Está aqui

Direção Regional de Cultura do Alentejo

DESCENTRALIZAÇÃO DOS MUSEUS DISCUTIDA EM ÉVORA

O ICOM . Portugal e a Direção Regional de Cultura do Alentejo organizam no próximo dia 27 de outubro em Évora o seu Encontro de Outono 2017 (Encontro Anual do Conselho Internacional dos Museus /ICOM-Portugal 2017) para debater a Lei-Quadro dos Museus e os modelos de descentralização destes.

ÉVORA TEM CINEMA NO MUSEU EM SETEMBRO

A proposta cultural é da Direção Regional de Cultura do Alentejo que tem promovido desde 2013 sessões de cinema temático no Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo, em Évora, sempre à quinta-feira., às 22h00.

Em cada ano é estabelecido um programa dedicado a um tema específico, definido pelos organizadores associados, preferencialmente sobre arte e artistas, documentários e cinema em português. A sugestão de este ano volta a incidir no filme de arte, com destaque para novas cinematografias e filmes em colaboração com os Artista Unidos.

TEMPLO ROMANO DE ÉVORA RECEBE INTERVENÇÃO URGENTE

O icónico Templo Romano de Évora vai sofrer a partir de hoje, 11 de agosto, obras de conservação e restauro com carácter urgente, resultado de "problemas que se têm verificado no material pétreo", como adianta a Direção Regional de Cultura do Alentejo em comunicado.

A intervenção durará 4 meses e os "visitantes ficarão privados de apreciar o monumento na sua totalidade. Contudo, encontra-se já prevista a realização de visitas organizadas que permitirão a visita do público mesmo no decurso da intervenção", conforme se pode ler no mesmo comunicado. 

ÉVORA: TAPETE DE ARRAIOLOS DE 120 M2 VAI COBRIR LARGO DO TEMPLO ROMANO

Numa acção de promoção sem precedentes a Direção Regional de Cultura do Alentejo e a Câmara Municipal de Arraiolos vão apresentar amanhã, 2 de junho, O Tapete está na Rua 2017, cobrindo o Largo Conde de Vila Flor, em frente ao Templo Romano de Évora, com um tapete de Arraiolos de 120 m2.

A iniciativa é feita no contexto das acções de salvaguarda, divulgação e valorização do Tapete de Arraiolos e dos festejos do "O Tapete está na Rua", edição de 2017, que decorrerá entre os dias 8 e 18 de junho na vila de Arraiolos, no Alentejo Central.

ASSOCIAÇÃO DE ESCRITORES DO ALENTEJO LANÇA NOVO PRÉMIO LITERÁRIO

O novo prémio literário que homenageia o romancista e contista alentejano já desaparecido Joaquim Mestre, daí ter recebido o seu nome, é lançado nas comemorações do Dia Mundial do Livro, a 23 de abril, e visa promover, defender e valorizar a Língua Portuguesa e a Identidade e Diversidade cultural da Região Alentejo, as suas tradições, incentivar a Criação Literária nas modalidades de conto e romance e o gosto pela Leitura e pela Escrita.

VILA VIÇOSA MAIS PERTO DE SER PATRIMÓNIO MUNDIAL DA UNESCO

Vila Viçosa já está inscrita na lista indicativa de Portugal ao Património Mundial da UNESCO e junta esforços para que a candidatura seja bem sucedida. Para o efeito acaba de estabelecer dois protocolos com a Direção Regional de Cultura do Alentejo e a Direção-Geral do Património Cultural que apoiarão a organização do dossiê final da candidatura e prestarão cooperação técnico-científica na área da salvaguarda do património cultural.

NOVO PRÉMIO LITERÁRIO NO ALENTEJO

Nasceu ontem o “Prémio Literário Joaquim Mestre”, um prémio que será instituído pela Assesta - Associação de Escritores do Alentejo, em parceria com a Direção Regional de Cultura do Alentejo – DRCA.

O protocolo foi assinado ontem, 28 de janeiro, em Évora, contou com as participações de Joaninha Duarte, Contadora de histórias, Napoleão Mira e a sua performance de Spoken work, Marta d'Almeida e o seu Jazz Alentejano, e de Fernando Évora, com leitura de um texto de Joaquim Mestre

O CANTE VAI TER MUSEU

O Cante vai ter um museu e vai ser em Serpa, após a autarquia local ter concretizado a compra de imóveis devolutos, com esse propósito, pelo valor de 42 mil e 500 euros.

Nestes imóveis vai nascer o Centro Interpretativo do Cante/Museu do Cante, num projeto que conta com a parceria da Direção Regional de Cultura do Alentejo, num investimento total de cerca de 180 mil euros.

 

Imagem de publico.pt

250 MIL ANOS DE CULTURA ALENTEJANA EM EXPOSIÇÃO

O Núcleo Museológico da Rua do Sembrano, em Beja, traz a público a exposição “Sob a terra e as águas. 20 anos de Arqueologia entre Guadiana e Sado”, que assinala o dia Internacional dos Museus e o contributo de Alqueva decorrente das medidas de minimização dos impactes arqueológicos na zona servida pelo Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva (EFMA). Nesta exposição, inaugurada dia 18 de maio, serão apresentados um conjunto ímpar de peças arqueológicas que permitem uma viagem pelos diferentes povos e culturas que habitaram a região, ao longo dos últimos 250.000 anos.

GRUTAS DO ESCOURAL REABERTAS

As conhecidas Grutas do Escoural, em Montemor-o-Novo (Évora), estão novamente reabertas regularmente ao público.

Esta reabertura foi possível devido a um protocolo entre a Direção Regional de Cultura do Alentejo (DRCAlen), a Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, a Junta de Freguesia de Santiago do Escoural e a Associação dos Amigos Unidos pelo Escoural.

À Lusa, a diretora regional de Cultura do Alentejo, Ana Paula Amendoeira referiu que "Encontrámos a solução possível, dadas as circunstâncias, que assegura uma regularidade de abertura".

Páginas