Está aqui

Emprego

A Empatia na Entrevista de Emprego

Os Departamentos de Recursos Humanos têm conquistado um justo aumento de credibilidade e influência nas empresas, e hoje são capazes de dar uma resposta mais competente e mais abrangente, abarcando temáticas muito relevantes para o seu desenvolvimento, descolando-se assim da imagem dos antigos departamentos de pessoal, responsáveis quase exclusivamente pelo processamento de salários ou pelo despedimento de colaboradores.

O Recrutamento é uma das imagens de marca do Departamento de Recursos Humanos!

Salário Emocional como forma de Reter Talento

Num mundo de trabalho cada vez mais volátil no que diz respeito à empregabilidade, não deixa de ser irónico que um dos maiores desafios colocados às Organizações nesta fase seja a retenção de talento. Por outras palavras, existe uma enorme dificuldade das empresas em garantir a continuidade dos seus melhores colaboradores, normalmente assim designados pela sua capacidade de trabalho e envolvência acima da média com a empresa. São pessoas que deixam uma marca na função e na empresa, e como seria de esperar, são raros e extremamente difíceis de encontrar.

Governo canaliza 63 milhões para quem vá viver e trabalhar no Interior

O Governo anunciou hoje, dia 25 de agosto, a canalização de 63 milhões de euros em duas medidas previstas no Programa de Valorização do Interior para apoiar a mobilidade de trabalhadores do litoral para o interior e a contratação para empresas com atividade no interior.

Grupo Nabeiro está a criar emprego em Angola

A Angonabeiro criou cerca de 100 postos diretos de trabalhos em Angola, na sequência do lançamento do programa “Ginga Desperta”, no passado dia 22 de junho.

Esta iniciativa conta com brigadas de vendedores nos municípios de Luanda, Viana, Cazenga, Kilamba Kiaxi e Cacuaco, que disponibilizam café na rua. O modelo de negócio assenta na relação entre a Angonabeiro e uma rede de operadores e vendedores de rua, que criam o seu próprio emprego.

Como vai ser o trabalho depois da pandemia?

Que consequências terá a pandemia no mundo do trabalho? Trará alterações no modo de trabalho e no emprego?

O trabalho e a pandemia são os temas em discussão hoje.

Com moderação de Francisco Teixeira, o debtae conta com Raquel Varela, historiadora, professora do Instituto de História Contemporânea da UNL e Elísio Estanque, sociólogo e professor Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra.

Pode colocar a sua experiência e perguntas e assistir em direto, no Facebook do Tribuna Alentejo ou diretamente na página do Facebook da ASMAV, hoje, 27, pelas 21 horas.

Mourão vai ter fronteira aberta

A fronteira de Mourão com a Villa Nueva del Fresno vai ser um ponto de passagem autorizado entre Portugal e Espanha.

Sob vigilância rigorosa da Guarda Nacional Republicana (GNR), esta abertura terá horas determinadas - dias úteis, das 7h às 09h e das 18h às 20h -  e, de acordo com o Governo, deve-se: “à realidade local de trabalhadores transfronteiriços, é criado, em Mourão, mais um ponto de fronteira transitável, em períodos especificados”.

Reguengos garante 300 postos de trabalho com ampliação de matadouro

A Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz aprovou as obras de ampliação da unidade da Maporal - Matadouro de Porco de Raça Alentejana e que exporta carne de porco para diversos países do mundo, estando a China no lote dos principais compradores.

A empresa investirá assim mais 15 milhões de euros na unidade alentejana que opera num antigo matadouro, alvo de requalificação em 2018, num investimento de cerca de seis milhões de euros, e de onde saem cerca de 150 toneladas de carne por semana – em redor de 150 mil animais por semana, empregando já cerca de 180 pessoas.

Coração Delta promove emprego em Fronteira e Marvão

Esta será a segunda edição do Pro-Move-Te, o programa que apoa a empregabilidade jovem no distrito de Portalegre e que, este ano, terá como foco os concelhos de Fronteira e Marvão que se juntam a Ponte de Sor e Sousel, após o sucesso alcançado na 1ª edição do projeto.

INE está a contratar para Évora

O Instituto Nacional de Estatística (INE) está a contratar 15 técnicos superiores para integrar o seu quadro e trabalhar em várias delegações nacionais, entre elas a de Évora, mas também Lisboa, Porto, Coimbra e Faro.

Aljustrel vê nascer fábrica de “cannabis” medicinal

Aljustrel vê nascer fábrica de “cannabis” medicinal, investimento da empresa RPK Biopharma, ligada ao grupo internacional Holigen.

A unidade de produção de cannabis medicinal vai avançar na freguesia de São João de Negrilhos, concelho de Aljustrel, e as obras terão início no primeiro semestre de 2019, num investimento total a rondar os 40 milhões de euros.

Em simultâneo, a empresa encontra-se a fazer o licenciamento junto do Infarmed e, depois de construído o edifício será a mesma entidade a dar luz verde ao início da produção.

Páginas