Está aqui

economia

Alentejo Litoral com o PIB mais alto do país

De acordo com os dados divulgados, esta semana, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), a região Alentejo Litoral é que apresenta os maiores índices do PIB per capita e da produtividade.

O estudo aponta a localização, na zona de Sines – marcada pelo porto de águas profundas - de atividades económicas com elevado rácio capital/trabalho.

A nível nacional, foi a Norte que, em 2018, o PIB mais aumentou, cerca de 2,9%.

A Área Metropolitana de Lisboa apresentou um aumento acima da média nacional, 2,6%, enquanto o Algarve representa a média 2,4%.

Alentejo lidera nos vinhos

Os dados referentes a 2018, e apresentados no decorrer do Fórum Anual Vinhos de Portugal, promovido pela ViniPortugal, revelam que o Alentejo continua líder destacado no mercado de vinhos em Portugal.

Quer em valor, quer em quantidade, o Alentejo ocupa valores próximos dos 40% do total nacional.

Rui Miguel Nabeiro é personalidade do ano

Rui Miguel Nabeiro, CEO do grupo Delta Cafés, foi considerado personalidade do ano no Prémio Mercúrio.

Esta distinção – patrocinado pelo Presidente da República - é atribuída ao que melhor se faz nas áreas do comércio e dos serviços, distinguindo várias categorias: comércio alimentar, comércio não alimentar, empresas com história, economia digital, franchising e novos conceitos.

Ao nível das personalidades, a figura escolhida foi Rui Miguel Nabeiro, neto de Rui Nabeiro fundador da Delta, e atual responsável máxima do Grupo Delta Cafés.

Em Beja já cheira a Natal

Amanhã, 1 de dezembro acendem-se as luzes! Começa mais uma edição do “É Natal em Beja”, uma iniciativa da autarquia, em conjunto com a Associação do Comércio, Serviços e Turismo do Distrito de Beja, e que pretendem um Natal muito animado na cidade alentejana.

O programa de animação de Natal – até dia de Reis, 6 de janeiro - tem planeadas diversas atividades como um concurso de fotografia digital, um mercado de natal, um sorteio e um concurso de montras, além da novidade deste ano: “o Parque dos Sonhos”, um espaço exclusivamente dedicado aos mais novos.

Há uma rota com mel em Avis que não pode perder

Em Avis, há Rota Gastronómica com base no Mel.

Nesta iniciativa, os restaurantes do concelho terão à disposição uma vasta variedade de iguarias confecionadas com base no mel.

Tem até 7 de dezembro para provar o lombo com mel e mostarda, a pá assada com mel ou as peras com mel, bem como, o lombo de porco com mel e laranja, carne assada com mel e limão ou o peito de pato com crosta de mel. Se conseguir, prove ainda o entrecosto no forno com mel e limão e as sobremesas doce de mel, Mestre de Avis ou encharcada de mel e noz.

Concurso mundial premeia cervejas alentejanas

Foram 3 as cervejas artesanais alentejanas da Barona Brewing Company que foram premiadas no “World Beer Awards”, em Londres.

Num total de 3500 cervejas em prova, a cervejeira - com raízes em Marvão e Castelo de Vide – viu serem premiadas 3 das suas cervejas: a Barona IPA na categoria IPA Speciality; a Barona APA na categoria American Style Pale Ale e a Barona Porter na categoria Strong Porter.

A Forbes escolheu os 10 melhores turismos rurais de Portugal - 4 são alentejanos

Esta semana, a prestigiada revista norte-americana Forbes elegeu os 10 melhores turismos rurais de Portugal e 4 estão no Alentejo.

O Craveiral Farmhouse, próximo de Zambujeira do Mar, foi um dos eleitos alentejanos, a par da Herdade Ribeira da Borba, em Vila Viçosa; o Dá Licença, em Estremoz e a Herdade da Matinha, em Cercal do Alentejo

Borba volta a ser a Festa da Vinha e do Vinho

A cidade de Borba recebe mais uma edição da Festa do Vinho e da Vinha, de 9 a 17 de novembro.

Este certame - que homenageia à 25 anos um dos principais símbolos da cidade: o vinho - é promovido pelo Município de Borba, em conjunto com a Entidade Regional de Turismo do Alentejo, a CVRA – Comissão Vitivinícola Regional Alentejana e a ATEVA – Associação dos Técnicos dos Viticultores do Alentejo.

Alentejo: negócio de 7,5 milhões de euros com a China

Será do matadouro da Maporal, em Reguengos de Monsaraz, que sairão 100 contentores de carne de porco para a China, um dos países mais afetados com o mais recente surto de peste suína e já dizimou milhões de animais na Ásia.

Este negócio está avaliado em 7,5 milhões de euros e vai ajudar a debelar a grande necessidade de importação de porco para a China, onde o porco é representa cerca de 60% do total do consumo de proteína animal no país.

O fim do mérito

Numa sociedade de matriz tão marcadamente socialista como a portuguesa - a última da Europa Ocidental - é sempre um risco levantarmo-nos contra quando um qualquer governo propõe aumentos sistemáticos do ordenado mínimo. Faço-o porque acredito ser uma medida que, a prazo, acaba sendo prejudicial para aqueles que tenta proteger.

Páginas