Está aqui

Inquisição

A Inquisição em conferência internacional judaica, em Castelo de Vide

Em Castelo de Vide, o tema da inquisição regressa ao presente com uma conferência internacional sobre judeus e que abordará a inquisição, a religião e a herança judaica.

Com início hoje,dia 17 de maio e até domingo, a conferência internacional “Valorizar e Recuperar a Herança Perdida"contará com a participação de 250 judeus de vários países - Portugal, Israel, Brasil, Espanha, Coreia do Sul, Estados Unidos, China e Filipinas, entre outros.

“Inquisição de Évora” com direito a reedição

O livro “Inquisição de Évora – 1533-1668” de António Borges Coelho, terá direito a uma reedição com a chancela da Editorial Caminho, com apresentação a 13 de março.

ÉVORA NÃO ESQUECE A INQUISIÇÃO

Em Évora, 480 Anos depois da implantação do Tribunal do Santo Ofício, a Inquisição, não foi esquecida e será inaugurado um memorial às vítimas do mesmo na Praça do Geraldo, pelas 18 horas. Este memorial será depois implantado entre a Judiaria e a Igreja de Santo Antão, local onde, no século XVI, a Inquisição ateou as suas primeiras fogueiras.

UM OLHAR SOBRE A INQUISIÇÃO

Com o casamento dos Reis Católicos D. Isabel I de Castela e D. Fernando II de Aragão, em 1469, pretendeu chegar-se à união Ibérica pelo meio da unificação política das coroas, mas também a uma unificação religiosa, através do estabelecimento da Inquisição para combater as heresias.

ÉVORA - VÍTIMAS DA INQUISIÇÃO DESCOBERTAS EM LIXO

Em Évora já se sabe que cada buraco que se faz arrisca-se nova descoberta arqueológica, ainda assim, uma equipa de arqueólogos foi surpreendida quando procediam a escavações de rotina nas traseiras da prisão no edifício sede da Inquisição. Não esperavam encontrar, numa numa pilha de lixo, dezenas de restos mortais de vítimas das acusações de heresia por parte da Inquisição, presume-se que mortos entre 1568 e 1634.