Está aqui

Municípios

Governo assina protocolos com municípios no âmbito do Turismo

Seis protocolos vão ser assinados hoje, sexta-feira, com os municípios, em Moura, com o objetivo de formar os agentes turísticos no âmbito do plano “Reativar o Turismo – Construir o Futuro”.

De acordo com a Rádio Pax, estes acordos vão ser assinados com as autarquias de Barrancos, Mértola, Moura e Serpa, que se encontram na área de intervenção da Escola de Hotelaria e Turismo de Vila Real de Santo António.

Já as câmaras municipais de Alandroal e Alvito assinam protocolos para a formação na área de intervenção da Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre.

Baixo Alentejo tem novos autocarros a circular

Os municípios do Baixo Alentejo já têm novos autocarros, mais modernos e com internet a bordo, a circular, adianta a Rádio Pax.

Segundo a mesma fonte, esta medida é resultado da atribuição da concessão do serviço público rodoviário de passageiros em todos os municípios da região à Autocarros do Baixo Alentejo (ABA), por parte da Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL), no âmbito de um concurso público internacional.

Alentejo pode ganhar mais quatro Lojas de Cidadão

Os municípios alentejanos de Alandroal, Barrancos, Santiago do Cacém e Vendas Novas candidataram-se à abertura de novas Lojas de Cidadão, de forma a beneficiarem do financiamento dos fundos europeus no quadro do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), num concurso dotado com 12,5 milhões de euros.

Seis municípios de Beja ainda não aceitaram competências da educação

No âmbito da lei-quadro da transferência de competências do Estado para as autarquias locais e entidades intermunicipais, os autarcas do Baixo Alentejo “consideram que a transferência na área da educação acarreta grandes responsabilidades para os municípios e que todas as matérias devem estar previstas nos valores a transferir pelo Estado”, avança o Diário do Alentejo.

Municípios do Baixo Alentejo querem minimizar efeitos da seca

O presidente da Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL) revelou que os municípios estão disponíveis para colaborarem na adoção de medidas que permitam “minimizar o uso da água, nomeadamente na rega de jardins e espaços verdes, lavagem de ruas, entre outras”.

A informação foi avançada à Rádio Pax, aquando da reunião da Sub-Comissão Regional da Zona Sul da Comissão de Gestão de Albufeiras, realizada na semana passada, onde foi abordado o problema da seca.

Redondo recebe cerimónia de atribuição de marca “bike friendly”

O município de Redondo recebeu, no passado dia 25 de janeiro, mais de 30 unidades de alojamento e empresas de animação turística alentejanas e ribatejanas, que foram reconhecidas como empresas “amigas” da bicicleta e do ciclista.

Em comunicado, a autarquia refere que esta cerimónia se inseriu num projeto que tem a chancela da Entidade Regional de Turismo (ERT) do Alentejo e Ribatejo, em colaboração com o Turismo de Portugal e a Bikesul.

Municípios alentejanos e ribatejanos valorizam montado de sobro e cortiça

O município de Redondo juntou-se a 26 municípios alentejanos e ribatejanos para valorizar o montado de sobro e cortiça, é revelado em comunicado.

Segundo a Câmara Municipal de Redondo, o livro e o passaporte “Um Território a Descobrir – Montado de Sobro e Cortiça” é o resultado do projeto criado no âmbito da Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE “Montado de sobro e cortiça”, liderado por Coruche.

21 municípios já aderiram ao “Alentejo – Clima em Escassez Hídrica”

Até agora, já aderiram ao projeto “Alentejo – Clima em Escassez Hídrica” 21 municípios alentejanos, incluindo 20 câmaras municipais e uma entidade gestora da água.

A informação é avançada na página de Facebook do projeto, que refere que uma das atividades no âmbito desta iniciativa consiste “na criação e dinamização da uma rede colaborativa ao nível das autarquias, enquanto espaço de partilha, discussão e de ação em relação às problemáticas das alterações climáticas e escassez hídrica”.

Municípios de Beja apoiam corporações de bombeiros

Algumas câmaras municipais do distrito de Beja decidiram conceder apoios financeiros e materiais aos corpos de bombeiros do seu concelho, de maneira a fazer face às dificuldades financeiras e ao atual cenário de crise pandémica, avança o Jornal de Notícias.

É o caso do município de Odemira, o único com dois corpos de bombeiros, um na sede do concelho e outro em Vila Nova de Milfontes, que disponibilizou o maior apoio, na ordem dos 90 mil euros.

A solidariedade escasseia no Alentejo

Soubemos recentemente que os utilizadores de comboio de Vendas Novas vão beneficiar em breve de 40% de desconto nos passes para deslocações para Lisboa e estações e apeadeiros intermédios.

Aparentemente é uma boa notícia, mas apenas para os utilizadores de comboio de Vendas Novas. Então e os utilizadores de Montemor-o-Novo? Então os utilizadores de Viana do Alentejo? Então e os utilizadores de Évora? E então os utilizadores da região?

Não. Esses não vão beneficiar de nada. Uma grotesca injustiça! Completamente inaceitável!

Páginas