29 Abril 2015      17:16

Está aqui

MONTECOR FEST 2015 ENTROU EM COUNTDOWN

A música "pesada" voltará a estar em alta no Alentejo com o Montecore Fest em Montemor-o-Novo, a 15 e 16 de maio de 2015.

Para esta edição o evento tem asseguradas as presenças de Holocausto Canibal, Switchtense, Primal Attack, For The Glory e Basement Torture Killings do Reino Unido, num total de dezassete bandas.

Fomos conversar com o João Narigueta, um dos responsáveis da organização.

Tribuna Alentejo:  Muito boa tarde João. Pedíamos que começasses por apresentar a organização do MonteCore Fest aos nossos leitores por favor.

João Narigueta: A organização do evento está a cargo da Associação AlternArte,que é uma associação cultural sem fins lucrativos. Dentro da associação as pessoas mais dedicadas ao evento sou eu, João Narigueta uma espécie de coordenador, o meu amigo João Poças e o presidente da direção Nuno Cardoso. Contamos ainda mais alguns colaboradores que não fazendo parte dos órgãos sociais da associação são duas mais valias. 

Tribuna Alentejo: Queremos saber como surgiu a ideia de criar um evento destes em Montemor-o-Novo.

João Narigueta: Surgiu numa altura em que eu e o Poças, pertenciamos a uma banda, e desejávamos tocar em Montemor-o-Novo, de onde somos naturais. Eu era vocalista e o Poças baixista. Certo dia num festival de Folclore, surgiu a ideia em conjunto com o vereador João Marques de diversificar os eventos na cidade e criar um novo festival dedicado a música “pesada”.

Tribuna Alentejo: Vamos para a segunda edição. Quais são as expectativas depois da primeira?

João Narigueta: Nós consideramos o primeiro ano o ano zero. Assumimos que houve falhas e podemos justificar com alguma inexperiência da nossa parte como organizadores. Além disso existia provavelmente algum receio por parte da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, e mesmo nosso. O público de Montemor-o-Novo, e não só,  reagiu um pouco espantado ao surgimento deste novo evento, mas aderiram ao mesmo em bom número.

Este ano apostamos fortemente no cartaz e esperamos uma casa mais recheada, quer dos naturais de Montermor-o-Novo, quer dos “forasteiros”.
 
Tribuna Alentejo: Quais têm sido as maiores dificuldades na organização do MonteCore Fest?

João Narigueta: Provavelmente tem sido a captação de público. Tal como disse anteriormente o primeiro ano foi um ano zero, reconhecemos algumas falhas que este ano vamos corrigir para tentar fazer chegar o nosso evento ao maior número de pessoas possível, bem como manter e continuar a acolher o público que faz este festival.

 Tribuna Alentejo: E ajudas? Uma organização como esta conta com que apoios?

João Narigueta: O principal apoio é sem dúvida o apoio da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, quer no campo do apoio financeiro, quer no campo do apoio logístico. Seria muito complicado fazer este evento sem este precioso apoio. Com esta qualidade era mesmo impossível.

 Tribuna Alentejo: E com que orçamento contam?

João Narigueta: Podemos dizer que é superior ao anterior, mas não podemos revelar valores.
 
Tribuna Alentejo: Existe alguma novidade em relação à anterior edição?

João Narigueta: A novidade além de novas bandas será a componente ecológica do evento já que o ambiente é uma das nossas preocupações. Estamos a ponderar ter ecocopos de forma a diminuir a nossa pegada ecológica. Além de ser benéfico para o ambiente é também benéfico para a organização em especial na questão da limpeza do recinto que fica facilitada.

Ainda iremos vender antecipadamente vouchers que darão oferta ao bihete e uma  T-Shirt do festival. Em relação ao campismo, este irá continuar a ser no mesmo local, com balneários femininos e masculinos, com água quente e acessíveis a quem comprar o bilhete para os dois dias do evento.
 
Tribuna Alentejo: Sabemos que o evento também tem um cariz solidário. Queres falar sobre isso?

João Narigueta: Sim. Não é novidade, já na anterior edição tivemos uma vertente solidária e nesta edição de 2015 iremos fazer reverter uma percentagem da bilheteira para os Bombeiros Voluntários de Montemor-o-Novo e recolha de fundos monetários para a Associação Oncológica do Alentejo e para uma Associação que ajuda animais.

Tribuna Alentejo: Já tâm planos para o futuro do Montecore Fest?

João Narigueta: O MonteCore Fest começou quase por brincadeira e um ano depois temos já condições para apostar num cartaz forte de forma a chegar a pessoas que não conhecem nem Montemor-o-Novo, nem o MonteCore Fest. Isto dá-nos motivação para trabalhar de forma a no futuro podermos continuar a apostar no que em Portugal se faz de melhor no Punk, Hardcore, Metal e alguns géneros similares que sejam do nosso agrado e do público. Se possível trazer ainda mais bandas internacionais (em 2015 temos duas).

Tribuna Alentejo: Onde imaginam o MonteCore Fest dentro de dez anos?

João Narigueta: No topo dos Festivais do género a nível europeu. Somos muito ambiciosos, e não fazemos vida disto. É apenas um hobbie que inclusive nos faz perder dinheiro e não ganhar. Contudo atendendo aos apoios que recebemos, principalmente e repito-o por parte da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, e vendo a evolução de outros festivais semelhantes que chegaram ao topo, penso ser um sonho difícil, mas tambám possível. Devo ainda admitir que é um desafio que nos estimula a todos na organização do MonteCore Fest.

O evento terá um preço de 6€ para um só dia, e 10€ para ambos os dias. Haverá ainda possibilidade de campismo, que será grátis para quem adquira o bilhete de dois dias.

A organização do evento está a cargo de AlternArte e conta com o apoio entre outras da Câmara Municipal de Montemor-o-novo (principal apoio), Musiclass InstrumentosDark Side Rock BarRockshirt ShopRuído SonoroMetal Imperium Magazine Online, ROCKNRADIO,  SoundZone Webzine e do Tribuna Alentejo.

 

Bandas:
Holocausto Canibal
Basement Torture Killings
SWITCHTENSE
For The Glory
PRIMAL ATTACK
Serrabulho
Crossed Fire
EVIL IMPULSE
PUSH
IRAE
CHALLENGE
Extreme Retaliation
Gennoma
Diabolical Mental State
Iodine
Taberna - Oficial Page
Gatos Pingados

Mais informação aqui:

Foto daqui.

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.