Está aqui

Educação

A Peste Negra no Portugal Medieval: A História e a Ciência entre o Passado e o Presente

André Silva é doutorando em História Medieval na Universidade do Porto e integra as equipas de investigação do CITCEM – Universidade do Porto e do CIDEHUS – Universidade de Évora. O seu percurso académico é focado no estudo dos contextos socioculturais e económicos associados à História das Ciências da Saúde, no período medieval em Portugal.

Covid-19: Évora sem Queima das Fitas nem Feira de S. João

Como era de esperar, dada a incerteza da evolução da pandemia COVID 19, e sem qualquer tipo possível de garantia que, às datas da realização da Queima das Fitas e da Feira de S. João, em Évora, as mesmas já garantiriam as condições de segurança para a saúde pública, as organizações das mesmas decidiram não as realizar.

No caso da Queima das Fitas dos estudantes da Universidade de Évora, a Associação Académica da Universidade de Évora (AAUE) anunciou o adiamento da festa para outubro.

Escola pela televisão para alunos do ensino básico arranca a 20 de abril

Durante o 3.º período letivo, a RTP Memória cede emissão a conteúdos pedagógicos temáticos, lecionados por professores, para alunos do ensino básico. #EstudoEmCasa é o nome do espaço que vai ocupar a grelha das 09h às 17h50, com conteúdos organizados para diferentes anos letivos, uma ferramenta para complementar o trabalho dos professores com os seus alunos.

Os Heróis destes dias

Há dois tipos de heróis neste novo mundo. Há aqueles que todos os dias saem de casa para cuidar que nada falte aos outros. E depois há aqueles que todos os dias ficam em casa e que epicamente se mantêm dentro dela, mesmo nos mais bonitos dias de sol. Para que nada de mal lhes aconteça a si ou aos outros.

Narrativas de uma pandemia com Francisco Javier Martínez em Évora

O investigador do CIDEHUS-Universidade de Évora, Francisco Javier Martínez, é especialista em História da Medicina e o actual responsável pela Quarantine Studies Network e dá o pontapé de saída a uma iniciativa do Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora, a que nos associamos, e que através de entrevistas, artigos de opinião, notícias e artigos de divulgação científica cruza a investigação em História e Ciências Sociais com o mundo

Projeto de apoio a desempregados, do Grupo Nabeiro, passa a estar disponível online

O Pro-Move-Te – iniciativa da Associação Coração Delta, da família Nabeiro, nasceu em 2018 para impulsionar a empregabilidade jovem, com idades compreendidas entre os 18 e os 35 anos, desempregados e com habilitações mínimas ao nível do 9º ano de escolaridade, através de novas formas de procura ativa de emprego no distrito de Portalegre. Hoje está já em 9 concelhos do Alto Alentejo e refaz-se perante a conjuntura de confinamento a que estamos obrigados.

Alentejo: IPDJ põe jovens a apoiar idosos

Chama-se Programa “Apoio Maior” e o objetivo é dar resposta ao apoio comunitário de pessoas em isolamento.

Esta é uma iniciativa do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) numa parceria com a Associação Nacional de Juntas de Freguesia (ANAFRE), sendo que a Direção Regional do Alentejo, dirigida por Miguel Rasquinho, conseguiu ser o território piloto e vai avançar já com este programa de voluntariado jovem para apoiar as comunidades desfavorecidas e vulneráveis no período de isolamento.

Évora: oferta de Gel desinfetante a instituição que acolhe crianças

O Parque do Alentejo da Ciência e Tecnologia (PACT) foi líder num consórcio que incluía a Universidade de Évora, a Sharish Gin e a Incopil e que produziu um gel desinfetante.

Soumodip Sarkar, Presidente Executivo do PACT e Vice-reitor da UÉ, entregou um donativo de 250 embalagens do referido gel desinfetante à associação “Chão dos Meninos”, presidida pelo médico Rui Rosado, e que permitirá a crianças e funcionários manter as melhores condições sanitárias para fazer frente à COVID 19.

Politécnico de Beja apoia 200 alunos isolados nas residências

O Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) revela em comunicado que, em virtude da Covid-19, existem 200 alunos ainda nas suas residências e que se encontram em isolamento preventivo e cautelar por vontade própria.

De modo a apoiar os alunos ainda alojados nas suas residências foi criado o “Todos em casa”, um programa com medidas para apoiar estes estudantes em isolamento social, mas que abrangem também alunos mais carenciados.

Escola em casa - Governo garante que todos os alunos terão acesso

Com a pandemia do Covid 19, as escolas encerraram e as crianças estão confinadas com a família em casa, o que obrigou a uma reformulação rápida do ensino, que agora tem de ser não presencial para uma esmagadora maioria das crianças.

Esse ensino não presencial está a ser acompanhado pelos professores, através dos princípios que foram definidos pelo Ministério da Educação (ME) e com a disponibilização de conteúdos digitais, de plataformas e de formação.

Páginas