6 Dezembro 2018      12:46

Está aqui

Doze mil subscrevem fim da CCDR e criação da Comunidade Regional do Alentejo

A iniciativa é do Movimento AMAlentejo e consiste numa petição que já conta com mais de doze mil assinaturas e que pede a extinção da Comissão de Cordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo e, em sua substituição, a criação da Comunidade Regional do Alentejo.

A Comunidade Regional do Alentejo proposta pela petição e que conta reunir vinte mil assinaturas para ir a discussão na Assembleia da República, vai ter Colégio Eleitoral constituído pelas autarquias, Conselho Regional, constituído por todos os Presidentes de Câmara e Junta Regional eleita pelos membros das Assembleias Municipais e pelos Presidentes de Junta de Freguesia, dando poder às autarquias na direcção e coordenação das políticas regionais respeitantes ao Alentejo.

Esta comunidade regional compreenderia os 47 Municípios que integram atualmente as 4 Comunidades Intermunicipais do Alentejo e funcionaria no edifício da CCDRA, em Évora. Por sua vez estas 4 Comunidades Intermunicipais funcionariam como estruturas descentralizadas da comunidade regional.

Para José Soeiro, um dos dinamizadores do movimento, com a criação de uma Comunidade Regional do Alentejo, seriam mais fácil e ágil concretizar alguns dos investimentos que o Alentejo precisa e que exemplifica com os investimentos no Aeroporto de Beja, na linha ferroviária do Alentejo e no Porto de Sines.

Entre as figuras que integram o AMAlentejo encontram-se Rui Nabeiro da Delta Cafés, Ana Costa Freitas, Reitora da Universidade de Évora,  Ceia da Silva, Presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo, entre muitos outros.

 

Siga o Tribuna Alentejo no  e no Junte-se ao Fórum Tribuna Alentejo e saiba tudo em primeira mão

 

 

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.