórum Belt anda Road, um evento sem paralelo nas relações diplomáticas e económicas entre Portugal e o gigante asiático e que visa ligar a Ásia à Europa e ao continente africano, onde o porto de águas profundas de Sines assume uma posição estratégica central.

O encontro acontece cinco meses depois de Xi Jinping, presidente da República Popular da China, ter visitado Portugal para formalizar o memorando de entendimento que agora une os dois países.

Páginas