Está aqui

Educação

Alentejo: Pousadas da Juventude ao serviço de profissionais de saúde e forças de segurança

Foram disponibilizadas, em todo o país, mais de 3500 camas para acolher profissionais de saúde e forças de segurança numa iniciativa do Ministério da Educação, através do Instituto Português do Desporto e Juventude e da Movijovem, que gerem as Pousadas da Juventude e os Centros de Medicina Desportiva de Lisboa e Porto.

No total são 3500 camas divididas pelas 41 pousadas de juventude libertadas para o efeito, numa medida que, ao nível do Alentejo abrange as pousadas de Almograve, Beja e Évora.

Escolas alentejanas abertas para apoio a carenciados e filhos dos trabalhadores de serviços especiais

 

No âmbito das medidas extraordinárias e de carácter urgente de resposta à situação epidemiológica do novo coronavírus, elencadas no Decreto-Lei n.º 10-A/2020, está publicada no sítio da Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares a lista das escolas que servirão refeições aos alunos no escalão A que as solicitem; e das escolas disponíveis para receber os educandos dos trabalhadores de serviços especiais.

Centro Escolar Rui Nabeiro recebe filhos de profissionais de saúde e segurança

Após o Governo ter decretado que um estabelecimento de ensino por agrupamento escolar se devia manter aberto para receber filhos de profissionais de saúde e segurança, o Centro Escolar Comendador Rui Nabeiro, em Campo Maior, é o estabelecimento aberto para receber todos os alunos do Agrupamento de Escolas do concelho enquanto durar a situação de emergência provocada pelo Covid-19.

Universidade de Évora suspende aulas por causa do coronavírus

A Universidade de Évora suspende a partir de segunda-feira, dia 16 de março, as aulas presenciais, sendo substituídas por ensino à distância. Em comunicado à Academia a Reitoria apelou à comunidade académica para que se mantenha o civismo, bem como a observância das medidas de contenção amplamente divulgadas pelas Autoridades de Saúde, mantendo a distância social. Para além disso decidiu pela suspensão de todos os estágios, das reuniões de júri ou concursos públicos, presenciais, na Universidade de Évora.

Évora lidera projeto de rega de precisão de sobreiros para produção intensiva de cortiça

Liderado pela equipa de investigação Pró-FlorMed da Universidade de Évora e do MED (Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento), o REGACORK, grupo operacional envolvido no projeto de investigação em rega de precisão de sobreiros, foi apresentado recentemente a uma audiência de 200 participantes com interesse na fileira da cortiça. 

Investigador alentejano condecorado pelo Brasil

O historiador, professor universitário e conservador de museus José António Falcão, foi condecorado pelo Ministério da Defesa do Brasil com a Medalha Martim Soares Moreno, em sinal de reconhecimento pelo seu trabalho como investigador.

Carlos Moedas vai apoiar estudantes de Beja que queiram estudar fora

O ex-comissário europeu Carlos Moedas, que venceu o Prémio Universidade de Coimbra 2020, afirmou hoje, domingo, que o valor do prémio, de 25 mil euros, irá reverter para estudantes de Beja que queiram estudar fora da cidade.

"Nasci numa família pobre que fez um sacrifício enorme para estudar fora. Por isso quero oferecer este prémio aos estudantes da minha terra que, como eu, querem estudar fora e têm poucas posses", afirmou.

Reguengos de Monsaraz organiza acção de esclarecimento sobre Coronavírus Covid-19

A Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas de Reguengos de Monsaraz promove a 4 de março uma acção de esclarecimento acerca do Coronavírus Covid-19.

A iniciativa decorre a partir das 18h30 no Auditório da Escola Secundária Conde de Monsaraz e conta com Válter Alves dos Santos, médico validador da Linha de Apoio Médico ao Coronavírus da Direção Geral de Saúde (LAM-DGS).

Jovens cientistas reúnem-se em congresso em Estremoz

O 15.º Congresso Nacional Cientistas em Ação vai decorrer em Estremoz entre 23 e 25 de abril próximo. O grande evento é promovido pelo Centro Ciência Viva de Estremoz, e pretende valorizar as actividades experimentais realizadas no espaço lectivo, desenvolvendo o espírito crítico e científico nos jovens alunos, desde o 1.ºciclo do ensino básico até ao ensino secundário e procurando atrair os mais jovens para a ciência e tecnologia.

Páginas